A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO."— Transcrição da apresentação:

1 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo – SSRH Apoio técnico à elaboração dos planos municipais de saneamento e elaboração do plano regional de saneamento para os municípios da Bacia Hidrográfica dos Rios Sorocaba e Médio Tietê – UGRHI 10 Programa de Fortalecimento dos Instrumentos de Planejamento no Setor de Saneamento Básico SSRH-CSAN

2 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Abrangência Geográfica

3 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Abrangência do Saneamento Básico Água Esgoto Resíduos Sólidos Drenagem

4 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Programa detalhado de trabalho Bloco I Avaliação da prestação dos serviços de saneamento básico (coleta de dados) Bloco II Estudo de demandas, diagnóstico completo, formulação e seleção de alternativas Bloco III Proposta de plano municipal integrado de saneamento básico Bloco IV Plano regional de saneamento básico Bloco V Estruturação dos Blocos de Serviços

5 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Bloco II Coleta de Dados S.A. Água S.E. Sanitário Drenagem Urbana Resíduos Sólidos Coleta de Dados e Informações dos Sistemas

6 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Bloco III Estudo Populacional Para o presente trabalho, foi elaborada uma nova evolução populacional, com o objetivo de se proceder à revisão e aos ajustes das projeções de populações e domicílios efetuadas pela Fundação SEADE para a SABESP, projeções essas efetuadas entre o período de 2000 e 2025, para os 645 municípios do Estado de São Paulo. Essa nova projeção populacional contemplou o prolongamento das projeções até o ano de 2040 e os dados recentes do IBGE O estudo abrange a evolução das populações e domicílios para as zonas urbana e rural dos municípios e distritos, ano a ano, para o período compreendido entre 2010 e 2040.

7 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Bloco III – Sistemas de Água e de Esgotos Critérios e Parâmetros de Projeto Os critérios e parâmetros, estabelecidos para o presente estudo, são aqueles usualmente empregados em projetos de saneamento básico, adequados às particularidades da área de projeto. Na definição dos mesmos, foram consideradas as Normas da ABNT, os dados coletados junto aos municípios e, também, as informações disponíveis em sites e na bibliografia especializada. O estudo de demandas de água e de contribuições de esgotos considerou a evolução da população urbana a ser atendida pelos respectivos sistemas.

8 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Bloco III – Sistemas de Água e de Esgotos Diagnósticos dos Sistemas Existentes A análise das condições dos sistemas para a composição dos cenários de atendimento e de desempenho dos componentes dos sistemas de saneamento básico do Município foi realizada com base nas informações dos estudos de demandas e de contribuições e na coleta de dados dos sistemas. Proposição de Soluções Sistema Produtor Sistema de Reservação e Distribuição Sistemas de Esgotamento e Tratamento Estimativa de Custos

9 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Bloco IV – Sistemas de Água e de Esgotos Cronograma Físico-Financeiro De acordo com o planejamento efetuado para elaboração desse Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), foi concebida a seguinte estruturação sequencial para implantação das obras necessárias: obras emergenciais – até o final do ano de 2012 (imediatas); obras de curto prazo – até o final do ano 2015 (4 anos); obras de médio prazo – até o final do ano 2019 (8 anos); obras de longo prazo – a partir de 2020 até o final de plano (ano 2040), Em função dessa estruturação, foi elaborado um cronograma elucidativo, com a sequência de implantação das obras necessárias

10 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Bloco IV – Sistemas de Água e de Esgotos Estudo de Sustentabilidade Econômico-Financeira Estuda as potencialidades e limitações do município no sentido do equacionamento dos investimentos e das despesas de exploração (DEX) e/ou O&M (Operação e Manutenção), necessários para a consecução das metas de saneamento propostas, em seus diversos componentes. As análises, portanto, centram-se nas condicionantes financeiras dos projetos e em como os diversos agentes econômicos deverão operar, de forma a permitir a obtenção das metas legais, ressaltando dificuldades e capacidade de cada agente nesse processo. Como resultado final são apresentadas formas de atingir os objetivos propostos, incluindo adequação de cronogramas, atribuição de recursos e papéis aos diversos agentes elencados, e equacionamento financeiro do projeto. É importante notar que as soluções são apenas propositivas, isto é, apresentam instrumentos para execução dos programas propostos, de forma teórica. Sua implementação demandará esforços efetivos da administração local, que deverá optar para as soluções mais viáveis, não apenas em nível econômico, mas também social e político.

