A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

STS FÓ BRASILÂNDIA 416.017 HABITANTES 2 DISTRITOS ADMINSTRATIVOS (Brasilândia e Freguesia do Ó) Área - 31,5 km2 TAXA DE CRESCIMENTO - 1,14% TAXA DE ANALFABESTISMO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "STS FÓ BRASILÂNDIA 416.017 HABITANTES 2 DISTRITOS ADMINSTRATIVOS (Brasilândia e Freguesia do Ó) Área - 31,5 km2 TAXA DE CRESCIMENTO - 1,14% TAXA DE ANALFABESTISMO."— Transcrição da apresentação:

1

2 STS FÓ BRASILÂNDIA HABITANTES 2 DISTRITOS ADMINSTRATIVOS (Brasilândia e Freguesia do Ó) Área - 31,5 km2 TAXA DE CRESCIMENTO - 1,14% TAXA DE ANALFABESTISMO - 5,83% ÍNDICE DE NECESSIDADE DE SAÚDE – BRASILÂNDIA–0,41 FREGUESIA DO Ó - 0,25

3

4 Dados Populacionais Indicador N º Habitantes % de Crian ç as < 10 anos 21,018,4 % de Adolescentes entre 10 e 19 anos20,516,1 % de Idosos > 60 anos15,69,5 % da Popula ç ão que não possui Plano ou Convênio de Sa ú de 59,0 Fonte: IBGE/SEADE.Estimativa popula ç ão sem plano ou convênio de sa ú de: CEINFO SMS

5 Densidade Demográfica (Habitantes/Km2) – ,4 Taxa de Urbanização (%) 97,75 Número de Favelas 101 População favelada Áreas de Risco 22 Número dos Setores de Risco 51 Domicílios em área de Risco 1106

6

7

8

9

10 2000 TÉRMINO DO PAS 2001 MUNICIPIO DE SÃO PAULO É DIVIDO EM 31 SUBPREFEITURAS E 32 COORDENADORIAS DE SÁUDE. NA REGIÃO DE FÓ BRASILANDIA FOI CRIADA UMA COORDENADORIA DE SÁUDE SUBORDINADA ADMINSTRATIVAMENTE À SUBPREFEITURA E A REDE CONTAVA COM 1 AMBULATÓRIO DE ESPECIALIDADE, 7 UBSs, 1 LABORATÓRIO E UM CENTRO DE REFERÊNCIA DO TRABALHADOR, 1 UNIDADE DE VIGILÂNCIA DE SAÚDE (UVIS) E 1 CENTRO DE CONVIVÊNCIA INFANTIL.

11 2001 AS UNIDADES ESTAVAM SUCATEADAS EM RH E MANUTENÇÃO PREDIAL AOS POUCOS OS FUNCIONÁRIOS RETOMAM SUAS FUNÇÕES EGRESSOS DE OUTRAS SECRETARIAS. A REGIÃO SE ARTICULA PARA GARANTIR A ASSISTÊNCIA DO TERRITÓRIO EM SUAS DEMANDAS DE SAÚDE. OCORRE IMPLANTAÇÃO DAS EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA EM PARCERIA COM A ASF, NAS UNIDADES JARDIM GUARANI, JARDIM ICARAÍ, CRUZ DAS ALMAS, SILMARYA E VISTA ALEGRE. A REGIÃO CONTAVA JÁ COM 14 EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA DA PARCERIA QUALIS FUNDAÇÃO ZERBINI ( VILA RAMOS, GALVÃO E PENTEADO) E 11 EQUIPES DO QUALIS PRÓPRIO (ESTADO) (VILA TEREZINHA, JARDIM PAULISTANO E VILA BRASILÂNDIA) AO TODO SOMAVA-SE 42 EQUIPES DE PSF E 2 DE PACS NO JARDIM VISTA ALEGRE E 1 NO SILMARYA.

