A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Augusto Mendonça Presidente. ABENAV - Associação Brasileira das Empresas de Construção Naval e Offshore. A ABENAV foi criada por uma iniciativa do SINAVAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Augusto Mendonça Presidente. ABENAV - Associação Brasileira das Empresas de Construção Naval e Offshore. A ABENAV foi criada por uma iniciativa do SINAVAL."— Transcrição da apresentação:

1 Augusto Mendonça Presidente

2 ABENAV - Associação Brasileira das Empresas de Construção Naval e Offshore. A ABENAV foi criada por uma iniciativa do SINAVAL e os principais estaleiros nacionais com o objetivo de agregar todos os participantes do setor Naval e Offshore com interesse na exploração e produção do Pré-sal. Quem somos É uma entidade sindical restrita a somente empresas classificadas como estaleiros. SINAVAL É uma associação com maior liberdade de ação para acrescentar, além dos estaleiros, todas as empresas na cadeia de fornecedores ABENAV Diferença de Atividades Uma complementa a outra.

3 3 ALIANÇA. BRASFELS. CAMARGO CORRÊA. CMO. CONSTRUCAP CCPS. ODEBRECHT. QUEIROZ GALVÃO. DETROIT. DOCKSHORE. DSN. EASA. EBR. ECOVIX. EISA. ETP Engenharia Ltda. IESA. INTECNIAL. KEPPEL. MAC LAREN. NAPROSERVICE. Navegação SÃO MIGUEL. NITSHORE. OSX. P2 Estaleiro. QUIP. R.G. Estaleiros. RIO NAVE. SERMETAL. SETAL. SRD Offshore. STX Brazil Electro Ltda. STX OSV Niterói S. A. SUPERPESA. TRIUNFO. TWB S. A. UTC Engenharia. VELLROY. WILSON, SONS RENAVE. ENAVAL. RG Estaleiro. Estaleiro ATLÂNTICO SUL. Estaleiro BIBI. Estaleiro ITAJAÍ. Estaleiro JURONG Aracruz. Estaleiro MAUÁ. Estaleiro NAVSHIP. Estaleiro PROMAR Estaleiro RIO MAGUAR. Associados Estaleiros Offshore Navios Barcos de Apoio Total de Estaleiros: 26 em operação 12 em implantação

4 4 Alguns associados da cadeia de fornecimento

5 1.Defender os interesses das indústrias deste setor e participar de grupos de estudos em órgãos governamentais e instituições de ensino e pesquisa. 2.Acompanhar a implantação e exploração do Pré-sal em todas as etapas: Regulamentação, Novas tecnologias, implantação, operação e etc… 3.Garantir a competitividade e presença da indústria brasileira em todas as fases de exploração e produção da mais nova fonte de riqueza: o petróleo do Pré- sal. 4.Auxiliar as empresas brasileiras a estarem preparadas para competir com companhias estrangeiras com base em qualidade, preço e prazo. 5.Defender junto aos governos estaduais, municipais e federal incentivos fiscais e tributárias, novas condições de apoio para as empresas do setor, semelhantes aos existentes em outros países. 6.Criar uma indústria nacional sólida, usando como exemplo os incentivos adotados pela Noruega, Grã Bretanha, Coréia e Cingapura. Missão

6 Cenário Atual – Maio de 2012 Cenário Atual Cenário Atual Cenário em 2016 Estaleiros no Brasil (mais representativos) 26 em operação 11 em implantação 37 em operação Capacidade de Processamento de Aço t/ano t/ano Empregos diretos 58 mil 100 mil Obras em andamento 386 -

7 Cenário Atual RANKING DA CONSTRUÇÃO NAVAL BRASILEIRA O ranking regional continua mantendo Pernambuco, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul como os principais polos da indústria naval no Brasil, acompanhados por Santa Catarina, Amazonas e a Bahia. PosiçãoEstadoTPB milObrasPart.% 1ºPernambuco ,17 2ºRio de Janeiro ,75 3ºRio Grande do Sul ,22 4ºSão Paulo ,81 5ºSanta Catarina ,12 Outros ,93 Total geral ,00 PosiçãoEstadoEmpregosPart.% 1ºRio de Janeiro ,71 2ºPernambuco ,68 3ºAmazonas ,86 4ºRio Grande do Sul ,46 5ºBahia ,22 6ºSanta Catarina ,65 Outros ,42 Total geral ,00 Tonelagem em construção Empregos diretos gerados em estaleiros

8 A importância doPRÉ-SAL Imagem: Petrobras

9 Importância do Pré-sal 9 Bilhões de Barris

10 Bilhões de Barris Milhões de barris por dia Importância do Pré-sal 4,2

11 A Importância do Pré-sal Campo Estimativa de Reservas (bilhões de barris) Lula (Tupi)6,5 Azulão4 Carioca5,5 Caxaréu 1 Cermanbi1,5 Franco4 Guará2 Iara4 Jubarte1,5 Jupiter1,8 Libra8 Peroba2 Estimativa Total41,8 Estimativa de Descobertas na área do Pré-sal

