A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Stefano 1 ALGORITMOS Prof. Stefano PROGRAMAÇÃO - PRG.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Stefano 1 ALGORITMOS Prof. Stefano PROGRAMAÇÃO - PRG."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Stefano 1 ALGORITMOS Prof. Stefano PROGRAMAÇÃO - PRG

2 Introdução Algoritmos Fluxograma Constantes e variáveis Operadores Declarações de Controle Exercícios 2

3 Introdução Lógica de programação: – Técnica para gerar uma determinada sequência de atividades para atingir um determinado objetivo; Sequência Lógica: – São os diferentes passos ou instruções para solucionar um problema; Instruções: – São um conjunto de regras ou normas definidas para realização de uma atividade. É uma ação elementar executada pelo computador; 3

4 Algoritmos Algoritmos é uma maneira de formalizar uma sequência de passos para execução de uma atividade. A formalização é necessária para que diferentes pessoas possam entender e repetir os passos para chegar a solução do problema; Ex.: – Executar a operação de soma em uma calculadora; – Fazer uma transferência bancária; – Ajustar o horário no celular; – Programar um DVD para gravar um programa; 4

5 Algoritmos EXERCÍCIO 1: – Descreva passo a passo como você faria para obter a média de três números a seguir em sua calculadora; 5 MEDIA =

6 Fluxograma Para representar graficamente um algoritmo utilizaremos o fluxograma; Um fluxograma é a representação das diferentes etapas de um processo através de elementos gráficos ligados conforme a lógica de programação; Simbologia 6 SímboloFunção Início ou Fim de um algoritmo Processamento geral Decisão

7 Fluxograma EXERCÍCIO 2: – Implemente em um fluxograma o algoritmo do cálculo da média de três números a seguir em sua calculadora do exercício anterior; 7

8 Constantes e variáveis Identificadores: São nomes arbitrários dados as funções, variáveis, constantes. Os identificadores podem ser 1 letras de A à Z, números de 0 à 9 e “_“(underline). Não pode começar com número. – Exemplos: Temperatura_media Temp _T1 8 1 – Depende de cada compilador

9 Constantes e variáveis Constantes: são elementos que tem um valor fixo, não podendo ser mudados durante a execução do programa; – Exemplo: π = 3, Em vez de escrever toda vez o número podemos nomear uma constante PI = 3, e durante programa utilizar PI; Variáveis: são elementos que permitem a alteração do seu valor durante a execução do programa. É recomendável que no início do programa seja atribuído um valor inicial a elas, que elas sejam inicializadas; – Exemplo: Calcule consumo médio de combustível de um automóvel. CONSUMO= KM/L 9

10 Constantes e variáveis EXERCÍCIO 3: – Para preparar uma salada de frutas, um cozinheiro foi comprar 4 frutas, onde cada fruta tem seu preço e a quantidade que o cozinheiro precisa descrito na tabela a seguir. Monte um algoritmo que calcule quanto ele terá que pagar por cada fruta e o valor total da despesa; 10 FR1FR2FR3FR4 Preço por kg(R$) 1,301,904,500,98 Peso (kg)2,51,30,63,8 Observar a utilização de constantes e variáveis

11 Operadores Operador é um símbolo que faz com que compilador execute alguma operação matemática ou lógica; Os principais operadores são aritméticos, de relação, lógicos e bit a bit; A seguir serão apresentados os principais elementos de cada operador. Este tópico será visto em maiores detalhes na linguagem de programação aplicado diretamente ao compilador utilizado; 11

12 Operadores Operador Aritmético 12 OperadorOperação realizada + Soma - Subtração * Multiplicação / Divisão % Resto da divisão + Incremento - Decremento

13 Operadores Operador de Relação: eles testam as relações nas expressões. Seu resultado é 1 se for verdadeiro ou 0 se for falso; 13 OperadorOperação realizada = Igual a ! = Não igual a > Maior que < Menor que > = Maior ou igual a < = Menor ou igual a

