A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Dados Estatísticos referentes ao movimento de Contentores e Navios.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Dados Estatísticos referentes ao movimento de Contentores e Navios."— Transcrição da apresentação:

1 Dados Estatísticos referentes ao movimento de Contentores e Navios

2 3-ANÁLISE OPERATIVA(JANEIRO) Contentores; Durante o período em análise foram manuseados Teu´s entre cheios e vazios; Do total de teu´s transportados, 216 são frigoríficos; A quantidade de Teu´s representa um total de ,45 Toneladas de carga contentorizada; Do plano com relação ao real, registou-se um acréscimo de 66%; Os Teu´s cresceram em 38% em comparação ao período homologo do ano passado. 3.2-Carga movimentada Manuseou-se durante o mês em análise: 738 Toneladas da carga Embarcada ( Cabotagem/Exportação); Toneladas da carga Desembarcada ( Importação/Cabotagem); Total Geral Toneladas; A carga prevista ( Toneladas) e a realizada ( Toneladas), registou-se um desvio desfavorável de 14%; A carga reduziu em 24% em relação ao igual período do ano passado( Tons). 3.3 – MOVIMENTO DE NAVIOS ; Quanto a navegação: 26 Navios escalados durante o mes; Registou-se uma redução de 21% do planificado com relação ao realizado, devido aos desvios negativos verificados nos navios Petroleiros em relação ao plano, respectivamente. SITUAÇÃO OPERATIVA Apesar de o numero de processos de navios movimentado em cada período não traduzir o volume da facturação real do respectivo período, tendo em vista que, em todos os períodos se registam processos transitados de períodos anteriores e não só, porque ainda a retirada da mercadoria do recinto portuário por parte de clientes depende digamos da possibilidade financeira no momento, ainda assim não deixa de ser importante fazer-se referencia do numero de processos movimentado, desta feita, durante o período foram facturados 26 processos de navios dos quais 3 são do período anterior e 23 processos pertencem ao período em análise.

3 3-ANÁLISE OPERATIVA(FEVEREIRO) Contentores; Durante o período em análise foram manuseados Teu´s entre cheios e vazios; Do total de teu´s transportados 94 são frigoríficos; A quantidade de Teu´s representa um total de ,12 Toneladas de carga contentorizada; Do plano com relação ao real, registou-se um crescimento de 29%; Os Teu´s cresceram em 18% comparativamente ao período homologo do ano passado. 3.2-Carga movimentada Manuseou-se durante o mês em análise: 260 Toneladas da carga Embarcada ( Cabotagem/Exportação); Toneladas da carga Desembarcada ( Importação/Cabotagem); Total Geral Toneladas; A carga prevista ( Toneladas) e a realizada ( Toneladas), registou-se um desvio favorável de 2%; A carga aumentou em 9% em relação ao igual período do ano passado( Tons). 3.3 – MOVIMENTO DE NAVIOS ; 32 Navios escalados durante o mês. Registou-se um aumento de 2% do planificado com relação ao realizado, devido aos desvios negativos verificados nos navios Petroleiros. SITUAÇÃO OPERATIVA Como é do conhecimento, o Porto de Cabinda está posicionado no mar aberto. Devido a posição geográfica, as calemas têm, em certas estações do ano, influenciado negativamente as operações portuárias, reduzindo em certa medida a capacidade de operacionalidade em relação as embarcações. Esta situação tem provocado em determinados momentos o desvio da rota de muitos navios para o Porto vizinho de Ponta Negra, factor este que contribui na baixa produção e produtividade da empresa. Desta feita, durante o mês formaram-se 37 processos de navios e facturados concomitantemente, destes 29 dos quais são do mês corrente e 8 dos meses anteriores.

4  Tráfego de Contentores, Em termos operacionais o desempenho foi negativo, pois, a movimentação de cargas decresceu em todos os parâmetros tanto em comparação ao planificado como em relação ao igual período do ano transacto. Neste período foram manuseados Teu´s entre cheios e vazios; Do total de Teu´s transportados, 174 são frigoríficos; A quantidade de Teu´s representa um total de ,29 Toneladas de carga contentorizada. Do plano com relação ao real, registou-se um decréscimo de 22%; Os Teu´s decresceram em 32% em comparação ao período homólogo do ano passado.  Tráfego de Mercadorias; O movimento total de mercadorias durante o mês em análise cifrou-se em toneladas. Desse movimento a maior percentagem foi de mercadoria contentorizada em cerca de 74% do total de toneladas movimentadas. A carga Manuseada durante o mês em análise é destrinçada da seguinte forma: 196 Toneladas da carga Embarcada (Cabotagem/Exportação); Toneladas da carga Desembarcada (Importação/Cabotagem); Total Geral Toneladas; A carga prevista ( Toneladas) e a realizada ( Toneladas), registou-se um decréscimo de 61%; A carga diminuiu em 43% em relação ao igual período do ano passado ( Tons).  Tráfego de Navios; Durante o período em análise escalaram no Porto de Cabinda 26 Navios, dentre os quais os de Longo Curso, de Cabotagem e Petroleiros respectivamente. Em geral, os navios escalados no Porto de Cabinda são repartidos da seguinte forma:  5 Navios de Longo Curso;  11 Navios de Cabotagem e,  10 Navios de Petroleiros respectivamente. Registou-se uma redução de 24% do planificado com relação ao realizado. Comparativamente ao período transacto de 2011, também registou-se uma redução em 33%. Em média, a taxa de chegada é de 0,8 e 801 toneladas por navio do total de navios escalados no Porto de Cabinda. Durante o mês de Março, a empresa trabalhou aquém das suas capacidades habituais, ou seja, durante o período em análise registou-se 23 (vinte e três) dias inoperantes e somente 7 (sete) operantes devido aos problemas de assoreamento e calemas que constantemente assolam o Porto de Cabinda. 3-ANÁLISE OPERATIVA(MARÇO)

