A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REVISÃO PROVA BIMESTRAL 7°S ANOS - 2013. REINO VEGETAL Briófitas Pteridófitas Gimnospermas Angiospermas S/ Sementes C/ Sementes dependem da água para.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REVISÃO PROVA BIMESTRAL 7°S ANOS - 2013. REINO VEGETAL Briófitas Pteridófitas Gimnospermas Angiospermas S/ Sementes C/ Sementes dependem da água para."— Transcrição da apresentação:

1 REVISÃO PROVA BIMESTRAL 7°S ANOS

2 REINO VEGETAL Briófitas Pteridófitas Gimnospermas Angiospermas S/ Sementes C/ Sementes dependem da água para reprodução não dependem da água para reprodução

3 BRIÓFITAS: - Musgos. - Plantas muito pequenas; - Não possuem vasos condutores, (avascular);por isso não podem ser plantas de grande porte; - Não apresentam flores, frutos ou sementes; - Possuem rizóides, caulóides e filóides.

4 REPRODUÇÃO DAS BRIÓFITAS - Reprodução por alternância de gerações (uma fase assexuada (esporos) e uma sexuada (gametas)). - Gameta masculino → anterozóides - Gametas Femininos → oosfera. - Fecundação → união dos gametas masculinos e femininos. - Esporófito → produtor de esporos. - Gametófito → produtor de gametas.

5 Os gametas masculino, dotado de flagelos, nadam em direção ao gameta feminino, ocorrendo assim a fecundação. Após a fecundação surge um zigoto, que dará origem a um esporófito. Os esporos quando encontram ambientes adequados, germinam e dão origem a um broto, que dará origem a um novo musgo do tipo gametófito. - O esporófito é a fase transitória; - O gametófito é a fase duradoura.

6 PTERIDÓFITAS - Samambaias e avencas - Possuem vasos condutores, - Possuem raiz, caule e folha

7 REPRODUÇÃO DAS PTERIDÓFITAS. Reproduzem-se por alternância de gerações. Nas samambaias, a parte inferior de suas folhas, desenvolvem-se pontos escuros chamados soros, esses soros produzem os esporos, que quando encontram ambientes adequados germinam e dão origem a uma plantinha chamada Prótalo. Nele se formam os gametas masculinos e femininos. O anterozóide nada em direção a oosfera, ocorrendo assim a fecundação. Assim, forma o zigoto que dará origem a uma nova samambaia, produtora de esporos. Esporófito → fase duradoura

8 GMINOSPERMAS - Plantas com sementes. - Não dependem da água para a reprodução, o embrião fica protegido dentro de uma semente. - Pinheiros, araucária, cipreste...

9 REPRODUÇÃO DAS GIMNOSPERMAS. - Há espécies com sexos separados, outras não. Os estróbilos masculinos produzem grãos de pólen e os femininos óvulos. Os grãos de pólen transportados pelo vento podem cair nos estróbilos femininos, ocorrendo assim a fecundação. Após a fecundação, forma-se o embrião, que fica protegido no interior de uma semente.

10 ANGIOSPERMAS - Produzem sementes e frutos; - Flores → órgão responsável pela reprodução - Das flores se desenvolvem os frutos, que dão maior proteção a semente.

11 Monocotiledônea → Apresentam apenas um cotilédone em suas semente. Dicotiledônea → Apresentam 2 cotilédones.

12 RAÍZES FUNÇÕES - Fixação do vegetal no solo; - Absorção de água e sais minerais, que são chamados de seiva bruta.

13 TIPOS DE RAIZES RAÍZES RESPIRATÓRIAS: Adaptadas a viver em regiões alagadiças, como mangues. Raízes que crescem verticalmente para fora do nível da água, possuem pequenos furos que permitem a entrada de oxigênio.

14 RAÍZES ESCORAS: Partem do caule e se fixam no solo, como por exemplo o milho.

15 RAÍZES TABULARES: São achatadas, lembram uma tábua, encontradas em árvores grandes

16 RAÍZES TUBEROSAS: Armazenam grande quantidade de substâncias nutritivas: cenoura, beterraba, mandioca, batata-doce, nabo, etc.

