A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Introdução à identificação de camaleões Baseado nas fichas do Manual de identificação CITES apresentado pela Autoridade Cientifica da Alemanha Desenvolvido.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Introdução à identificação de camaleões Baseado nas fichas do Manual de identificação CITES apresentado pela Autoridade Cientifica da Alemanha Desenvolvido."— Transcrição da apresentação:

1 Introdução à identificação de camaleões Baseado nas fichas do Manual de identificação CITES apresentado pela Autoridade Cientifica da Alemanha Desenvolvido pelo Secretariado CITES GreenCustoms Knowledge Series No. 16

2 2 Questões a responder O que são camaleões? Os camaleões são populares no comércio? Como se podem identificar os camaleões? Quão variáveis são em forma e cor? Que recursos de identificação estão disponiveis?

3 3 Camaleões A família Chamaeleonidae é um grupo diferenciado e altamente especializado de lagartos, que se distingue pelos seus pés em forma de braçadeiras, movimento separado dos olhos e línguas compridas Muitos têm uma cauda preênsil, e alguns são capazes de mudar sua cor Cerca de 160 espécies de África, incluindo Madagáscar, de Espanha e Portugal, do sul da Ásia e Sri Lanka, ocorrendo desde habitats quentes da floresta tropical às condições do deserto

4 4 Camaleões Algumas (mas não todas) espécies de camaleões são capazes de mudar de cor da pele, que pode ser rosa, azul, vermelho, laranja, verde, preto, castanho, amarelo e turquesa Camaleões utilizam a sua capacidade de mudar de cor para se misturarem com o ambiente que os rodeiam, para expressar a sua condição fisiológica e como um indicador social para os outros camaleões Chamaeleo johnstoni Chamaeleo wiedersheimi

5 5 Camaleões O camaleão espinhoso pequeno Brookesia perarmata está incluído no anexo I da CITES

6 6 Camaleões Outras espécies de Brookesia, e todas as espécies do género Bradypodion spp., Calumma spp., Chamaeleo spp. e Furcifer spp. estão incluídas no anexo II Camaleões variam muito em tamanho e na estrutura do corpo, com um comprimento máximo que varia entre os 3,4 cm a 68,5 cm Alguns possuem ornamentação da cabeça ou na face e os machos são tipicamente mais ornamentados que as fêmeas Furcifer labordi

7 7 Camaleões no Comércio Camaleões são animais de estimação muito populares e muito procurados por coleccionadores; números do comércio de sugerem as seguintes espécies como as mais frequentemente negociadas: –Bradypodion fischeri e B. tavetanum (Tanzania) –Furcifer lateralis, F. pardalis e F. verrucosus (Madagascar) –Chamaeleo calyptratus, C. chamaeleon (Jordania) –Chamaeleo bitaeniatus, C. deremensis, C. dilepis, C. fuelleborni, C. hoehnelli, C. jacksonii, C. melleri, C. rudis, e C. werneri (da África Oriental) –Chamaeleo gracilis (África Oriental e Ocidental) –Chamaeleo senegalensis (África Ocidental)

8 8 Camaleões no Comércio Para além disso, as quotas de exportação voluntárias de 2009, incluem números significativos de Chamaeleo affinis, C. africanus, C. calcaricarens, C. ellioti e Furcifer oustaleti Nem todo o comércio é de espécimes retirados do meio natural e as quotas de 2009 indicam que uma parte do comércio é de espécimes criados em “rancho” e de espécimes da primeira geração criada em cativeiro

9 9 Identificação de camaleões Mesmo para especialistas, muitas espécies de camaleões não são fáceis de identificar –Há sempre diferenças sexuais impressionantes na morfologia e na coloração das espécies –Características externas de diagnóstico entre espécies podem estar quase ausentes –Em algumas espécies, existe uma variação geográfica significante na morfologia e na cor –A capacidade dos indivíduos para mudarem de cor rapidamente torna difícil a utilização da cor padrão para identificação –O conhecimento cientifico sobre camaleões ainda é um pouco pobre

10 10 Identificação de camaleões Para se identificar camaleões, deve-se ser capaz de distinguir as principais características morfológicas Não pode depender da cor! Chamaeleo tempeli

11 11 Principais características distintivas dos camaleões (1) 1.Crista do rosto 2.Crista lateral 3.Crista temporal 4.Lóbulo occipital 5.Crista gular 6.Crista ventral 7.Crista dorsal composta de escamas simples, cones ou tubérculos 8.Linhas de escamas aumentadas dos tubérculos ao longo dos flancos 9.Esporão do tarso

12 12 Principais características distintivas dos camaleões(2) 1.Par de apêndices de rosto 2.Crista dorsal tipo barbatana, vela ondulada 3.Cauda tipo barbatana, com vela ondulada

13 13 Exemplos de características distintivas dos camaleões 1.Corno rostral anelar e longo 2.Corno pré-orbital anelar e longo 3.Crista lateral 4.Crista parietal 5.Lóbulos occipitais pequenos, divididos por uma depressão 6.Crista temporal 7.Crista gular ausente Chamaeleo oweni

14 14 Exemplos de características distintivas dos camaleões 1.Crista parietal 2.Crista lateral 3.Crista rostral 1.Crista lateral 2.Grandes lobos occipitais 3.Crista gular composta por tubérculos baixos cónicos Furcifer lateralis, fêmea Chamaeleo dilepis