12 2002 EFETIVA-SE A MUNICIPALIZAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS DE SAÚDE DO ESTADO: UNIDADE DE SAÚDE JARDIM GUANABARA, VILA PALMEIRAS, VILA PROGRESSO, CAPS II VILA BRASILANDIA, CR DST AIDS, OS QUALIS PROPRIOS ( UBS PAULISTANO, TEREZINHA E BRASILÂNDIA) E QUALIS ZERBINI (VILA RAMOS, GALVÃO E PENTEADO). IMPLANTAÇÃO DE UM AMBULATÓRIO DE ESPECIALIDADES (MÊS DE JUNHO) EM UNIDADE JÁ EXISTENTE – UBS MARIA CECÍLIA CRIAÇÃO DO CONSELHO GESTOR DA COORDENADORIA DE FÓ BRASILANDIA CRIAÇÃO DO CEO (CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS) QUE FOI LOCADO INICIALMENTE NO AE FÓ E POSTERIORMENTE (2006) TRANSFERIDO PARA O AE MARIA CECÍLIA 2005 INSTITUIDO NOVA REGIONALIZAÇÃO: CRIAÇÃO DE 5 COORDENADORIAS DE SAÚDE E 24 SUPERVISÕES TÉCNICAS DE SAÚDE, SENDO NA REGIÃO NORTE, UMA COORDENADORIA LOCALIZADA EM SANTANA RESPONSÁVEL POR 5 SUPERVISÕES TÉCNICAS DE SAÚDE, INCLUINDO FÓ BRASILANDIA.

13 2005 IMPLEMENTAÇÃO DA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA COM AMPLIAÇÃO DE MAIS 18 EQUIPES DE FAMÍLIA. A REGIÃO PASSA ENTAÕ A CONTAR COM 56 EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA MUDANÇA DA PARCERIA DA FUNDAÇÃO ZERBINI PARA SPDM. CRIAÇÃO DAS AMAS COM INAUGURAÇÃO DA AMA JARDIM PAULISTANO E AMA JARDIM LADEIRA ROSA

14 2008 INAUGURAÇÃO DE MAIS DUAS AMAS ( AMA VILA PALMEIRAS E AMA ELISA MARIA) IMPLEMENTAÇÃO DE MAIS 5 EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA, E IMPLANTAÇÃO DE 5 NASFs. IMPLANTAÇÃO DA RESIDÊNCIA TERAPÊUTICA MASCULINA IMPLANTAÇÃO DE 4 EQUIPES DE SAÚDE BUCAL EM 3 UNIDADES DE PSF DA PARCERIA ASSOCIAÇÃO SAÚDE DA FAMÍLIA 2009 IMPLANTAÇÃO DO CAPS II INFANTO JUVENIL BRASILÂNDIA

15 UNIDADES BÁSICAS MODELO TRADICIONAL UBS VILA PALMEIRAS UBS VILA PALMEIRAS (Clinica – Pediatria – Ginecologia – Psicologia – S. Bucal - Serviço Social) UBS VILA PROGRESSO UBS VILA PROGRESSO (Unidade referencia de Práticas alternativas e Medicina Tradicional Chinesa) (Acupuntura – homeopatia ) (Clínica Médica – Pediatria – Ginecologia –S. Bucal - Serviço Social e Psicologia) UBS LADEIRA ROSA UBS LADEIRA ROSA (Clínica- Pediatria –Ginecologia - Psicologia – S. Bucal - Serviço Social – Educador de Saúde Pública - Fonoaudiologia) UBS JARDIM GUANABARA UBS JARDIM GUANABARA (Clínica – Pediatria – Ginecologia – Serviço Social – Psicologia – S. Bucal É SEDE da APAE e Escola Técnica do SUS e em fase de implantação Serviço de Atendimento Domiciliar -UAD)