12 Nova Demanda para a Indústria Naval e Offshore Equipamentos Situação Atual (Dez /10) Total a contratar até 2020 Valor Total (US$ bilhões) Plataformas de Produção e Sondas de Perfuração ,0 Barcos de apoio e especiais ,0 PROMEF e EBN - Petroleiros ,0

13 Formas de Contratação - Petrobras 08 FPSO – Replicantes: Licitação fracionada pela Petrobras. Cascos, Módulos e Integração licitados diretamente pela Petrobras.(Cascos Contratados pela Engevix. Módulos e Integração em processo de licitação). 04 FPSO – Cessão Onerosa: Pacote completo licitado aos estaleiros que deverão gerenciar a contratação da Conversão dos Cascos, Módulos e Integração. (Processo de licitação iniciado)

14 Geração de Empregos no Setor Estabilização No mesmo patamar da indústria Automotiva

15 Cenário– Polo Naval Sul QUIP Rio Grande, RS Offshore Existentes RG Estaleiros Rio Grande, RS Offshore ERG II (Expansão) EBR São J. do Norte, RS Offshore Novos Wilson Sons Rio Grande, RS Barcos de Apoio

16 Plataformas de Produção em Construção - Sul UnidadeStatusBrasilExteriorEntrega prevista P-55 semissub (EAS, RG, QUIP, UTC) ConstruçãoCasco + módulos Casco: EAS – PE Módulos: ERG, QUIP e UTC Não2013 FPSO P-58 (QUIP)ConstruçãoMódulosCasco2013 P-61 TLWP (Tension Leg Wellhead Platform) ConstruçãoEstaleiro BrasFELS Contrato Floatec Não2013 FPSO P-62 (QUIP)ConstruçãoMódulosCasco2014 FPSO P-63 (QUIP)ConstruçãoMódulosCasco2013 FPSO Cidade de Paraty (BrasFELS) ConstruçãoMódulosCasco2013 FPSO Cidade de São Paulo (BrasFELS) ConstruçãoMódulosCasco2012 FPSOs P-66 a P-73 (ERG-RS) 8 unidades em construção Casco + módulosNão2015 (P-66) FPSOs P-74, P-75, P-76 e P-77 (Estaleiro Inhaúma) 4 unidades em construção Conversão do casco + módulos (Consórcio Odebrecht, OAS e UTC) NãoND

17 O Conteúdo Local

18 O conteúdo local é uma politica de governo criada a partir de 2002 através de uma obrigação contratual impostas pela ANP nos contratos de concessão Para todos os casos de exploração do pré-sal em "regime de Partilha de Produção", esta obrigação será definida por lei e sujeita a grandes multas. Objetivos: Desenvolvimento da Industria Nacional Geração de Empregos Crescimento da Economia Conteúdo Local

19 Conteúdo Local – Navios Petroleiros EstruturaMaquinasRedes e Tubulações EletricidadeAcessório Casco e Convés Acabamento Produção Estaleiro Tratamento e Pintura Total 100% 11,0% 21,9% 4,5% 5,6% 2,5% 1,9% 2,2% 50,4% Importado Nacional Importado 29,2% 70,8% 5,7% 5,3% 2,9% 19,0% 2,7% 1,8% 3,5% 2,1% 2,3% 0,2% 1,1% 0,8% 2,2% Fonte: Sinaval

20 Conteúdo Local – Barcos de Apoio EstruturaMaquinasRedes e Tubulações EletricidadeAcessório Casco e Convés Acabamento Produção Estaleiro Tratamento e Pintura Total 100% 2,5% 43,7% Importado Nacional Importado 39,0% 61,0% 2,0% 0,5% 30,3% 4,8% 11,6% 3,3% 2,7% 1,1% 1,2% 29,1% 4,0% 0,8% 4,7% 6,9% 2,4% 0,9% 1,9% 0,8% 1,1% 43,7% Fonte: Sinaval

21 Conteúdo Local – FPSO Importado Nacional Estrutura Equip. Mecânicos Redes e Tubulações Eletricidade Equipamento Naval Instrumentação Montagem e Comissionamento Ventilação e Ar Condicionado Total 100% NacionalImportado Telecomunicação Segurança Projeto e Gerenciamento 4,3% 4,2% 0,1% 35,8% 14,7% 21,1% 3,9% 2,3% 1,6% 4,3% 2,8% 1,5% 1,0% 0,1% 0,9% 5,4% 1,9% 3,5% 0,8% 0,6% 0,2% 0,4% 0,2% 0,4% 0,3% 0,1% 7,5% 5,8% 1,7% 36,2% 31,3% 4,9% 35,8% 64,2% Fonte: Sinaval

