A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

C LASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Site: Só Biologia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "C LASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Site: Só Biologia."— Transcrição da apresentação:

1 C LASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Site: Só Biologia

2 O ramo da Biologia que trata da descrição, nomenclatura e classificação dos seres vivos denomina- se sistemática ou taxonomia. Atualmente, os sistemas de classificação consideram um conjunto de caracteres relevantes, os quais permitem verificar as relações de parentesco evolutivo e estabelecer a filogenia dos diferentes grupos, ou seja, estabelecer as principais linhas de evolução desses grupos. São conhecidas por sistemas naturais, pois ordenam naturalmente os organismos, visando o estabelecimento das relações de parentesco evolutivo entre eles.evolução

3 Árvore filogenética dos seres vivos.

4 Assim dentro das características evolutivas, ao falarmos de animais e plantas, por exemplo, podemos usar como critério de classificação o tipo de nutrição: animais são seres heterótrofos; plantas seres autótrofos. Ao considerarmos bactérias e animais, podemos usar como critério de classificação o número e o tipo de células: bactérias são unicelulares e procariontes; animais são pluricelulares e eucariontes.

5 A S CATEGORIAS TAXONÔMICAS Espécie : a unidade de classificação dos seres vivos é um conjunto de organismos semelhantes entre si, capazes de se cruzar e gerar descendentes férteis. Espécies mais aparentadas entre si do que com quaisquer outras formam um gênero

6 E XEMPLOS DE GÊNERO O gato-do-mato, encontrado em todas as florestas do Brasil, pertence a espécie Leopardus wiedii ; a nossa jaguatirica, o maior entre os pequenos felinos silvestres brasileiros, pertence à espécie Leopardus pardalis ; e o gato-do-mato-pequeno, o menor dos pequenos felinos silvestres brasileiros, pertence à espécie Leopardus tigrinus. Todos esse animais são de espécies diferentes, porque NÃO são capazes de cruzar-se entre si gerando descendentes férteis. Mas como estas espécies são mais aparentadas entre si do que com quaisquer outras, elas formam um gênero chamado Leopardus.

7 A LÉM DO GÊNERO EXISTEM OUTROS GRAUS DE CLASSIFICAÇÃO Espécie - Gênero - Família - Ordem - Classe - Filo – Reino Gêneros semelhantes formam um grupo maior: a família. As famílias formam a ordem. As ordens formam a classe. As classes forma o filo Os filos, finalmente formam o reino.

8 Para entendermos melhor as categorias taxonômicas, vamos utilizar como exemplo o reino Animal tendo como referência o cão. Para entendermos melhor as categorias taxonômicas, vamos utilizar como exemplo o reino Animal tendo como referência o cão.

9 Do filo dos cordados fazem parte, entre outros, os animais que têm coluna vertebral, conhecidos como vertebrados (em oposição aos não cordados, chamados de invertebrados). Dentre os cordados temos, os anfíbios, os peixes, os répteis, as aves e os mamíferos. O conjunto de filos de animais cordados e não-cordados forma o reino dos animais - reino Animalia.

10 5 REINOS

11 Monera - Seres unicelulares (formados por uma única célula), procariontes (células sem núcleo organizado, o tipo mais simples de célula existente). São as bactérias e as algas cianofíceas ou cianobactérias (algas azuis), antes consideradas vegetais primitivos.

12 Protista - Seres unicelulares eucariontes (que possuem núcleo individualizado) Apresentam características de vegetal e animal. Representados por protozoários, como a ameba, o tripanossomo (causador do mal de Chagas) o plasmódio (agente da malária), a euglena.

13 Fungi - Seres eucariontes uni e pluricelulares. Já foram classificados como vegetais, mas sua membrana possui quitina, molécula típica dos insetos e que não se encontra entre as plantas. São heterótrofos (não produzem seu próprio alimento), por não possuírem clorofila. Têm como representantes as leveduras, o mofo e os cogumelos.

14 Plantae ou Metafita - São os vegetais, desde as algas verdes até as plantas superiores. Caracterizam-se por ter as células revestidas por uma membrana de celulose e por serem autótrofas (sintetizam seu próprio alimento pela fotossíntese). Existem cerca de 400 mil espécies de vegetais classificados.

15 Animalia ou Metazoa - São organismos multicelulares e heterótrofos (não produzem seu próprio alimento), pois são aclorofilados. Englobam desde as esponjas marinhas até o ser humano.

16

17 O S VÍRUS Uma observação deve ser feita: os VÍRUS são seres que são classificados à parte, sendo considerados como seres sem reino. Isto acontece devido às características únicas que eles apresentam, como a ausência de organização celular, ausência de metabolismo próprio para obter energia, reproduz-se somente em organismo hospedeiro, entre outras. Mas eles possuem a faculdade de sofrer mutação, a fim de adaptar-se ao meio onde se encontram.

18 O NOME DOS SERES VIVOS Para evitar esse problema de comunicação, utiliza-se uma nomenclatura científica. Escolheu-se uma lingua que fosse de conhecimento internacional e que não sofresse modificações - o latim, por ser uma língua morta (não é usada por nenhuma nação atualmente e, portanto, não está sujeita a mudanças) e porque, em muitos países, era estudada até nas escolas básicas, inclusive no Brasil.

19 C OMO SE ESCREVE O NOME CIENTÍFICO DOS SERES VIVOS ? Foi apenas em 1735 que se chegou a um sistema de classificação universal para os seres vivos: o sistema binomial de nomenclatura, elaborado por Lineu. A espécie foi adotada como unidade básica de classificação.

20 O nome científico de uma espécie deve ser escrito em latim e deve estar destacado no texto (em Itálico ou sublinado) como já vimos. É obrigatório o uso de duas palavras para designar o nome científico de uma espécie, daí a expressão sistema binomial de nomenclatura (a palavra binomial significa 'com dois nomes', 'com duas palavras'). A primeira delas deve ser escrita com letra inicial maiúscula; a segunda, com letra inicial minúscula A primeira palavra, com inicial maiúscula, indica o gênero a que pertence a espécie. A expressão formada pela primeira palavra mais a segunda designa a espécie. Veja os exemplos: Equus caballus (cavalo) Gênero: Equus Espécie: Equus caballus Note que o cavalo pertence ao gênero Equus e à espécie Equus caballus ( e não simplesmente à espécie caballus ).


Carregar ppt "C LASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Site: Só Biologia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google