16 AE MARIA CECÍLIA ( Atenção Básica – Clínica Médica – Pediatria – Ginecologia- S. Bucal) (Serviço Social – Psicologia- Serviço de Nutrição e Educador de Saúde Pública) SEDE DO NIR I FÓ BRASILÂNCIA (Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Psicologia, Fonoaudiologia) Especialidades: Psiquiatria, Nefrologia, Oftalmologia, Dermatologia, ORl, Neurologia) Sede do CEO FÓ Brasilândia AE FÓ (Atenção Básica – Clínica Médica – Pediatria – Ginecologia – Saúde Bucal) (Serviço Social – Psicologia) Especialidades ( Psiquiatria, Dermatologia, Oftalmologia, Ortopedia, Reumatologia, Gastro, Neurologia, Cardiologia)

17 SERVIÇOS ESPECIALIZADOS CAPS II ADULTO BRASILÂNDIA CAPS II ADULTO BRASILÂNDIA RESIDÊNCIA TERAPÊUTICA MASCULINA RESIDÊNCIA TERAPÊUTICA MASCULINA CAPS II INFANTO JUVENIL BRASILÂNDIA CAPS II INFANTO JUVENIL BRASILÂNDIA CENTRO DE REFERÊNCIA DST AIDS NOSSA SENHORA DO Ó CENTRO DE REFERÊNCIA DST AIDS NOSSA SENHORA DO Ó CENTRO DE REFERÊNCIA DE SAÚDE DO TRABALHADOR CENTRO DE REFERÊNCIA DE SAÚDE DO TRABALHADOR CECCO FÓ CECCO FÓ ESCOLA TÉCNICA DO SUS ESCOLA TÉCNICA DO SUS LABORATÓRIO NOSSA SENHORA DO Ó LABORATÓRIO NOSSA SENHORA DO Ó CENTRO DE CONVIVÊNCIA INFANTIL NOSSA SENHORA DO Ó CENTRO DE CONVIVÊNCIA INFANTIL NOSSA SENHORA DO Ó SUPERVISÃO DE VIGILANCIA EM SAÚDE SUPERVISÃO DE VIGILANCIA EM SAÚDE

18 AMAS DA REGIÃO AMA VILA PALMEIRAS AMA JARDIM LADEIRA ROSA AMA JARDIM PAULISTANO AMA JARDIM ELISA MARIA PARCEIROS DO TERRITÓRIO – ASF E SPDM

19 UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE COM A ESTRATÉGIA DE PSF PARCEIROS: ASF E SPDM

20 PSF Número de Equipes 64 COBERTURA TERRITORIAL FÓ ,81% Brasilândia ,92% ,53%

21 UBS SILMARYA ATENÇÃO BÁSICA: Clínico, GO e Pediatra.Serviço Social e Educador de Saúde Pública – S. Bucal 5 Equipes de Saúde da Família UBS JARDIM VISTA ALEGRE Atenção Básica com pediatra, GO, psicologia e serviço social Posto avançado da AMA Elisa Maria com plantonistas: clínicos, pediatras e GO 6 equipes de PSF Estratégia Saúde da Família Estratégia Saúde da Família UNIDADES MISTAS UNIDADES MISTAS

22 Estratégia Saúde da Família UNIDADES PURAS UBS JARDIM PAULISTANO 7 Equipes de PSF UBS VILA TEREZINHA 5 Equipes PSF UBS VILA BRASILÂNDIA 4 Equipes PSF UBS VILA PENTEADO 7 Equipes PSF UBS JARDIM ICARAÍ 6 Equipes PSF UBS DR. AUGUSTO L A GALVÃO 7 Equipes PSF UBS VILA RAMOS 5 Equipes PSF UBS CRUZ DAS ALMAS 5 Equipes de PSF UBS JARDIM GUARANI 7 Equipes de PSF

23 NASF (S) DA REGIÃO

24 1 PSIQUIATRA 20 HS 1 PSICÓLOGO 40 HS 2 TERAPEUTA OCUPACIONAL NUTRICIONISTA ACUPUNTURISTA 2 FISIOTERAPEUTA GINECOLOGISTA UBS JARDIM GUARANI UBS VILA TEREZINHA

