A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

X Congresso Brasileiro de Energia A Universalização do Acesso à Energia Mesa: Energia, Meio Ambiente e Recursos Hídricos Hotel Glória - Rio de Janeiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "X Congresso Brasileiro de Energia A Universalização do Acesso à Energia Mesa: Energia, Meio Ambiente e Recursos Hídricos Hotel Glória - Rio de Janeiro."— Transcrição da apresentação:

1 X Congresso Brasileiro de Energia A Universalização do Acesso à Energia Mesa: Energia, Meio Ambiente e Recursos Hídricos Hotel Glória - Rio de Janeiro Outubro de 2004 Oswaldo de Aquino P. Junior PETROBRAS/CENPES

2 Processamento primário de petróleo INTRODUÇÃO RECURSOS HÍDRICOS MEIO AMBIENTE ENERGIA CONSEQUENCIAS CONCLUSÃO

3 Processamento primário de petróleo DISTR IBUIÇÃO DE ÁGUA NA TERRA TIPO LAGOS DE ÁGUA DOCE MARES DEÁGUA SALGADA E MARES INTERNOS UMIDADE DO SOLO RIOS E CÓRREGOS ÁGUA SUBTERRÂNEA ESPÉCIE DE CORPOS DÁGUA VOLUME (m³x ) % CALOTAS POLARES GELEIRAS ATMOSFERA OCEANOS I II III IV V 1,23 1,03 0,01 0,66 82,60 289,00 0, , ,66 0,0090 0,0080 0,0001 0,0050 0,6200 2,1500 0, , ,9931TOTAL

4 Processamento primário de petróleo ÁGUA – BEM FINITO. ESTIMATIVAS DA EVOLUÇÃO DO CONSUMO HUMANO DIÁRIO PER CAPTA DE ÁGUA Período Consumo L/dia.pessoa Século I a.C. 12 Romano 20 Século XIX (cidades pequenas)40 Século XIX (cidades grandes)60 Século XX 800 Fonte: Adaptado de Jorge Antonio Barros de Macêdo, 2000.

5 Processamento primário de petróleo ÁGUA – BEM FINITO Hoje: cinco litros de água potável por habitante; Em 2050 – 4x10 9 pessoas sem acesso a água; No Reino Unido e Africa do Sul – sistema Pré pago de fornecimento de água – aumento imediato da tarifa; 20 % da população brasileira não tem acesso a água potável (Organização Pan-Americana de Saude); 105 x10 6 brasileiros não sabem se a água que bebem é potável (Texto Base, CF 2004); Nordeste – 3 % da água doce.

6 Processamento primário de petróleo ÁGUA – BEM FINITO ESTIMATIVAS DE CONSUMO DE ÁGUA EM INDÚSTRIAS Processo de produção industrialConsumo de água Fabricação de polpa de celulose 15 a 200 m3/t Branqueamento da polpa de celulose 80 a 200 m3/t Fabricação de papel 30 a 250 m3/t Fabricação de aço 4 a 200 m3/t Fabricação de cerveja 8 a 13 m3/t Fabricação de leite em pó 0 a 18 m3/t Fabricação de polpa e papel interligados 200 a 250 m3/t Processamento úmido de algodão 800 a 600 m3/t Lavagem e acabamento de lã 7 a 40 m3/t Tingimento e acabamento de lã 100 a 600 m3/t Abate de gado bovino 0,2 a 9 m3/cabeça Geração de energia em termoelétricas 2,5 a 8,7 m3/Mwh Industria de petroleo 0,9 m3/m3 óleo ~ Fonte: Adaptado de Jorge Antonio Barros de Macedo, 2000.

7 Processamento primário de petróleo APRESENTAÇÃO DO PROBLEMA Água Produzida - Descartes - m 3 /d Mar do Norte - 1x10 6 ; EUA - 10x BRASIL

8 Processamento primário de petróleo APRESENTAÇÃO DO PROBLEMA ÁGUA PRODUZIDA - CARACTERÍSITICAS mistura complexa de materiais orgânicos e inorgânicos; hidrocarbonetos alifáticos e aromáticos; ácidos carboxílicos; minerais de formação dissolvidos; compostos químicos de produção; produtos de corrosão; bactérias; gases dissolvidos, etc.

9 POSSÍVEIS USOS PARA A ÁGUA PRODUZIDA POSSÍVEIS USOS PARA A ÁGUA PRODUZIDA RECUPERAÇÃO DE PETRÓLEO

10 Processamento primário de petróleo POSSÍVEIS USOS PARA A ÁGUA PRODUZIDA

11 Processamento primário de petróleo APLICAÇÃO Cogeração de energia elétrica e vapor em TERMOELETRICA. Necessidade de m3/dia de água. Recuperação de b/d de petróleo pesado; Geração de energia eletrica para conexão no Sistema inteligado (500MW). 1ª FASE - (8 anos) Cogeração – 2 turbo geradores a gás, cada um com recuperador de calor para geração de vapor. 2ª FASE - ( 09 a 12 anos) – Cogeração em ciclo combinado. 3ª FASE - (13 a 25 anos) - Ciclo combinado completo.

12 APLICAÇÃO

13 Processamento primário de petróleo DESENVOLVIMENTO DE MEMBRANAS Objetivo : desenvolvimento de membranas anisotrópicas, com pele ultrafina e isenta de defeitos, para os processos de nanofiltração e de osmose inversa, combinando as concepções de evaporação controlada de solvente e da inversão de fases por imersão-precipitação através do processamento simultâneo de duas soluções poliméricas (com a COPPE/UFRJ).

14 Processamento primário de petróleoAPLICAÇÃO Molhar a Terra Objetivo : A necessidade da água para consumo humano, e para lavoura em regiões do Nordeste, além da geração de um volume considerável de água de produção de petróleo, indicam que um tratamento adequado desta água de produção pode não só resolver a questão ambiental como também atender as necessidade de água doce para as comunidades próximas a área de produção. Espera-se que com a aplicação da Nanofiltração/Osmose Inversa no tratamento de águas salobras, possa-se fazer o reuso destas águas para consumo humano e para irrigação.

15 Processamento primário de petróleoAPLICAÇÃO

16 APLICAÇÃO

17 APLICAÇÃO

18 CONCLUSÃO Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia. A água faz parte do patrimônio do planeta. Cada povo, cada nação, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos Decalração Universal dos Direitos da Água

19 ESTAÇÃO DE TRATAMENTO Terminais/Campos de terra (recuperação terciária)


Carregar ppt "X Congresso Brasileiro de Energia A Universalização do Acesso à Energia Mesa: Energia, Meio Ambiente e Recursos Hídricos Hotel Glória - Rio de Janeiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google