A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Parasitoses intestinais Nematódeos. Vermes cilíndricos Metazoários mais abundantes Muito diversificado (200.000 espécies)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Parasitoses intestinais Nematódeos. Vermes cilíndricos Metazoários mais abundantes Muito diversificado (200.000 espécies)"— Transcrição da apresentação:

1 Parasitoses intestinais Nematódeos

2 Vermes cilíndricos Metazoários mais abundantes Muito diversificado ( espécies)

3 Parasitas Ascaris lumbricoides Necator americanus Ancilostoma duodenale Strongyloides stercoralis Filarioses

4 Ascaris lumbricoides

5 15-30 cm 1.5 bilhão de pessoas Infecção helmíntica mais comum

6 Ciclo de vida Ciclo pulmonar Não há reinfestação endógena

7 Diagnóstico Sedimentação com ethyl acetato

8 Diagnóstico

9 Prevenção e Tratamento Saneamento básico Albendazol

10

11

12 Necator americanus e Ancylostoma duodenale

13

14 Ancylostoma Necator

15 Necator americanus e Ancylostoma duodenale 2ª helmintíase mais comum 1 bilhão de pessoas Ancylostoma: Velho Mundo Necator: Novo Mundo

16 Epidemiologia

17 Ciclo de vida

18 Ovos eclodem em 1-2 dias; Larva rabditóide leva 5-10 dias para se transformar em filariforme. Larva filariforme sobrevive 2-3 meses no meio ambiente Verme adulto sobrevive 2-3 anos no intestino. Não há reinfecção endógena

19 Sintomas ANEMIA Dor abdominal, diarréia Tosse, chio no peito

20 Diagnóstico Ovos: fixação pela formalina

21 Prevenção e Tratamento Saneamento básico Albendazol

22 Strongyloides stercoralis

23 2mm Adulto raramento é visto nas fezes.

24 Ciclo de vida

25 Sintomas Cutâneos GastrointestinaisPulmonares

26 Síndrome da hiperinfecção Ocorre quando mais larvas passam de rabditóide a filarióide no intestino. Dor abdominal, tosse, hemoptise.

27 Estrongiloidíase disseminada Ocorre em imunossuprimidos (HIV, DM, desnutrição, QT...) Parasitas entram na corrente sanguínea e levam bactérias consigo.

28 Diagnóstico Pesquisa de larvas nas fezes. Eosinofilia (ausente nas formas graves)

29 Tratamento

30 Prevenção Saneamento básico Usar sapatos...

31 Filarioses

32 Wuchereria bancrofti (Elefantíase) Oncocercose (Cegueira dos rios, mal do garimpeiro)

33 Filarioses

34 Elefantíase Linfedema causado pela obstrução de vasos linfáticos

35

36

37

38

39 Ciclo de Vida

40 Vetor Culex quinquefasciatus ou “Chuíça”

41 Diagnóstico Microfilárias no sangue periférico a noite.

42 Tratamento Dietilcarbamazina 6mg/kg dose única ou 12 dias Não há regressão do linfedema.

43 Oncocercose

44

45 Onchocerca volvulus

46 Epidemiologia

47

48 Vetor Mosquito borrachudo – Simulium spp

49 Diagnóstico Biópsia da pele e demonstração das microfilárias.

50 Tratamento Ivermectina por vários meses Não efetiva sobre o verme adulto...


Carregar ppt "Parasitoses intestinais Nematódeos. Vermes cilíndricos Metazoários mais abundantes Muito diversificado (200.000 espécies)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google