A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Confiança e (Joanna de Ângelis, in LEIS MORAIS DA VIDA – subtema 58)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Confiança e (Joanna de Ângelis, in LEIS MORAIS DA VIDA – subtema 58)"— Transcrição da apresentação:

1 Confiança e (Joanna de Ângelis, in LEIS MORAIS DA VIDA – subtema 58)

2

3 “O povo era o seu rebanho. Para esse rebanho viera dar a vida. Era, todavia, necessário que as ovelhas conhecessem o pastor a fim de poder identificar-lhe a voz, obedecer-lhe ao chamado.” (Amélia Rodrigues, in Primícias do Reino, p. 126)

4 “Experimentava, porém ultriz sofrimento, porque o povo não O compreendia: o sofrimento que decorre do amor desdenhado.” (Amélia Rodrigues, in Primícias do Reino, p. 126)

5 “... Ele não dizia tudo. Ensimesmava-se longas horas, quando não desaparecia inúmeras vezes, a sós, retornando com a face pálida e os olhos que sempre brilhavam como duas gotas de luz, sombreados de dorida tristeza.” (Amélia Rodrigues, in Luz do Mundo, pág. 39)

6 (Amélia Rodrigues, in Luz do Mundo, página 96)

7 “Paralíticos, endemoninhados, cegos, catalépticos, hemorroíssa, mudo por ação obsessiva, por toda parte a dor, as provações cedem lugar ao pagamento pelo trabalho do amor.” (Amélia Rodrigues, in Há Flores no Caminho, pág. 16)

8 “Eram todos, ontem como hoje, doentes da alma e desejavam a cura para os corpos.” (Amélia Rodrigues, in Há Flores no Caminho, pág. 16)

9 “O Mestre fazia cessar os efeitos dos seus erros, sarando a matéria, entretanto, oferecia-lhes a diretriz evangélica, a verdadeira terapia para o Espírito, única medicação para eliminar os sofrimentos.”

10 Se confias na Providência Divina, não te agastes em face das incompreensões que te surpreendem no ideal do bem a que te dedicas.

11 Possivelmente encontrarás pessoas que desfilam na Terra, cercadas de bajuladores e ovacionadas pelo entusiasmo geral, sem que, no entanto, se dediquem a qualquer mister de enobrecimento.

12 Por isso mesmo são elogiadas, por outros equivocados, que se demoram na inutilidade.

13 Se te reservas a alegria do serviço nobre, não esperes resultados favoráveis aos teus empreendimentos superiores.

14 Se preferes a dedicação exclusiva à Seara do Cristo, defrontarás empecilhos e malquerenças onde esperavas que medrariam amor e fraternidade.

15 É provável que noutros campos de ação, compareçam sorrisos e gentilezas de caráter exterior, porquanto os homens são sempre homens – nem anjos nem demônios – lutando contra as imperfeições onde que que se encontrem.

16 Se esperas conseguir a perseverança no lídimo serviço da Verdade, não descoroçoes ante injustiças e difamações. LÍDIMO: legítimo, autêntico. DESCOROÇOES: desanimes.

17 Existem, sim, os que são ditosos e transitam aureolados por títulos de benemerência, requestados por uns e aplaudidos por outros, não, porém, indenes à sanha da inveja, à chuva do despeito, feridos pela flecha da impiedade dos negligentes e malfeitores contumazes.

18 Na Terra, a felicidade somente é possível, quando alguém se esquece de si mesmo, para pensar e fazer tudo que lhe seja possível, em favor do seu próximo.

19 A felicidade perfeita, se existisse no mundo, se diluiria ante uma criança infeliz, um enfermo ao abandono, um velhinho relegado ao esquecimento.

20 Não pretendas, portanto, ouropéis enganosos, cortesias especiais, reconhecimento imediato, favoritismo ou, mesmo, entendimento fraternal. OUROPEL: brilho falso, que imita ouro.

21

22

23

24


Carregar ppt "Confiança e (Joanna de Ângelis, in LEIS MORAIS DA VIDA – subtema 58)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google