A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

À Escola B.S. Bispo D. Manuel Ferreira Cabral Ano lectivo 2008/09.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "À Escola B.S. Bispo D. Manuel Ferreira Cabral Ano lectivo 2008/09."— Transcrição da apresentação:

1 à Escola B.S. Bispo D. Manuel Ferreira Cabral Ano lectivo 2008/09

2 Parabéns a todos! Os vossos filhos já se encontram no 11.º ano. Sucesso para esta nova etapa.

3 PERÍODOINÍCIOTERMO 1.º 22 de Setembro de de Dezembro de º 5 de Janeiro de de Março de de Março de º 14 de Abril de de Junho de 2009 Calendário Escolar Carnaval - de 23 a 25 de Fevereiro. Desporto Escolar - de 6 a 8 de Maio.

4 Cada Encarregado de Educação deve-se envolver e participar no processo educativo dos seus filhos! SUGESTÕES

5 Fazer perguntas aos filhos sobre a Escola.

6 Estimular e elogiar o esforço e os progressos e não apenas o resultado.

7 Respeitar os seus tempos livres.

8 Atender às horas de deitar, de forma a manter um mínimo de oito horas de sono.

9 Verificar os seus cadernos e dossiês

10 Estimular o estudo diário, com um horário definido

11 Criar hábitos de leitura

12 Alimentar-se convenientemente.

13 Deveres do aluno Assiduidade ( comparecer continuamente às aulas e outras actividades);Assiduidade ( comparecer continuamente às aulas e outras actividades); Pontualidade ( respeitar o horário de início e termo das actividades escolares- os alunos do secundário têm, por norma, saída autorizada);Pontualidade ( respeitar o horário de início e termo das actividades escolares- os alunos do secundário têm, por norma, saída autorizada); Respeito;Respeito; Responsabilidade;Responsabilidade; Honestidade.Honestidade.

14 Dever de assiduidade Falta é a ausência a uma aula de 90min (135min) ou a outra actividade de frequência obrigatória.

15 Faltas justificadas Doença do aluno, com atestado médico, se superior a 5 dias úteis;Doença do aluno, com atestado médico, se superior a 5 dias úteis; Nascimento de irmão;Nascimento de irmão; Assistência na doença a membro do agregado familiar;Assistência na doença a membro do agregado familiar; Isolamento profiláctico;Isolamento profiláctico; Falecimento de familiar;Falecimento de familiar; Tratamento ambulatório (consultas);Tratamento ambulatório (consultas);

16 Acto decorrente da religião;Acto decorrente da religião; Participação em provas desportivas ou eventos culturais, nos termos da lei;Participação em provas desportivas ou eventos culturais, nos termos da lei; Cumprimento de obrigações legais;Cumprimento de obrigações legais; Outro facto não imputável ao aluno.Outro facto não imputável ao aluno.

17 Justificação de Faltas As justificações são feitas, por escrito, pelo EE ou pelo aluno, se for maior, ao director de turma. A justificação deve ser apresentada em impresso próprio até ao 5.º dia de aulas, após a falta. O director de turma pode pedir os documentos comprovativos que entenda necessários.

18 Faltas injustificadas As faltas são injustificadas quando: Não tenha sido apresentada justificação;Não tenha sido apresentada justificação; A justificação tenha sido entregue fora de prazo;A justificação tenha sido entregue fora de prazo; A justificação não tenha sido aceite;A justificação não tenha sido aceite; Seja resultado da ordem de saída da sala de aula, ou de aplicação de medida disciplinar.Seja resultado da ordem de saída da sala de aula, ou de aplicação de medida disciplinar.

19 Faltas injustificadas Faltas injustificadas As faltas injustificadas não podem exceder o triplo de aulas semanais, por disciplina; As faltas injustificadas não podem exceder o triplo de aulas semanais, por disciplina; Quando for atingido metade do limite de faltas injustificadas, os EE são convocados pelo director de turma;Quando for atingido metade do limite de faltas injustificadas, os EE são convocados pelo director de turma; Ultrapassado o limite de faltas injustificadas, o aluno fica excluído da frequência na disciplina respectiva.Ultrapassado o limite de faltas injustificadas, o aluno fica excluído da frequência na disciplina respectiva.