15 15 Exemplos de características distintivas dos camaleões 1.Crista parietal 2.Lóbulos occipitais pequenos e alongados 1.Lobúlos gulares grandes e escamados Chamaeleo calyptratus calcarifer Chamaeleo eisentrauti

16 16 Exemplos de características distintivas dos camaleões 1.Apêndice rostral escamoso e único (vista dorsal) 1.Apêndices rostrais pares e escamosos (vista dorsal) 2.Crista rostral Calumma nasuta (macho) Furcifer minor (macho)

17 17 Exemplos de camaleões mais frequentes no comércio Furcifer lateralis (macho) Furcifer lateralis (fêmea)

18 18 Furcifer pardalis (macho) Furcifer pardalis (fêmea) Exemplos de camaleões mais frequentes no comércio

19 19 Furcifer verrucosus (macho) Furcifer verrucosus (fêmea) Exemplos de camaleões mais frequentes no comércio

20 20 Chamaeleo ellioti Furcifer oustaleti (macho) Exemplos de camaleões mais frequentes no comércio

21 21 Chamaeleo calyptratus (macho) Chamaeleo chamaeleon Exemplos de camaleões mais frequentes no comércio

22 22 Chamaeleo bitaeniatus Chamaeleo deremensis (fêmea) Exemplos de camaleões mais frequentes no comércio

23 23 Chamaeleo dilepis Chamaeleo fuelleborni (macho) Exemplos de camaleões mais frequentes no comércio

24 24 Chamaeleo melleri Chamaeleo rudis Exemplos de camaleões mais frequentes no comércio

25 25 Chamaeleo werneri (macho) Chamaeleo werneri (fêmea) Exemplos de camaleões mais frequentes no comércio

26 26 Chamaeleo gracilis Chamaeleo senegalensis Exemplos de camaleões mais frequentes no comércio

27 27 Chamaeleo affinis Chamaeleo africanus (macho) Exemplos de camaleões mais frequentes no comércio

28 28 Exemplo das variações morfológicas dentro do género - Bradypodion spp. Bradypodion dracomontanum Bradypodion nemorale Bradypodion oxyrhinum Bradypodion setaroi Bradypodion thamnobates Bradypodion adolfifriderici Bradypodion carpenteri Bradypodion fischeri Bradypodion tavetanum Bradypodion uthmoelleri Bradypodion mlanjensis Bradypodion pumilum Bradypodion spinosum Bradypodion tenue Bradypodion xenorhinum Camaleões anões sulafricanos (Bradypodion spp.) são nativos de localizações isoladas da África Oriental e do Sul (Repare na diferença das características morfológicas dentro do mesmo género...)

29 29 Bradypodion spp. Bradypodion dracomontanum (macho)

30 30 Bradypodion spp. Bradypodion nemorale

31 31 Bradypodion spp. Bradypodion setaroi (macho)

32 32 Bradypodion spp. Bradypodion thamnobates (fêmea)

33 33 Bradypodion spp. Bradypodion carpenteri (macho)

34 34 Bradypodion spp. Bradypodion carpenteri (fêmea)

35 35 Bradypodion spp. Bradypodion adolfifriderici (macho)

36 36 Bradypodion spp. Bradypodion fischeri fischeri (macho) B. fischeri é popular no comércio

37 37 Bradypodion spp. Bradypodion fischeri multituberculatum (macho)

38 38 Bradypodion spp. Bradypodion fischeri excubitor (fêmea)

39 39 Bradypodion spp. Bradypodion tavetanum (male) B. tavetanum é popular no comércio

40 40 Bradypodion spp. Bradypodion mlanjensis

41 41 Bradypodion spp. Bradypodion pumilum pumilum (fêmea)

42 42 Bradypodion spp. Bradypodion pumilum karrooicum (fêmea)

43 43 Bradypodion spp. Bradypodion pumilum gutturale (macho)

44 44 Bradypodion spp. Bradypodion pumilum damaranum

45 45 Bradypodion spp. Bradypodion pumilum transvaalense

46 46 Bradypodion spp. Bradypodion spinosum (fêmea)

47 47 Bradypodion spp. Bradypodion tenue

48 48 Bradypodion spp. Bradypodion xenorhinum (macho)

49 49 Bradypodion spp. Bradypodion xenorhinum (fêmea)

50 50 Recursos de Identificação O manual de identificação CITES online é uma boa fonte de materiais de identificação de camaleões –Nomes –Características –Distribuição –Espécies semelhantes Furcifer minor

51 51 Recursos de Identificação Contudo, para se utilizar qualquer recurso de identificação (como o Manual de Identificação CITES ou outros guias), deve utilizar as características morfológicas (tamanho, forma da cabeça, presença de cristas, lóbulos, cornos etc.) Chamaeleo oweni Furcifer rhinoceratus

52 52 Resumo As espécies de camaleões não são fáceis de identificar Entre sexos pode haver grandes diferenças na morfologia e coloração Dentro de um género pode haver grandes variações morfológicas e de coloração Dentro de uma espécie pode haver variações geográficas significativas, morfológicas e de coloração Os padrões de cor não ajudam à identificação, e devem ser usadas características morfológicas Uma boa referencia é o Guia de identificação CITES online

53 53 Secretariado CITES Genbra


Carregar ppt "Introdução à identificação de camaleões Baseado nas fichas do Manual de identificação CITES apresentado pela Autoridade Cientifica da Alemanha Desenvolvido."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google