A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) A cadeia produtiva do milho na região Oeste da Bahia Sérgio Pitt Vice Presidente Brasília, DF.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) A cadeia produtiva do milho na região Oeste da Bahia Sérgio Pitt Vice Presidente Brasília, DF."— Transcrição da apresentação:

1 Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) A cadeia produtiva do milho na região Oeste da Bahia Sérgio Pitt Vice Presidente Brasília, DF. 20 de novembro de 2008.

2

3 Oeste da Bahia Histórico - Área (ha/mil) * Estimativa Soja Algodão Milho

4 Milho – Oeste BA Safra 2007/08 Fonte: Aiba * Estimativa Fonte: Aiba * Estimativa Área (ha / mil) Produção (ton / mil)

5

6 Milho: Área 2007/08 Fonte: Conab Nov/2008 Fonte:Aiba Nov/2008 Outros grãos – exclui a produção de algodão em pluma Levantamento Conab

7 Correção Matriz Oeste Bahia (ha/mil) Fonte:Aiba Nov/2008 Fonte: Conab Nov/2008 Outros grãos – exclui a produção de algodão em pluma

8 MILHO – Oeste BA Produção: 1,3 milhões ton (2007/08). Produção: 1,3 milhões ton (2007/08). Destino: 100 % Nordeste. Destino: 100 % Nordeste. Estimativa do consumo do Nordeste (humano + animal) = 7 a 7,5 milhões ton/aa. Estimativa do consumo do Nordeste (humano + animal) = 7 a 7,5 milhões ton/aa. Proporção atual: 17,3%. Proporção atual: 17,3%. Produção estimada com correção da matriz: 2,9 milhões de toneladas. Produção estimada com correção da matriz: 2,9 milhões de toneladas. Proporção com correção da matriz: 38,7%. Proporção com correção da matriz: 38,7%.

9 Localização Geográfica: Diferencial do Oeste da Bahia para suprimento do Nordeste.

10 Custos de Produção Safra de verão – 2008/09 (preços de 30/09/2008) Fonte: Conab Elaboração: Aiba Fonte: Conab Elaboração: Aiba Custos detalhados

11 Iniciativas anteriores para correção da matriz 1º PEP de milho em Contratos privados de venda futura: –Abastecimento entressafra 2002/03; –51 contratos = 23 mil toneladas; –7 avicultores (CE) e 16 produtores; –Coordenação: Aiba.

12 Causas do desequilíbrio 1.Preços mínimos defasados: Atual: R$ 14,00 A partir de janeiro/09: R$ 19,00 (Decreto nº – Set/08) Estatuto da Terra – Art. 85, § 1º: Para fixação preço mínimo se tomará por base o custo efetivo da produção, acrescido das despesas de transporte para o mercado mais próximo e da margem de lucro do produto, que não poderá ser inferior a trinta por cento. Custo de produção Barreiras (Conab – set/08):R$ 23,34 + Depreciações / custos fixos / renda de fatores: R$ 2,77 – Custo variável:R$ 20,57 = Margem (30%):R$ 6,17 + Preço mínimo legal: R$ 26,74 =

13 Causas do desequilíbrio 2. Mecanismos de comercialização e sustentação de preços: -Falta isonomia na aplicação dos recursos; -Oferta Demanda; -Institucionalização de instrumentos para sustentar safrinha; -Risco de dependência da safrinha para segurança alimentar. Total 1ª Safra = ,7 mil ton (68,1%) Total 2ª Safra = ,3 mil ton (31,9%) Total = ,1 mil ton (100%) Centro-Oeste – 2ª Safra = ,6 mil ton A safrinha do Centro-Oeste produziu 19,3% do milho brasileiro em 2008.

14 Sérgio Pitt (77) Barreiras - Bahia Muito obrigado.


Carregar ppt "Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) A cadeia produtiva do milho na região Oeste da Bahia Sérgio Pitt Vice Presidente Brasília, DF."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google