20 Medidas disciplinares O comportamento do aluno que se traduza na violação de um ou mais deveres específicos constitui infracção disciplinar.O comportamento do aluno que se traduza na violação de um ou mais deveres específicos constitui infracção disciplinar. As medidas disciplinares têm objectivos pedagógicos, visando promover a formação cívica dos alunos.As medidas disciplinares têm objectivos pedagógicos, visando promover a formação cívica dos alunos.

21 Tipos das medidas disciplinares Advertência ao aluno;Advertência ao aluno; Ordem de saída de sala de aula;Ordem de saída de sala de aula; Advertência comunicada ao EE;Advertência comunicada ao EE; Repreensão registada;Repreensão registada; Inibição de participar em actividades de complemento curricular;Inibição de participar em actividades de complemento curricular; Suspensão da frequência da escola até 5 dias;Suspensão da frequência da escola até 5 dias; Suspensão da frequência da escola de 6 a 10 dias;Suspensão da frequência da escola de 6 a 10 dias; Expulsão da escola no ano lectivo.Expulsão da escola no ano lectivo.

22 A AVALIAÇÃO de final de período contempla os seguintes domínios: Valores /Atitudes (peso entre 5% a 15%) - participação nas aulas; - participação nas aulas; - comportamento; - empenho; - empenho; - pontualidade; - etc. Cognitivo-Científico (peso entre 85% a 95% ) (peso entre 85% a 95% ) - relatórios; - testes; - trabalhos de grupo; - questões de aula; - debates - etc.

23 PROCESSO DE AVALIAÇÃO A entrega das provas escritas é feita num prazo máximo de dez dias úteis; Os pais devem assinar as provas de avaliação; A avaliação é contínua, pelo que no 2.º e 3.º períodos ter-se-á sempre em conta os períodos anteriores.

24 1.º PERÍODO De 10 a 14 de Novembro de º PERÍODO De 16 a 20 de Fevereiro de 2009 Avaliação Intercalar A avaliação intercalar, no 2.º período, diz respeito, somente, a esse momento de avaliação.

25 Exames Os alunos, no final do 11.º ano, realizam exames a 2 disciplinas, com um peso de 30% na avaliação final das mesmas:Os alunos, no final do 11.º ano, realizam exames a 2 disciplinas, com um peso de 30% na avaliação final das mesmas: * Biologia e Geologia ( Turmas 1 e 2) * Biologia e Geologia ( Turmas 1 e 2) * Física e Química A ( Turmas 1 e 2) * Geografia A e MACS ou Geografia A e Alemão (Turma 3) No 12.º ano, realizam exames a Português e a Matemática A (turmas 1 e 2) ou História A (turma 3).

26 Provas de Ingresso na Universidade Os alunos que pretendam concorrer à universidade têm de obter no(s) exame(s) uma classificação igual ou superior a 9,5 valores.Os alunos que pretendam concorrer à universidade têm de obter no(s) exame(s) uma classificação igual ou superior a 9,5 valores.

27 Quadros de Honra Os alunos, para figurarem nos Quadros de Honra da Escola, no final de cada período: Os alunos, para figurarem nos Quadros de Honra da Escola, no final de cada período: têm de obter média igual ou superior a 16 valores;têm de obter média igual ou superior a 16 valores; não ter faltas injustificadas;não ter faltas injustificadas; não ter níveis negativos;não ter níveis negativos; não ter participações disciplinares comprovadas;não ter participações disciplinares comprovadas; e têm de estar inscritos a todas as disciplinas do respectivo ano.e têm de estar inscritos a todas as disciplinas do respectivo ano.

28 Chamamos a atenção para a leitura do documento referido em baixo, que foi distribuído aos alunos. ORIENTAÇÕES PARA OS ALUNOS DO ENSINO SECUNDÁRIO 11.º e 12.º anos

29 Documentos úteis Regulamento Interno; Regulamento Interno; Projecto Educativo de Escola; Projecto Curricular de Escola; Princípios, Modalidades e Critérios de Avaliação.

30 “ Não existem métodos fáceis para resolver coisas difíceis “ Descartes


Carregar ppt "À Escola B.S. Bispo D. Manuel Ferreira Cabral Ano lectivo 2008/09."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google