11 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Sistema de Abastecimento de Água Populações, demandas e volumes de reservação MunicípioAno População Urbana (hab) Grau de atendimento (%) Demanda Qmáx.dia (l/s) Volume de Reservação (m³) Índice de Perdas (%) Araçariguama , , , ,6 Cabreúva (Sede) ,166543, ,570635,0 Itu (Sede) , , , ,0 Salto* , , , ,0 São Roque (Sede) , , , ,0 Nota: *100% de atendimento a partir de 2015

12 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Sistema de Abastecimento de Água MunicípioManancial Vazão de Captação (l/s) Vazão da ETA (l/s) Reservação Total (m³) Número de Ligações (un) Extensão da Rede (m) AraçariguamaRibeirão do Colégio Cabreúva Ribeirão Cabreúva Ribeirão Piraí9050 Subterrâneo0,7- Itu Rio Taquaral/ Pirapitinguí Córrego Braiaiá Córrego Gomes Rio São José Rio Itaim Córrego do Varejão Salto Ribeirão Piraí Ribeirão Buru Ribeirão Ingá São Roque Rio Sorocamirim 216, Ribeirão da Ponte Lavrada Ribeirão Carambeí

13 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Sistema de Abastecimento de Água Município Obras Emergenciais Até 2012 Obras de Curto Prazo Até 2015 Obras de Médio Prazo Até 2019 Obras de Longo Prazo Até 2040 Custo Estimado (R$) Araçariguama Sistema Produtor (melhorias) Sistema Produtor (ampliação e melhorias) Reservação, Sistemas Isolados (aglomerados) Reservação ,00 CabreúvaCaptação, ETA EEAB, AAB, ETA, AAT, Reservação ,00 Itu- ETA, EEAT, AAT, captação superficial, poços, reservação, Sistema Pirajibu Captação superficial, poços, EEAT, Sistema Pirajibu Poços, EEAT ,86 Salto Captação superficial, EEAB, ETA, reservação, AAT Captação superficial (adequação) ETA, reservação, AAT ,00 São RoqueOutorga EEAB, ETA, AAB, reservação, SAA aglomerados Reservação ,00 Total ,86

14 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Sistema de Esgotos Sanitários Estimativa das Contribuições e Cargas Orgânicas MunicípioAno População Urbana (hab) Índice de Coleta (%) Índice de Tratamento (%) Qmédia (l/s) Carga Orgânica (KgDBO/dia) Araçariguama** , ,3 841 Cabreúva* (Sede) , ,3563 Itu (Sede) , , Salto** , , São Roque* , , Notas: *100% de atendimento a partir de 2019; ** 100% de atendimento a partir de 2015

15 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Sistema de Esgotos Sanitários MunicípioTipo de TratamentoCorpo Receptor Vazão nominal (l/s) Eficiência de Remoção (%) Número de Ligações (un) Extensão da Rede (m) Araçariguama Lançamento in NaturaRibeirão Araçariguama Cabreúva Lagoa FacultativaRibeirão Cabreúva (Sede e Jacaré) Lagoa Aeração e DecantaçãoRio Piraí5098 Fossa Séptica e Filtro AnaeróbioRio Tietê180 Itu ETE Canjica - Lodos AtivadosCórrego Guaraú Lançamento in Natura (Distrito Pirapitinguí) Córrego Tapera Grande, Córrego São Miguel (Varejão Norte e Sul) -- Salto RAFARio Tietê São Roque Lançamento in Natura ou fossas sépticas

16 SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Sistema de Esgotos Sanitários Município Obras Emergenciais Até 2012 Obras de Curto Prazo Até 2015 Obras de Médio Prazo Até 2019 Obras de Longo Prazo Até 2040 Custo Estimado (R$) AraçariguamaEEE, ETE Sistemas isolados (aglomerados) ,00 Cabreúva ETE Jacaré, afastamento EEE EEE, ETE Nova Sede ETE Nova Jacaré ,00 Itu Coletor-tronco, EER, ETE Coletor-tronco, EER, ETE ,00 SaltoETE Santa Isabel EEE, travessia ,00 São Roque CT, interceptores, ETE Guaçu EEE, LRETE Carmo ,00 Total ,00


Carregar ppt "SECRETARIA DE SANEAMENTO E ENERGIA DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA - DAEE SECRETARIA DE SANEAMENTO E RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google