17 RAÍZES SUGADORAS: Encontradas em plantas parasitas, como a erva- de-passarinho e o cipó chumbo.

18 ESTUDO DO CAULE  O caule é o órgão da planta que faz a comunicação entre a raiz e as folhas.  Sua principal função é a condução de seiva:  Seiva Bruta (água e sais minerais) absorvida do solo pelas raízes é transportada até as folhas através dos vasos lenhosos (xilena → conjunto de vasos lenhosos).  Seiva elaborada (nutriente produzidos durante a fotossíntese) transportados pelo vegetal através dos vasos liberianos (floema → conjunto de vasos liberianos).  Também dão a sustentação as folhas.

19 TIPOS DE CAULES Caule aéreos: TRONCO: geralmente ramificados, resistente. Ex.: mangueira, ipê...

20 Estipe: Caule longo, geralmente reto, sem ramificação. Ex.: Palmeira, coqueiros.

21 Colmo: Caules onde é possível verificar, nitidamente, a presença de nós. Há colmos cheios → cana-de-açúcar e colmos vazios → bambu.

22 Caules Subterrâneos: Tubérculos: Possuem uma grande quantidade de reserva nutritivas. Ex.: Batata-inglesa.

23 Rizomas: caules que crescem horizontalmente. Ex.: bananeira, gengibre e samambaia.

24 Bulbos: Caules e folhas subterrâneas, como a cebola.

25 Caules aquáticos: Caules que se desenvolvem dentro da água. Ex.:

26 ESTUDO DAS FOLHAS Órgão da planta onde contém clorofila, responsável pela produção de alimento → fotossíntese.

27 Partes da folha → Limbo: Parte achatada da folha (lâmina). Em sua superfície encontramos orifícios microscópicos chamados estômatos (trocas gasosas). → Pecíolo: é a haste que prende a folha ao caule e ao ramo. → Bainha: é a parte mais dilatada da base do pecíolo.

28

29 FUNÇÃO DA FOLHA Fotossíntese: Produção de alimento. CO2 + H2O → Glicose + O2 Transpiração: A planta perde água na forma de vapor, permitindo o controle da temperatura. Respiração: Através da respiração os vegetais conseguem a energia que necessitam.

30 FLORES E FRUTOS FLORES: Possuem uma função muito importante: a Reprodução.

31 Partes das flores Pedúnculo: é a haste que prende a flor ao caule. Cálice: é o conjunto de folhas modificada, geralmente verde, chamadas sépalas, que protegem a flor. Corola: Conjunto de folhas, geralmente coloridas, chamadas pétalas. Androceu: Conjunto de estames, parte masculina da flor. Cada estame é formado por um filete e uma antera, onde são produzidos os grãos de pólen. Gineceu: Formada por uma conjunto de folhas modificadas, chamadas carpelos, parte feminina da flor. Cada carpelo apresenta: estigma, estilete e ovário.

32

33 FRUTOS O verdadeiro Fruto se origina do ovário da flor. PARTES DO FRUTO: → Pericarpo: óvulos fecundados → Epicarpo: Casca → Mesocarpo: Carnosa/suculenta → Endocarpo: envolve a semente

34 Falsos frutos (pseudofrutos)‏ Maça, pêra, caju ou morango são exemplos de pseudofrutos, pois a parte suculenta que comemos não originou do ovário da flor. → Na maça e na pêra o verdadeiro fruto é a parte mais interna e escura que envolve a semente. → Morango são aqueles pontinhos escuros. → No Caju o verdadeiro fruto é a castanha.


Carregar ppt "REVISÃO PROVA BIMESTRAL 7°S ANOS - 2013. REINO VEGETAL Briófitas Pteridófitas Gimnospermas Angiospermas S/ Sementes C/ Sementes dependem da água para."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google