A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Comunicação e profissão Apresentação Final Sistemas peer-to-peer Tiago João Neves de Carvalho Nº 501021278

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Comunicação e profissão Apresentação Final Sistemas peer-to-peer Tiago João Neves de Carvalho Nº 501021278"— Transcrição da apresentação:

1 Comunicação e profissão Apresentação Final Sistemas peer-to-peer Tiago João Neves de Carvalho Nº

2 Índice O que é peer-to- peer? Algumas aplicações P2P Conclusão

3 O que é peer-to-peer? Peer: algo que tem o mesmo estatuto que outro Ligação entre dois terminais para partilha de informação (conceito errado) Arquitectura de rede que permite que os utilizadores partilhem recursos de hardware entre si… … e que pode ser pura ou híbrida.

4 P2P vs. Cliente-servidor Cliente-Servidor –O servidor efectua toda a computação, guarda informação e controla as ligações. Cada peer no P2P pode ser –Cliente –Servidor –Intermediario: gere as pesquisas e resultados efectuados sobre ele. –Conceito de Servent

5 Aplicações P2P Diferentes mecanismos de gestão da transferência de ficheiros. Dois exemplos: - Gnutella - Napster

6 Gnutella Criado em 2000 pela Gnullsoft para a AOL Completamente descentralizada (não existem servidores com listas de ficheiros – arquitectura P2P pura) Cada peer é um Servent: - Efectua procuras e verifica resultados - Aceita procuras de outros Servents e verifica se possui o ficheiro pedido.

7 Gnutella - Funcionamento

8 Verificação se a mensagem não foi vista recentemente. Ao encontrar o ficheiro o servent que o possui efectua uma ligação HTTP com o servent A.

9 Gnutella – Limitações Pings e mensagens enviadas ocupam muita largura de banda. Não é possível comunicar com a rede de forma global.

10 Napster Criado por Shawn Fanning em Modelo centralizado – Servidor central direcciona o tráfego entre utilizadores (estrutura híbrida) Os ficheiros encontram-se nos peers/clientes.

11 Napster - Funcionamento

12 Napster (cont.) É efectuada uma ligação a um sub- servidor O servidor central procura na sua base de dados e envia a resposta ao Utilizador. O download é efectuado directamente entre peers. O ficheiro MP3 nunca é armazenado em nenhum servidor na rede.

13 Napster - Limitações Impossibilidade de download de ficheiros que não sejam MP3 Limitações legais e éticas.

14 Conclusões Aplicações actuais não utilizam todas as potencialidades do P2P Definição de P2P Puro, P2P Híbrido e Cliente/Servidor Contribuição do P2P na pirataria Informática Outras utilizações do P2P


Carregar ppt "Comunicação e profissão Apresentação Final Sistemas peer-to-peer Tiago João Neves de Carvalho Nº 501021278"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google