A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Trabalho feito por: Ana Santos nº2 5ºA Era uma vez um menino que morava numa casa em frente ao mar. Essa casa tinha uma porta, sete janelas e uma varanda.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Trabalho feito por: Ana Santos nº2 5ºA Era uma vez um menino que morava numa casa em frente ao mar. Essa casa tinha uma porta, sete janelas e uma varanda."— Transcrição da apresentação:

1

2 Trabalho feito por: Ana Santos nº2 5ºA

3 Era uma vez um menino que morava numa casa em frente ao mar. Essa casa tinha uma porta, sete janelas e uma varanda de madeira pintada de verde. Em volta da casa, havia um jardim de areia onde cresciam lírios brancos e uma planta que dava flores brancas, amarelas e roxas.

4 Era uma praia grande e quase deserta onde havia rochedos maravilhosos. O menino adorava brincar na praia.

5 De manhã, quando o rapazinho acordou, estava tudo calmo. Ele pensava que o temporal da noite anterior tinha sido um sonho.

6 O menino estava a espreitar por trás das rochas e viu uma menina, um polvo, um caranguejo e um peixe a brincarem. - Oh! Oh! Oh! Que! Que! Que! Glu! Glu! Glu! Ah! Ah! Ah!

7 Então, o rapaz e a menina sentaram-se numa rocha e a menina do mar contou-lhe a sua história. - Eu sou uma menina do mar, chamo-me Menina do Mar e não tenho outro nome. Não sei onde nasci. Um dia, uma gaivota trouxe-me no bico para esta praia. E o polvo, o caranguejo e o peixe tomaram conta de mim. Vivemos os quatro numa gruta muito bonita.

8 O rapazinho foi ter com a menina do mar à praia e levou- lhe uma coisa da terra: uma rosa. - Trago-te aqui uma flor da terra. Chama-se rosa. -É linda, é linda!

9 E no outro dia levou-lhe outra coisa da terra, o vinho. E contou-lhe a sua história. Como era feito, de onde vinha…

10 No dia seguinte, o menino foi ter com a menina e tinha outra coisa da Terra. Trazia- lhe uma caixa de fósforos.

11 -Eu gostava que tu viesses ver a Terra! - Mas como é que eu posso ir ver a Terra? -Tive uma ideia! Eu, amanhã, trago um balde com água, para não secares.

12 -Não posso ir conhecer a Terra. Os búzios ouviram a nossa conversa e foram contar à grande raia. E a praia está cercada por polvos para não me deixarem ir. -Mas eu corro mais rápido com as minhas duas pernas do que os polvos com os seus oito braços. O rapazinho pôs a menina dentro do balde e tentaram fugir, mas, nesse mesmo instante, os polvos que cercavam a praia atacaram o rapaz. -Amanhã, já não vou estar cá. A grande raia pôs-me de castigo. Vou para uma praia muito distante.

13 O rapazinho acordou com a água a bater-lhe na cara.

14 Passaram dias e dias e o rapazinho nunca mais viu a menina. Ele ia todos os dias à praia para ver se a via. Até que, um dia, o rapaz estava na praia a pensar na Menina do Mar e, entretanto, passou uma gaivota que trazia uma coisa no bico e deixou-a cair em cima da areia. -Bom dia, bom dia! -Bom dia, bom dia! De onde é que vens e porque é que me estás a dar este frasco? -Eu venho da parte da Menina do Mar. Ela manda-te dizer que já sabe o que é a saudade. E pediu- me para te perguntar se queres ir ter com ela ao fundo do mar? -Quero, quero! Então, o rapaz bebeu o suco de anémonas e de plantas mágicas.

15 -Ali, no mar, está um golfinho à tua espera. Agarra-te bem à minha cauda.

16 Quando o menino chegou à gruta onde a menina estava, viu que eles estavam todos muito tristes. - Chegámos. Lá dentro, está a Menina do Mar e os seus outros amigos.

17 Quando lá chegou, eles estavam a brincar com conchinhas. Estavam tristes e calados. Estou aqui! Cheguei! Sou eu! Quando o viram, ficaram muito felizes. Começaram todos a fazer as suas habilidades.

18 E foi assim que eu consegui que tu voltasses. A Menina do Mar disse-lhe que tinha havido uma festa e ela tinha dançado mal. Foi ter uma conversa com o Rei do Mar e ele perguntou-lhe porque é que ela tinha dançado tão mal e ela respondeu-lhe que tinha saudades do amigo. Como ele teve pena da menina, mandou- a ir ao palácio e mandou vir uma gaivota com o frasco com o filtro de anémonas à procura do menino.

19 Agora nunca mais nos separaremos. E viveram felizes para sempre!

20 FIM Obrigada, espero que tenham gostado do trabalho.


Carregar ppt "Trabalho feito por: Ana Santos nº2 5ºA Era uma vez um menino que morava numa casa em frente ao mar. Essa casa tinha uma porta, sete janelas e uma varanda."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google