22 Conteúdo Local – Plataformas Petrobras P % conteúdo local Estaleiro Mauá Jurong Fonte: Petrobras

23 Conteúdo Local – Plataformas Petrobras P % conteúdo local Estaleiro Brasfels Fonte: Petrobras

24 Conteúdo Local – Plataformas Petrobras Fonte: Petrobras P % conteúdo local Estaleiro Brasfels

25 Conteúdo Local – Sondas de Perfuração 35 Sondas de perfuração previstas para construção em estaleiros brasileiros. Operadores: Ocean Rig - Consórcio Grupo Synergy: 5 navios sonda (Estaleiros EISA e Mauá). Sete Brasil: 30 navios sonda Estaleiro Atlântico Sul (PE): 7 Estaleiro Enseada do Paraguaçu (BA): 6 Estaleiro Jurong Aracruz (ES): 6 Estaleiro BrasFELS (RJ): 6 Estaleiro OSX (RJ): 2 Rio Grande Estaleiros (RS): 3 Imagem: Petrobras Exigência de Conteúdo Local mínimo: 55% (Inicio) - 65%

26 Estaleiros Fornecedores de Equipamentos Fornecedores de Materiais TODA A CADEIA DE PRODUÇÃO! Quem deve ser competitivo?

27 A indústria Brasileira tem que aprender com as oportunidades do Conteúdo Local Tempo Aprendizado Curva de Aprendizado

28 A Politica de Conteúdo Local não deve ser vista como uma reserva de mercado e sim uma grande oportunidade do Brasil desenvolver a sua indústria com competitividade

29 Política Industrial em outros países Reino Unido Desenvolvimento da indústria para exploração e produção do Mar do Norte Ações de Governo Resultados – É a 2 a indústria do mundo no setor de Óleo e Gás em novas tecnologias Noruega Forte Política Industrial Ações de Governo Resultados – Líder mundial na fabricação de barcos de apoio Coréia Forte Política Industrial Ações de Governo Resultados – A maior indústria naval do mundo. Hoje a China é a Maior. Forte indústria offshore. Cingapura Forte apoio Governamental Resultados – Lider mundial na indústria Offshore.

30 Algumas Metas Alcançadas na Politica Industrial do Setor Desoneração fiscal nos fornecimentos para a construção naval (IPI, PIS/PASEP e COFINS): Decreto nº 6.704, de 19/12/2008, que trata da desoneração do IPI para o fornecimento de materiais para a construção naval, e Lei nº , de 17/09/2008, que trata da redução a zero das alíquotas de PIS/PASEP e COFINS sobre equipamentos destinados à construção naval. Criação do Fundo Garantidor da Construção Naval – FGCN : Em 25/09/2008, pela Lei nº , complementada pela Lei nº , de 13/10/2009, com destinação de R$ 5 bilhões para formação do patrimônio do Fundo. Retira a cobrança de imposto de renda das aplicações financeiras para manutenção do Fundo. Financiamentos para Investimentos pelo FMM (Fundo da Marinha Mercante) e BNDES a custos diferenciados. PROGREDIR - Baseado na concessão de crédito até o 3º/4º elo da cadeia produtora, lastreado nos recebíveis da Petrobras com custos inferiores do mercado financeiro (Bradesco, Banco do Brasil, Santander, CEF, HSBC e Itaú Unibanco S.A.)

31 1. Existe mercado (oportunidades) 2. Governo está incentivando 3. Petrobras está apoiando 4. O Sistema financeiro está participando 5. Políticos estão se envolvendo 6. A indústria está estruturalmente preparada 7. A indústria internacional quer vir (diversas formas) O Brasil vive um Momento Mágico

32 1.Criação de Grupos de Trabalho Individuais: Criar grupos de trabalhos diversificados entre participantes de empresas fornecedores e estaleiros para discussões de temas gerais (Fornecimento, Inovação, Competitividade). 2.Conteúdo Local: Participação no grupo de trabalho junto ao MME, ANP e Petrobras para revisão da norma ANP 39_2007 e definição dos índices de CL para os próximos contratos da Lei da Partilha de Produção. 3.Ações Governamentais: Defesa junto ao Governo Federal, Estadual e Municipal dos pontos considerados relevantes para o setor de nossos associados. 4.Plano Brasil Maior: Estamos participando do Programa de Governo Brasil Maior, que buscar o aumento da competitividade e o crescimento da indústria nacional de Petróleo, Gás e Naval. Algumas Ações

33 5.Formar Comitês Temáticos: Promover a integração dos associados (Cadeia e Estaleiros) e o aprofundamento de discussões sobre temas de maior interesse do setor gerando diretrizes para o mercado. (Desenvolver projetos para o desenvolvimento e competitividade de toda a cadeia produtiva) 6.Grupos de Estudos Estratégicos: Grupos formados pela entidade e associado para montar base de dados de informações estratégicas sobre o mercado Naval e Offshore. Informações de acesso exclusivo das associadas. 7.Desenvolvimento de Novos Fornecedores: Identificar potenciais fornecedores e trabalhar a capacitação junto ao estaleiro e Petrobras - Apoio à obtenção do CRCC junto à Petrobrás. Algumas Ações

34 Quer se associar?

35 OBRIGADO! Augusto Mendonça Presidente


Carregar ppt "Augusto Mendonça Presidente. ABENAV - Associação Brasileira das Empresas de Construção Naval e Offshore. A ABENAV foi criada por uma iniciativa do SINAVAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google