25 NASF GALVÃO 1 PSIQUIATRA 20 HS 1 PSICÓLOGO 40 HS 2 T O 20 HOS 1 ASSISTENTE SOCIAL FONOAUDIÓLOGO 2 FISIOTERAPEUTAS 20 HS PEDIATRA UBS VILA RAMOS UBS DR. AUGUSTO GALVÃO

26 1 PSIQUIATRA 20 HS 1 PSICÓLOGO 40 HS TERAPEUTA OCUPACIONAL NUTRICIONISTA PEDIATRA FISIOTERAPEUTA TERAPEUTA OCUPACIONAL 1 HOMEOPATA 20 HS UBS JARDIM ICARAÍ UBS VILA BRASILANDIA UBS CRUZ DAS ALMAS

27 1 PSIQUIATRA 20 HS 1 PSICÓLOGO 40 HS TERAPEUTA OCUPACIONAL FONOAUDIÓLOGA 1 ASSISTENTE SOCIAL 1 HOMEOPATA 1 PEDIATRA 20 HS UBS SILMARYA R M SOUZA UBS JARDIM PAULISTANO

28 1 PSIQUIATRA 20 HS 1 PSICÓLOGO 40 HS 2 TO 20 HS 1 ASSISTENTE SOCIAL PEDIATRA 2 FISIOTERAPEUTAS 20 HS 1 PEDIATRA 20 HS 1 GINECOLOGISTA 20 HS UBS VILA PENTEADO UBS VISTA ALEGRE

29 RH – SUPERVISÃO TÉCNICA DE SAÚDE FREG.Ó / BRASILÂNDIA 690 nível médio, 577 nível superior (sendo 278 médicos) 576 nível operacional total profissionais da saúde (incluindo operacionais e AMA)

30 HOSPITAL GERAL VILA PENTEADO PS 21 JUNHO HOSPITAL GERAL VILA DE TAIPAS HOSPITAL GERAL VILA NOVA CAHCOEIRINHA MATERNIDADE VILA NOVA CACHOEIRINHA

31 INDICADORES DE SAÚDE FÓ BRASILÂNDIA

32 MORTALIDADE MATERNA (ÓBITOS POR 1000 NASC.VIVOS) 25055,141,40 MORTALIDADE INFANTIL (OBITOS POR 1000 NV) 13,510,813,614,115,8 NASCIDOS VIVOS Nascidos por parto cesáreo 44,647,347,747,848,2 GESTANTES- % que realizaram 7 ou mais consultas de pré natal 73,676,869,370,170,6 GESTANTES - % ADOLESCENTES 16,716,517,218,816,2

33 INDICADORES DE SAÚDE PRINCIPAIS CAUSAS DE ÓBITO – a Doenças isquêmicas coração 2 a D. cerebrovasculares 3 a Pneumonias 4 a Diabetes mellitus 5 a D. hipertensivas

34

35

36

37 COBERTURA DE PRIMEIRA CONSULTA ODONTOLÓGICA PROGRAMÁTICA – 3,38% (2008) – INDICA ACESSO. IDEAL 4% COBERTURA DA AÇÃO COLETIVA ESCOVAÇÃO DENTAL SUPERVISIONADA 64,09%

38 VIGILÂNCIA EM SAÚDE FÓ BRASILÂNDIA

39 DENGUE CASOS IMPORTADOS/ 20 AUTÓCTONES CASOS IMPORTADOS/ 77 AUTÓTOCNES CASOS IMPORTADOS / 8 AUTÓCTONES DENSIDADE LARVÁRIA 2006: FÓ=7,46 BRAS=8, : FÓ=2,14 BRAS=3, : FÓ= 2,18 BRAS=2,4 LEPTOSPIROSE CASOS – 2 C/ ÓBITO ( CRSN – 61 CASOS) CASOS – 2 COM ÓBITOS (CRSN – 63 CASOS) CAS0S – 1 ÓBITO (CRSN 41 CASOS)

