A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ZOOLOGIAANFÍBIOS PROF. VÍCTOR PESSOA. CARACTERÍSTICAS GERAIS Esqueleto ósseo; Forma do corpo variável (corpo alongado com cabeça, pescoço e cauda distintos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ZOOLOGIAANFÍBIOS PROF. VÍCTOR PESSOA. CARACTERÍSTICAS GERAIS Esqueleto ósseo; Forma do corpo variável (corpo alongado com cabeça, pescoço e cauda distintos."— Transcrição da apresentação:

1 ZOOLOGIAANFÍBIOS PROF. VÍCTOR PESSOA

2 CARACTERÍSTICAS GERAIS Esqueleto ósseo; Forma do corpo variável (corpo alongado com cabeça, pescoço e cauda distintos ou corpo compacto e achatado, com cabeça e tronco fusionados, sem pescoço intermediário); Forma do corpo variável (corpo alongado com cabeça, pescoço e cauda distintos ou corpo compacto e achatado, com cabeça e tronco fusionados, sem pescoço intermediário); Usualmente possuem quatro membros (tetrápodes); alguns são desprovidos deles; Usualmente possuem quatro membros (tetrápodes); alguns são desprovidos deles; Pele lisa e úmida (grande quantidade de glândulas mucosas – facilitam a respiração cutânea; outras podem produzir venenos); Pele lisa e úmida (grande quantidade de glândulas mucosas – facilitam a respiração cutânea; outras podem produzir venenos); Respiração pulmonar, cutânea e brânquias (externas – formas larvais); Respiração pulmonar, cutânea e brânquias (externas – formas larvais); Sistema circulatório fechado com coração dotado de 3 câmaras (2 átrios + 1 ventrículo); Sistema circulatório fechado com coração dotado de 3 câmaras (2 átrios + 1 ventrículo); Sistema excretor formado por rins mesonéfricos (uréia como principal excreta nitrogenado) Sistema excretor formado por rins mesonéfricos (uréia como principal excreta nitrogenado) Dióicos (sexos separados); fecundação interna (salamandras e cecílias) e externa (sapos e rãs); Dióicos (sexos separados); fecundação interna (salamandras e cecílias) e externa (sapos e rãs); Ovíparos (grande maioria), ovovivíparos e vivíparos; Ovíparos (grande maioria), ovovivíparos e vivíparos; Metamorfose usualmente presente (girinos – adultos) Metamorfose usualmente presente (girinos – adultos)

3 CLASSIFICAÇÃO AMPHIBIA (CLASSE) ORDEM ANURA (desprovidos de cauda) – sapos (pele rugosa, com verrugas e pequenos tubérculos), rãs (pele lisa) e pererecas (pele lisa e arborícolas) ORDEM CAUDATA OU URODELA (salamandras) – corpo alongado, quatro pernas e cauda longa ORDEM APODA OU GYMNOPHIONA (cobras-cegas ou cecílias) – corpo cilíndrico e alongado, vivendo enterrados no solo ou no lodo das lagoas

4 ESTRUTUA E FISIOLOGIA

5 SISTEMA ESQUELÉTICO Esqueleto axial (crânio + coluna vertebral) e esqueleto apendicular (ossos dos membros e ossos que ligam os membros à coluna); Cintura escapular (articulação de membros anteriores) Cintura pélvica (articulação de membros posteriores)

6 SISTEMA RESPIRATÓRIO / CIRCULATÓRIO / URINÁRIO Larvas de anfíbios respiram por brânquias e pela pele (cutânea); já os adultos respiram por pulmões e também pela pele OBSERVAÇÃO ! Os pulmões de sapos e rãs são razoavelmente eficientes nas trocas gasosas (dobras internas ricamente vascularizadas). Já as salamandras, entretanto, possuem pulmões rudimentares, com poucas dobras internas, dependendo, por isso, muito da respiração cutânea. Apresentam circulação dupla (pequena circulação e grande circulação); Coração dotado de 3 cavidades (2 átrios + 1 ventrículo); Coração dotado de 3 cavidades (2 átrios + 1 ventrículo); Excreção realizada por um par de rins (uréia – anfíbios adultos / amônia – anfíbios no estágio de larva) Excreção realizada por um par de rins (uréia – anfíbios adultos / amônia – anfíbios no estágio de larva)

7

8 REPRODUÇÃO Dióicos; Maioria ovíparos (anuros e urodelos eliminam seus ovos na água, envolvidos em uma capa gelatinosa); ovovivíparos e vivíparos; Maioria ovíparos (anuros e urodelos eliminam seus ovos na água, envolvidos em uma capa gelatinosa); ovovivíparos e vivíparos; Anuros (abraço nupcial); Anuros (abraço nupcial); Fecundação interna e externa; Fecundação interna e externa; Metamorfose (desenvolvimento indireto – girinos até adultos) Metamorfose (desenvolvimento indireto – girinos até adultos) Algumas espécies de salamandras não sofrem metamorfose – os indivíduos retêm as características de larvas durante toda a vida, mesmo após terem se tornado sexualmente maduras e capazes de se reproduzir. Tal fenômeno é conhecido como NEOTENIA ou PEDOMORFOSE. Algumas espécies de salamandras não sofrem metamorfose – os indivíduos retêm as características de larvas durante toda a vida, mesmo após terem se tornado sexualmente maduras e capazes de se reproduzir. Tal fenômeno é conhecido como NEOTENIA ou PEDOMORFOSE.


Carregar ppt "ZOOLOGIAANFÍBIOS PROF. VÍCTOR PESSOA. CARACTERÍSTICAS GERAIS Esqueleto ósseo; Forma do corpo variável (corpo alongado com cabeça, pescoço e cauda distintos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google