5 2-SITUAÇÃO OPERATIVA(Abril) Tráfego de Contentores, Durante o período em análise foram manuseados Teu´s entre cheios e vazios. Desse manuseamento acima referido registou-se um decréscimo de 6% em relação ao plano, ao passo que, quanto ao período homólogo de 2011, registou-se igualmente uma diminuição percentual de 6%. Do total de Teu´s manuseados 161 são frigoríficos A quantidade de Teu´s representa um total de toneladas de carga contento- rizada. Tendo em conta o peso que exerce na receita, torna-se importante realçar que da carga total manuseada durante o mês, a carga contentorizada constitui a maior porção do total da carga do mês. ESte facto constitui uma mais valia na vertente de que a carga contentorizada é a que maior receita gera. Tráfego de Mercadorias; A carga total manuseada durante o mês em análise cifrou-se em toneladas, pelo que desse movimento a maior parte é constituída pela carga contentorizada com uma proporção de 93% do total. A carga decresceu face ao período homólogo do ano passado assim como em relação ao plano, como se pode observar nos indicadores de produção no quadro acima supracitado. Este facto justifica-se pelas dificuldades e várias paralisações registadas nas operações de carga e descarga das mercadorias na ponte cais provocadas pelos problemas de assoreamento, calemas e o estado obsoleto avançado da estrutura do cais. Assim sendo, a carga Manuseada durante o mês em análise é destrinçada da seguinte forma: 54 Toneladas da carga Embarcada (Cabotagem/Exportação); Toneladas da carga Desembarcada (Importação/Cabotagem); Total Geral Toneladas; A carga prevista ( Toneladas) e a realizada ( Toneladas), registou-se um decréscimo de 30%; A carga diminuiu em 69% em relação ao igual período do ano passado ( Tons). Tráfego de Navios; Quanto a navegação: Durante o período em análise, escalaram ao Porto de Cabinda 26 Navios, dentre eles, os de Longo Curso, de Cabotagem e Petroleiros respectivamente. Os navios escalados ao Porto de Cabinda, são repartidos da seguinte forma: 12 Navios de Longo Curso; 8 Navios de Cabotagem e,

6 2-SITUAÇÃO OPERATIVA(Maio) Tráfego de Contentores, Durante o período em referência foram manuseados Teu´s entre cheios e vazios; É de realçar que, desse número registou-se um declínio de 7% face ao plano, Outrossim, quanto ao período homólogo de 2011, registou-se também uma variação negativa na ordem de 30%. Do total de Teu´s manuseados 236 são frigoríficos A quantidade de Teu´s representa um total de toneladas de carga contento rizada, e a tonelada de carga geral, perfazendo um total de toneladas. Tráfego de Mercadorias; A carga total manuseada durante o mês em análise cifrou-se em toneladas, pelo que desse movimento, a carga contentorizada tem uma influência significativa no total da mesma, perfazendo assim 99%. Entretanto, no que diz respeito ao plano, houve também uma redução da carga em 10%. Quanto ao igual período do ano passado a carga declinou significativamente na ordem de 57% fruto dos vários factores endógenos e exógenos que provocaram com que as metas preconizadas do mês não fossem alcançadas tal como eram esperadas. Sendo assim, a carga manuseada durante o mês em análise é repartida como se segue: 130 Toneladas da carga Embarcada (Cabotagem/Exportação); Toneladas da carga Desembarcada (Importação/Cabotagem); Total Geral Toneladas; A carga prevista ( Toneladas) e a realizada ( Toneladas), registou- se um decréscimo de 10%; A carga diminuiu em 57% em relação ao igual período do ano passado ( Tons).

7 2-SITUAÇÃO OPERATIVA(Junho) Tráfego de Contentores, Durante o período em referência foram manuseados Teu´s entre cheios e vazios; Desse número registou-se um declínio de 1% face ao planificado. Em relação ao igual período do ano passado, registou-se uma variação positiva na ordem de 65%. Do total de Teu´s manuseados 258 são frigoríficos. A quantidade de Teu´s representa um total de toneladas de carga contentorizada. Tráfego de Mercadorias; A carga movimentada durante o mês em análise cifrou-se em toneladas. Mas, deste movimento a carga que mais se destacou foi a contentorizada, com uma proporção percentual de 83% da carga total e 17% da carga geral ou diversa. Assim, relativamente ao plano, houve uma redução da carga em 4% e a mesma cresceu em 2% em relação ao igual período do ano passado. A carga movimentada no mês em análise é repartida da seguinte forma: Toneladas da carga Embarcada (Cabotagem/Exportação); Toneladas da carga Desembarcada (Importação/Cabotagem); Total Geral Toneladas; A carga prevista ( Toneladas) e a realizada ( Toneladas), com um desvio negativo de 4%; A carga cresceu em 2% em relação ao igual período do ano passado ( Tons). GABINETE DE ESTUDOS, PROJECTOS E PLANEAMENTO DA EPC, 06 DE AGOSTO DE 2012 CHEFE DO GABINETE PAULO DE JESUS MALOCO QUIBINDA


Carregar ppt "Dados Estatísticos referentes ao movimento de Contentores e Navios."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google