A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A síndrome da mulher cabeça Paula Balsinelli “Essa coisa de ficar mostrando quais são as diferenças entre homens e mulhe-res e, principal-mente, explicar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A síndrome da mulher cabeça Paula Balsinelli “Essa coisa de ficar mostrando quais são as diferenças entre homens e mulhe-res e, principal-mente, explicar."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 A síndrome da mulher cabeça Paula Balsinelli

4 “Essa coisa de ficar mostrando quais são as diferenças entre homens e mulhe-res e, principal-mente, explicar por que muitas de nós não têm namorado virou um meganegócio lucrativo. A nossa tão falada solidão (que nem é tão solitária assim) vende livros de auto-ajuda a rodos. É um saco, mas a gente até que já se acostumou. Ou achou que tinha.” Nina Lemos “Essa coisa de ficar mostrando quais são as diferenças entre homens e mulhe-res e, principal-mente, explicar por que muitas de nós não têm namorado virou um meganegócio lucrativo. A nossa tão falada solidão (que nem é tão solitária assim) vende livros de auto-ajuda a rodos. É um saco, mas a gente até que já se acostumou. Ou achou que tinha.” Nina Lemos

5 Calma, a “Síndrome das Mulheres Cabeça” não é uma doença, ou melhor, não é nenhum problema físico! É, sim, o resultado de uma vida unicamente focada no trabalho e negócios. Os sintomas não tardam a aparecer, solidão, nervoso, falta de namorado, stress, vazio interior... tudo é resultado de uma vida mal-administrada: ênfase excessiva nos aspectos profissionais, desleixo em todos os outros. Calma, a “Síndrome das Mulheres Cabeça” não é uma doença, ou melhor, não é nenhum problema físico! É, sim, o resultado de uma vida unicamente focada no trabalho e negócios. Os sintomas não tardam a aparecer, solidão, nervoso, falta de namorado, stress, vazio interior... tudo é resultado de uma vida mal-administrada: ênfase excessiva nos aspectos profissionais, desleixo em todos os outros.

6 Segundo dados mais recentes coletados no IBGE, as mulheres no Brasil estão casando com a idade média de 26 anos, e os homens, por volta dos 30. Em 1991, as mulheres se casavam com 23, e os homens com 27. Isso não significa uma mudança ruim, mesmo porque casamento não é receita para felicidade, mas sinaliza que elas estão pensando cada vez mais na carreira. Segundo dados mais recentes coletados no IBGE, as mulheres no Brasil estão casando com a idade média de 26 anos, e os homens, por volta dos 30. Em 1991, as mulheres se casavam com 23, e os homens com 27. Isso não significa uma mudança ruim, mesmo porque casamento não é receita para felicidade, mas sinaliza que elas estão pensando cada vez mais na carreira.

7 Segundo Cláudya Toledo, especializada em juntar casais, a vida profissional da mulher moderna tem influenciado negativamente os aspectos amorosos e sexuais. “A típica mulher que sofre dessa síndrome é inteligente e bem sucedida no trabalho (ou pretende ser), e seu foco é só esse, o resto fica para segundo, terceiro, quarto plano”, explica. Segundo Cláudya Toledo, especializada em juntar casais, a vida profissional da mulher moderna tem influenciado negativamente os aspectos amorosos e sexuais. “A típica mulher que sofre dessa síndrome é inteligente e bem sucedida no trabalho (ou pretende ser), e seu foco é só esse, o resto fica para segundo, terceiro, quarto plano”, explica.

8 Em resumo, a Mulher-Cabeça vive “pilhada”, ligada no 220 volts, correndo contra o relógio para dar conta dos compromissos. “A vida profissional consome toda a sua energia, daí ela fica sem pique para sair, cuidar de si mesma etc”. A solidão chega como conseqüência: a mulher fica tão cansada que prefere dormir ou ficar de pijama quando está em casa, mesmo porque, trabalhar cansa, e como! Em resumo, a Mulher-Cabeça vive “pilhada”, ligada no 220 volts, correndo contra o relógio para dar conta dos compromissos. “A vida profissional consome toda a sua energia, daí ela fica sem pique para sair, cuidar de si mesma etc”. A solidão chega como conseqüência: a mulher fica tão cansada que prefere dormir ou ficar de pijama quando está em casa, mesmo porque, trabalhar cansa, e como!

9 “De acordo com a teoria da psicóloga, "as mulheres cabeça" são inteligentes e bem-sucedidas, mas têm profundos bloqueios de relacionamento com o sexo oposto. Ainda segundo a tese, a gente sabe que está sofrendo da síndrome quando "pensa mais que sente e não utiliza a feminilidade para conquistar e amarrar o homem". Essa tal mulher cabeça também não tem, supostamente, postura suficientemente feminina. "Ela quer segurar o homem no papo, como se estivesse negociando, mas o homem cola na mulher, em primeiro lugar, através do visual e gestual femino (sic)." “ Nina Lemos “De acordo com a teoria da psicóloga, "as mulheres cabeça" são inteligentes e bem-sucedidas, mas têm profundos bloqueios de relacionamento com o sexo oposto. Ainda segundo a tese, a gente sabe que está sofrendo da síndrome quando "pensa mais que sente e não utiliza a feminilidade para conquistar e amarrar o homem". Essa tal mulher cabeça também não tem, supostamente, postura suficientemente feminina. "Ela quer segurar o homem no papo, como se estivesse negociando, mas o homem cola na mulher, em primeiro lugar, através do visual e gestual femino (sic)." “ Nina Lemos

10 Moral da história: se seu objetivo é casar, emburreça rapidamente. De uma tacada só, Cláudya Toledo sugere que mulher feliz é mulher burra e que todo homem é uma anta. Só rindo. Nina Lemos Moral da história: se seu objetivo é casar, emburreça rapidamente. De uma tacada só, Cláudya Toledo sugere que mulher feliz é mulher burra e que todo homem é uma anta. Só rindo. Nina Lemos

11 Perfil da mulher cabeça:. É bem sucedida ou busca isso. Trabalha muito e vive cansada. É inteligente e bem-informada. Sente-se sozinha, mas demora para perceber que isto pode ser um problema. Acha que ninguém está à sua altura. Analisa o pretendente como um possível funcionário Perfil da mulher cabeça:. É bem sucedida ou busca isso. Trabalha muito e vive cansada. É inteligente e bem-informada. Sente-se sozinha, mas demora para perceber que isto pode ser um problema. Acha que ninguém está à sua altura. Analisa o pretendente como um possível funcionário

12 By mel Voltar Sair


Carregar ppt "A síndrome da mulher cabeça Paula Balsinelli “Essa coisa de ficar mostrando quais são as diferenças entre homens e mulhe-res e, principal-mente, explicar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google