A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Constituição 1824 Confederação Equador Guerra Cisplatina Abdicação AVANÇO LIBERAL Guarda Nacional Código Penal Ato Adic. de 34 Diogo Feijó Cabanagem e.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Constituição 1824 Confederação Equador Guerra Cisplatina Abdicação AVANÇO LIBERAL Guarda Nacional Código Penal Ato Adic. de 34 Diogo Feijó Cabanagem e."— Transcrição da apresentação:

1 Constituição 1824 Confederação Equador Guerra Cisplatina Abdicação AVANÇO LIBERAL Guarda Nacional Código Penal Ato Adic. de 34 Diogo Feijó Cabanagem e Farrapos; REGRESSO CONSERVADOR Araújo Lima Lei Interpretativa do Ato Adicional; Balaiada e Sabinada; REGÊNCIASII REINADO Café (vale paraíba – oeste paulista); Parlamentarismo às avessas; Fim do ciclo de revoltas (Praieira ); Conciliação I REINADO

2 Facções políticas que disputam o poder Restauradores: pregavam a volta de D. Pedro I para o Brasil (caramurus). Moderados: Defendiam uma monarquia constitucional, onde o imperador teria poderes limitados (Chimangos). Exaltados: Defendiam a República e a descentralização política (Farrapos). Os restauradores e uma parte dos moderados formaram os REGRESSISTAS e posteriormente os CONSERVADORES. Os exaltados e o restante dos moderados formaram os PROGRESSISTAS, que formaram o partido LIBERAL.

3 REGÊNCIAS ( ) P. Brasileiro toma o poder do Estado; moderados eliminam restauradores e exaltados; moderados (elite agrária) se divide em P Português Restaurador Progressistas Liberal P Brasileiro Moderado Regressistas Conservador Exaltado

4 REBELIÕES REGENCIAIS Risco de fragmentação; federalismo e separatismo; anti-unitarismo Cabanagem ( / PA) Farroupilha ( / RS) Sabinada (1837 a 38 / BA) Balaiada ( / MA) Malês (1835 / BA)

5

6 Revolta dos Malês (BA): O termo "Malê" deriva de imale, palavra ioruba que designa mu ç ulmano. Escravos muçulmanos X Escravidão.

7 Cabanagem /PA Caráter popular; Líderes: Malcher e Irmãos Vinagre. Malcher foi preso por matar um homem e mudou de lado - não era mais do lado dos cabanos. Os Irmãos Vinagre fingiam estar do lado do cabanos. Cabanos tomam o poder mas são traídos e reprimido pelos seus líderes

8 Balaiada (MA): Caráter popular Líderes: Manuel dos Anjos (fabricante de balaios - liderou a revolta), Raimundo Gomes (vaqueiro) e Cosme Bento (ex-escravo). Bem-te-vis (liberais) X conservadores. Foi sufocada.

9 Sabinada (BA): Caráter separatista e republicano (separar a Bahia do Brasil). Líder: Francisco Sabino (médico). Proclamar a República Provisória Bahiense.

10 Revolução Farroupilha (RS/SC): Caráter separatista e republicano. Altos impostos cobrados sobre o charque (carne de sol) - principal produto. Líderes: Bento Gonçalves, Davi Canabarro e Giuseppe Garibaldi. Batalha de Porongos: Batalha planejada por Duque de Caxias e Davi Canabarro para que os negros de ambos os lados se matassem em uma batalha final. Estavam com medo que os negros brasileiros e farrapos, que estavam com armas nas mãos, se unissem e tentassem acabar com a escravidão

11 No Brasil, tanto no Primeiro Reinado, quanto no período regencial, a) aconteceram reformas políticas que tinham por objetivo a democratização do poder. b) ocorreram embates entre portugueses e brasileiros que chegaram a pôr em perigo a independência. c) disseminaram-se as idéias republicanas até a constituição de um partido político. d) mantiveram-se as mesmas estruturas institucionais do período colonial. e) houve tentativas de separação das províncias que puseram em perigo a unidade nacional. Resposta: E Comentário: Uma das principais preocupações da elite agrária brasileira foi quanto a preservação da unidade territorial após a independência. As diversidades regionais e a marginalização da maioria da sociedade, responsáveis por grandes diferenças de interesses, determinaram a eclosão de movimentos separatistas, como a Confederação do Equador (1824) ou ainda a Farroupilha e a Sabinada, já no período regencial.

12 Ao estabelecer critérios para o exercício da cidadania, a Constituição brasileira de 1824 criou limites à participação de diversos grupos sociais na organização política do Estado. Assinale a opção que identifica corretamente revoltas e conflitos, ocorridos no Brasil, envolvendo demandas desses grupos excluídos do exercício da cidadania. (A) Revoltas Liberais de 1842 e a Revolta de Manuel Congo. (B) Sabinada e a Confederação do Equador. (C) Balaiada e a Guerra dos Farrapos. (D) Revolta dos Malês e a Cabanagem. (E) Revolta dos Praieiros e a Revolta do Quebra Quilos. Resposta : D As revoltas liberais de 1842, a Confederação do Equador, a Guerra dos Farrapos e a Revolta dos Praieiros expressaram, entre outras, insatisfações de grupos proprietários, cidadãos do Império do Brasil, representantes do que se denominava a "boa sociedade imperial".


Carregar ppt "Constituição 1824 Confederação Equador Guerra Cisplatina Abdicação AVANÇO LIBERAL Guarda Nacional Código Penal Ato Adic. de 34 Diogo Feijó Cabanagem e."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google