14 Operadores Exemplos de Operador de Relação: 4 = = 3; retorna 0 - FALSO 3 = = 3; retorna 1 - VERDADEIRO 7 > = 3; retorna 1 – VERDADEIRO 4 < = 3; retorna 0 - FALSO 4 ! = 3; retorna 1 – VERDADEIRO 4 > 3; retorna 1 – VERDADEIRO 14

15 Operadores Operadores lógicos: realizam operações lógicas nas expressões. Os operandos são considerados verdadeiros(1) ou falsos(0). Seu resultado é 1 se for verdadeiro ou 0 se for falso; 15 OperadorOperação realizada & AND | OR ! NOT (Negado)

16 Operadores Exemplos de Operador Lógico: a) (3 > 1) & & (2= = 2); 1 & & 1; resulta em 1 - verdadeiro b) (3 > 7) | | (2= = 2); 0 | | 1 ; resulta em 1 - verdadeiro c)!{(3 > 1) & & (2= = 2)} ; !{ 1 & & 1}; !{ 1} ; - resulta em 0 - falso 16

17 Operadores Operadores Bit a Bit: eles testam as relações dos operadores nas expressões bit a bit; 17 OperadorOperação realizada & AND | OR ^ XOR ~ NOT > SHIFT RIGHT,desloca bits a direita < SHIFT LEFT, desloca bits a esquerda

18 Operadores Exemplos de Operador Bit a Bit: a) v1= , v2=110011, v3 = v1 & v2; AND v1 = v2 = v3 = b) v1= , v2=010111, v3 = v1 | v2; OR v1 = v2 = v3 =

19 Operadores Exemplos de Operador Bit a Bit: c) v1= , v2=110011, v3 = v1 ^ v2; XOR v1 = v2 = v3 = d) v1= , v2 = ~ v1 ; NOT v1 = v2 =

20 Operadores Exemplos de Operador Bit a Bit: e) v1= , v2=v1 << 2; SHIFT LEFT (x 2) = ; <<1 v2 = ; <<2 f) v1= , v2=v1 >> 2; SHIFT RIGHT (÷ 2) = ; >> 1 v2 = ; >> 2 20

21 Declarações de Controle As declarações controlam o fluxo de execução de um algoritmo, sendo assim de fundamental importância o domínio da sua correta utilização; Em uma linguagem de programação existem diferentes declarações, mas aqui, para um primeiro contato, utilizaremos a declaração de controle condicional; 21

22 Declarações de Controle Declaração de controle condicional IF THEN....ELSE SE......ENTÃO...SENÃO Ele é utilizado para executar um determinado comando se uma determinada condição for verdadeira. A opção ELSE não é obrigatória. 22 IF (true) THEN CommandsTrue ELSE CommandsFalse IF (verdadeiro) THEN ComandosVerdadeiro ELSE ComandosFalso

23 Para implementação do caso geral no algoritmo utilizamos o losango; pergunta Declarações de Controle 23 Comandos Verdadeiro Comandos Falso Pergunta ? V F As saídas V e F podem ser trocadas

24 OPÇÃO 1: Somente verdadeiro; pergunta Declarações de Controle 24 Comandos Verdadeiro Pergunta ? V

25 OPÇÃO 1: Exercício 4: Considere um forno onde a temperatura limite seja de 700º C. Se a temperatura atual do forno atingir este valor o alarme deve ser ligado. Elabore um algoritmo que implemente essa situação; Declarações de Controle 25

26 Resolução Declarações de Controle 26 In Início In Fim Ler Tforno Tforno >= 700 Ligar Alarme V F A inclusão da etapa de leitura do sensor do forno, considerando ser um sinal analógico, foi colocada aqui porque geralmente requer um tratamento adicional no programa.

