A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cidade Digital o caminho para Cidade Inteligente Engº Vicente Soares Neto – 15 de Setembro - 2014.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cidade Digital o caminho para Cidade Inteligente Engº Vicente Soares Neto – 15 de Setembro - 2014."— Transcrição da apresentação:

1 Cidade Digital o caminho para Cidade Inteligente Engº Vicente Soares Neto – 15 de Setembro

2 IntroduçãoIntrodução Cidades são sistemas complexos. Nascem, crescem e desenvolvem-se a partir de fatores sociais, culturais, políticos e tecnológicos. Homem das Cavernas. Sociedade Agrícola. Sociedade Industrializada – Século XVII. Sociedade da Informação – Século XX. Sociedade da Convergência – Século XXI. Cidade Digital ou Cibercidade

3 O que é uma Cidade Digital? São 2 visões adotadas atualmente. Visão AtualCidade Digital 1ª Visão 1 – Projetos Governamentais ou Privados 2 – Acesso a Internet para a população em locais específicos. 2ª Visão 1 – Criação de Infraestrutura - REDE 2 – Rede Municipal - Prefeitura. 3 – Telecentros. 4 – Rede Nacional de Banda Larga – Telebrás.

4 O que é uma Cidade Digital? Rede Municipal Agricultura Saúde Negócios Turismo Comunicação Segurança Educação Atendimento ao Cidadão Recursos Humanos Tributária Financeira Patrimônio Olho Vivo IP TV

5 Tecnologias Disponíveis Fibra Óptica Enlace Rádio Centro de Controle Área de Cobertura Área de Cobertura Área de Cobertura Área de Cobertura Área de Cobertura 1 – Enlace Rádio 1.1 – Frequência não Licenciada 5,8 GHz 1.2 – Frequência Licenciada 6 – 7 – 8 – 11 – 13 e 18 GHz 2 – Área de Cobertura 2.1 – WiFi 2,4 GHz 2.2 – Wimax - 2,5 e 3,5 GHz 2.3 – LTE – 250 e 700 MHz REDE MUNICIPAL - EXEMPLO Internet 2.4 – WiFi – 4,9 GHz - Segurança

6 Área de Cobertura Botumirim 10 km2 7,5 km2 2,4 GHz 3,5 GHz Comparação

7 Legislação Vigente Prefeituras As Prefeituras Municipais podem prestar serviço de telecomunicações aos seus munícipes de duas formas distintas: Opção A Se a própria prefeitura implementar a rede de telecomunicações, com infraestrutura própria, para prestar o serviço de telecomunicações para os munícipes, deverá obter na Anatel a autorização para explorar o Serviço Limitado Privado (SLP) Opção B Se a prefeitura desejar contratar empresa para prestar serviço de telecomunicações aos munícipes, essa empresa deverá possuir autorização da Anatel para explorar o Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) Há necessidade de cadastro de pelo menos um engenheiro.

8 Legislação Vigente Frequência não Licenciada RESOLUÇÃO ANATEL Nº 506, DE 1º DE JULHO DE DOU Republica o Regulamento sobre Equipamentos de Radiocomunicação de Radiação Restrita RESOLUÇÃO ANATEL Nº 506

9 Legislação Vigente

10 SLP Multichannel Multipoint Distribution Service (MMDS ) Broadband Radio Service (BRS)

11 Aplicativos de Rede

12

13

14 Ação de Governo

15 Rumo a Cidade Inteligente

16 Definir o que são cidades inteligentes e medir os níveis de sustentabilidade, qualidade de vida e bem-estar são temas ainda pouco consensuais. O primeiro passo nesse sentido foi a publicação da norma ISO 37120: MAIO 2014 é o primeiro referencial ISO com indicadores para as cidades, medindo a capacidade de fornecimento de serviços e a qualidade de vida.

17 Rumo a Cidade Inteligente 1.Economia 2.Educação 3.Energia 4.Meio Ambiente 5.Finanças 6.Fogo e resposta de emergência 7.Governança 8.Saúde 9.Recreação 10.Segurança 11.Telecomunicações e inovação 12.Transporte 13.O planejamento urbano 14.Águas residuais 15.Água e saneamento As áreas abrangidas pela norma ISO 37120: Maio 2014 Economia Educação Energia Meio Ambiente Finanças Fogo e Emergência Governança Saúde Recreação Segurança Telecomunicações Transporte Planejamento Urbano Águas Residuais Água Saneamento

18 Rumo a Cidade Inteligente A Universidade de Harvard (Estados Unidos) é das melhores do mundo e o tema das ‘cidades inteligentes’ não podia passar despercebido nos seus corredores. Por essa razão, a Harvard Graduate School of Design apostou, na Primavera de (2014), num curso dedicado às ‘smart cities’.

19 DesafiosDesafios Como viabilizar financeiramente as redes nos municípios? Rede Municipal Smart Grid CAPEX - OPEX Segurança Patrimonial IP TV Rede Municipal 1ª2ª3ª ?... NªNª

20 ReflexõesReflexões 1 – Grade Curricular para as Engenharias. 2 – O espaço de atuação dos Engenheiros de Telecomunicações, Eletricistas e Eletrônicos no cenário atual. 3 – Um novo modelo de planejamento de nossas cidades.

21 Agradecimento Obrigado...!


Carregar ppt "Cidade Digital o caminho para Cidade Inteligente Engº Vicente Soares Neto – 15 de Setembro - 2014."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google