40 SIFILIS CONGENITA CASOS/?? TRATADOS CI = 1,48/ HAB CASOS/ 14 TRATADOS CI = 5,14 / HAB CASOS/12 TRATADOS CI = 3,60/ HAB TUBERCULOSE CI Município 27,7/ habitantes CRS Norte 27,6/ habitantes FÓ / Brasilândia 36,4/ habitantes

41 TUBERCULOSE casos novos/ 50,9% em tratamento supervisionado/ 73,1% de cura casos novos/ 61,8% em tratamento supervisionado/ 80,7% de cura 2008 – 252 casos novos/ 59,1% em tratamento supervisionado/ 48,8% de cura

42 BCGHEPAT B POLIOTETRARUBEOLAGRIPE ,5%92,5%103%101,4%101,5%76,1% ,5%91,73%99,1%102,1%105,2%68,4% %99,6%101,8%104,1%95,3%71,4%

43 PROGRAMAS

44 Mãe Paulistana – gestantes cadastradas até abril/09, cartão SPTrans solicitados. Insumos para Diabetes – distribuição ocorre em todas Unidades Básicas da região, 3125 pacientes atendidos Remédio em Casa pacientes ativos até 30/04/09 (entrega de medicamentos anti-hipertensivos e hipoglicemiantes orais pelo correio) Oxigênio Domiciliar - 91 pacientes cadastrados em 30/04/09

45 MOVIMENTOS DO TERRITÓRIO

46 FÓRUM DOS TRABALHADORES DA SAÚDE MENTAL E ATENÇÃO BÁSICA ORGANIZADOR DAS AÇÕES A SEREM IMPLANTADAS E IMPLEMENTADAS NO TERRITÓRIO FOMENTADOR DE REDES

47 FÓRUM DE SAÚDE MENTAL DA CRIANÇA E ADOLESCENTE ESPAÇO DE DISCUSSÃO INTER E MULTIDISCIPLINAR DE CASOS CLÍNICOS (1ª TERÇA - FEIRA DO MÊS – UBS JD. GUANABARA) PARCEIROS NO ATENDIMENTO: EDUCAÇÃO CIRCO ESCOLA VARA DA INFÂNCIA ESPAÇO CRIANÇA ESPERANÇA NÚCLEO DE PROTEÇÃO ESPECIAL CEDECA OUTROS

48 FORUM DE PREVENÇÃO À VIOLENCIA E CULTURA DE PAZ TODA 1ª 2ª FEIRA/MÊS COM A PARTICIPAÇÃO DE INTERLOCUTORES DAS UNIDADES DA REGIÃO, AMAS,HOSPITAIS DE REFERÊNCIA (PENTEADO, TAIPAS, CACHOEIRINHA, OS 21 DE JULHO), SUVIS-FÓ PARCEIROS: SÉDES SAPIENTIAE, SMADS, CASA DA MULHER-BRASILÃNDIA, PROMOTORIA DA INFÃNCIA E JUVENTUDE –LAPA, GRANDE CONSELHO DO IDOSO, CONSELHO TUTELAR DA CRIANÇA E ADOLESCENTE, SECRETARIA DA EDUCAÇÃO, ONG –ASSOCIAÇÃO CULTURAL E ESPORTIVA BANDEIRANTES

49 GRUPO DE TRABALHO DE HUMANIZAÇÃO ESPAÇO DE ENCONTRO DE REPRESENTANTES DAS UNIDADES DA REGIÃO PARA DISCUSSÃO E EFETIVA IMPLANTAÇÃO DE PNH PERIODICIDADE - MENSAL – NA SEGUNDA 3ª FEIRA DO MES

50 DESAFIOS RECURSOS HUMANOS CAPS AD EFETIVA INTEGRAÇÃO DA REDE ASSISTENCIAL


Carregar ppt "STS FÓ BRASILÂNDIA 416.017 HABITANTES 2 DISTRITOS ADMINSTRATIVOS (Brasilândia e Freguesia do Ó) Área - 31,5 km2 TAXA DE CRESCIMENTO - 1,14% TAXA DE ANALFABESTISMO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google