27 CASO 2: Com verdadeiro e falso o algoritmo fica da forma como já visto anteriormente; pergunta Declarações de Controle 27 Comandos Verdadeiro Comandos Falso Pergunta ? V F

28 Declarações de Controle Exercício 5: Na esteira abaixo quando o sensor S1 for acionado o motor M1 deve ser ligado. Implemente um algoritmo que atenda o solicitado. 28 S1 M1

29 Resolução Declarações de Controle 29 In Início In Fim Ler S1 S1 == 1 M1= 0 V F M1= 1 A inclusão da etapa de leitura do sensor S1 em muitas situações pode ser considerada redundante, sendo colocada aqui para chamar a atenção ao fato, podendo ser omitida no futuro.

30 Declarações de Controle Exercício 6: Na esteira abaixo quando o sensor S1 for acionado por uma peça o motor M1 deve ser ligado e quando a peça acionar o sensor S2 o motor deve ser desligado. Implemente um algoritmo que atenda o solicitado. 30 S1 M1 S2

31 Resolução Declarações de Controle 31

32 Declarações de Controle Exercício 7: Na esteira abaixo a peça é colocada na posição dada pelo sensor S1, e com isso o motor M1 é ligado, levando a peça até o sistema de aquecimento. Neste instante o motor M1 é desligado e a peça espera 10 segundos, sendo o motor M1 ligado novamente para levar a peça para o resfriamento, quando então o motor M1 é desligado novamente, aguardando agora 20 segundos neste estágio. Após decorrido o tempo o motor M1 é ligado novamente para levar a peça até a posição dada pelo sensor S4, quando o motor é desligado novamente. Implemente um algoritmo que atenda o solicitado. 32

33 Resolução Declarações de Controle 33

34 Declarações de Controle Exercício 8: No sistema abaixo quando uma peça é colocada na posição dada pelo sensor S1 o motor M1 é ligado, levando a peça até o sensor S2 e caindo na caixa de saída. Sabe-se que a caixa suporta até 20 peças. Implemente um contador(CONT) para que somente quando somente 20 peças caírem na caixa o motor M1 é desligado e a lâmpada L1 é ligada, alertando ao operador da necessidade de trocar a caixa. Implemente um algoritmo que atenda o solicitado. 34

35 Resolução Declarações de Controle 35

36 Declarações de Controle Exercício 9: No exercício anterior foi acrescentado o botão B1 no painel para que quando o operador trocar a caixa ele irá apertar o botão a lâmpada L1 irá apagar, o motor M1 é ligado novamente, o contador é zerado e o ciclo se inicia novamente. 36

37 Resolução Declarações de Controle 37

38 CASO 3: IF ANINHADO. Quando vários laços são utilizados, um dentro de outro; Declarações de Controle 38 Pergunta1 ? Comandos1 N V Pergunta2 ? N V Pergunta3 ? N V Comandos2 Comandos3 Comandos4

39 Declarações de Controle Exercício 10: No reservatório da figura abaixo um sensor mede o nível (NIVEL) de líquido existente. Elabore um algoritmo que controle o acionamento das bombas de acordo com a tabela abaixo; 39 NIVELB1B2B3 NIVEL>9000 6

40 Resolução Declarações de Controle 40

41 Declarações de Controle Exercício 11: No sistema de seleção da página seguinte quando uma caixa é colocada na posição dada pelo sensor S1 o motor M1 é ligado levando a caixa até o sensor S5, quando então é desligado. Implemente um algoritmo para que de acordo com o tipo de caixa, dada pela figura e identificada no sistema através do acionamento dos sensores S2,S3 e S4, somente a lâmpada correspondente fique ligada. Esta lâmpada somente poderá ficar ligada até a caixa correspondente chegar ao sensor S5. O sistema é contínuo. Implemente também um contador para cada tipo de caixa. 41

42 Declarações de Controle 42

43 Resolução Declarações de Controle 43

44 44 REFERÊNCIAS Robert Schildt. C completo e total. User´s Manual MikroC Fábio Pereira. Programação em C Notas de aula do Prof. Stefano Curso básico de lógica de programação. Unicamp


Carregar ppt "Prof. Stefano 1 ALGORITMOS Prof. Stefano PROGRAMAÇÃO - PRG."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google