A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS CENTRO DE DESENVOLVIMENTO ENERGÉTICO AMAZÔNICO - CDEAM WORKSHOP ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO NORTE QUADRO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS CENTRO DE DESENVOLVIMENTO ENERGÉTICO AMAZÔNICO - CDEAM WORKSHOP ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO NORTE QUADRO."— Transcrição da apresentação:

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS CENTRO DE DESENVOLVIMENTO ENERGÉTICO AMAZÔNICO - CDEAM WORKSHOP ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO NORTE QUADRO ATUAL E PERSPECTIVA PARA O DESENVOLVIMENTO DE MANAUS E INTERIOR DO AMAZONAS Prof. Dr. Rubem Cesar Rodrigues Souza RIO DE JANEIRO/ABR

2 SISTEMAS ELÉTRICOS BRASILEIROS Belém Jacui Porto Alegre Florianópolis Curitiba SÃO PAULO Rio de Janeiro Paraíba do Sul Uruguai Vitória Belo Horizonte ITAIPU GRANDE Paranaíba Paraná/Tietê C.Grande Iguaçu Tocantins S.Francisco Parnaíba S.Luís Teresina Fortaleza Natal J. Pessoa RECIFE Maceió Aracajú Salvador Goiânia BRASILIA Argentina Paranapanema Cuiabá MANAUS VENEZUELA Boa Vista Macapá Acre Rondônia Sistema Interligado Nacional Sistemas Isolados

3 GWh* (~ 97%) 55% Território 97% População ~57,4 milhões de consumidores GWh* (~ 97%) 55% Território 97% População ~57,4 milhões de consumidores 12.7 GWh* (~ 3%) 45% Território 3% População ~1,3 milhões de Consumidores 12.7 GWh* (~ 3%) 45% Território 3% População ~1,3 milhões de Consumidores Sistemas Isolados Sistema Interligado Nacional - SIN Fonte: EPE Mercado de Energía Elétrica 2007 ELETROBRÁS Sistemas Isolados 2007 ANEEL Resumo dos Novos Projetos Maio 2007 * Auto-produção não incluida Inexiste um modelo institucional para os sistemas isolados

4 Sistemas Isolados Estrutura de Participação por Estado (%)

5 MANAUS Rio Juruá Rio Solimões Rio Negro mil km 2 18,5% do território nacional França Espanha Itália Portugal Holanda Suíça Bélgica Mil km ESTADO DO AMAZONAS - Áreas supridas eletricamente. - Áreas não supridas eletricamente.

6 ÁREAS SUPRIDAS PELAS CONCESSIONÁRIAS

7 EVOLUÇÃO DO FATURAMENTO DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS - PIM EM MILHÕES Destaques no crescimento 2002 a 2007 (em dólar): 182,01% 2006 a 2007 (em dólar): 12,33% Dólar Fonte: COISE/CGPRO/SAP – SUFRAMA * Dados parciais até junho 2008*

8 Tendência de crescimento da capacidade produtiva do PIM Fonte: SUFRAMA.

9 Mercado de energia elétrica Classe Consumo médio mensal (MWh/mês) % Residencial ,46 Comercial ,96 Rural6360,21 Poder Público ,55 Industrial ,38 Serviço Público ,11 Iluminação Pública ,01 Consumo Próprio 9510,31 TOTAL

10 Total de consumidores: (66,5% na capital) Custo médio da energia comprada (R$/MWh): 290,76 Custo médio da Geração Própria (R$/MWh): 154,00 Perda de energia elétrica: 38,17% (39,6% no interior) Inadimplência (R$ mil): Endividamento de longo prazo: PIE. Energia fortemente subsidiada (CCC). Outras informações sobre o mercado atendido

11 CCC-Isol 2008 Plano Anual de Combustíveis R$3,549 bilhões (valor homologado pela ANEEL: R$ 3 bilhões) CCC para Sistema Manaus R$1,662 bilhão (46,8%) Óleo Combustível R$ 843 milhões Óleo PGE R$ 279 milhões Óleo CTE R$ 540 milhões A LEI ESTABELECE O FIM DA CCC-ISOL NO ANO DE 2022.

12 Redenção (2X26,6MVA) Redenção (2X26,6MVA) Marapatá (2X26,6MVA) Marapatá (2X26,6MVA) Ponta do Ismael SEPN (1X26,6MVA) SEPN (1X26,6MVA) SESG (1X26,6MVA) SESG (1X26,6MVA) SEFL SESO (1X26,6MVA) SESO (1X26,6MVA) SECD (1X26,6MVA) SECD (1X26,6MVA) SECC (1X26,6MVA) SECC (1X26,6MVA) SEVO (2X26,6MVA) SEVO (2X26,6MVA) SESJ SEDD (2X26,6MVA) SEDD (2X26,6MVA) SEDI (4X26,6MVA) SEDI (4X26,6MVA) SEMG (1X26,6MVA) SEMG (1X26,6MVA) SIVAM I Manaus I SEAD Aparecida (92 MW) Planta D (80 MW) Aparecida (92 MW) Planta D (80 MW) Mauá (136 MW) Electron (102 MW) Planta A ( 40 MW) Planta B (110 MW) Wartsilla (157,5 MW) PIE SJ (41,6 MW) PIE FO (17,6 MW) PIE CD (17,6 MW) UHE-Balbina (250 MW) PIE Tambaqui (60 MW) (60 MW) PIE Jaraqui (60 MW) (60 MW) PIE Gera (60 MW) (60 MW) PIE C. Rocha (65 MW) (65 MW) PIE Manauara (60 MW) (60 MW) SEMU 138kV SEMU 138kV SECG 138kV SECG 138kV SEJT 230kV SEJT 230kV SECO 138kV SECO 138kV UTE MG III 240MW UTE MG III 240MW Iranduba 24% do total é PIE 30% PIE – térmica CAPITAL

13 - Geração termoelétrica a óleo Diesel como principal fonte; - Baixa confiabilidade e qualidade do serviço; - Difícil logística de abastecimento do óleo. INTERIOR

14 MANAUS YAUARETÊ IPIXUNA São Gabriel Panoré Rio Juruá Rio Solimões Rio Negro km 35 dias km 14 dias Dificuldades na logística de abastecimento de óleo

15 Projetos para Ampliação da Oferta de Energia Elétrica

16 COMPRA DE GÁS NATURAL FIRMADO EM 2006 CONTRATO PARA COMPRA DE GÁS NATURAL JUNTO A COMPANHIA DE GÁS DO AMAZONAS - CIGÁS; VIGÊNCIA DE 20 ANOS COM VALOR DE R$ ,08; INÍCIO DA OPERAÇÃO COM GÁS NATURAL: ATENDERÁ A CAPITAL E MAIS 7 MUNICÍPIOS. REDUÇÃO DE APROXIMADAMENTE 50% NO CUSTO GLOBAL RELATIVO A SUBVENÇÃO DA CCC; SERÁ MANTIDA A CONTRATAÇÃO DE PIEs; NÃO HÁ PERSPECTIVA PARA REDUÇÃO TARIFÁRIA. COMPRA DE GÁS NATURAL FIRMADO EM 2006 CONTRATO PARA COMPRA DE GÁS NATURAL JUNTO A COMPANHIA DE GÁS DO AMAZONAS - CIGÁS; VIGÊNCIA DE 20 ANOS COM VALOR DE R$ ,08; INÍCIO DA OPERAÇÃO COM GÁS NATURAL: ATENDERÁ A CAPITAL E MAIS 7 MUNICÍPIOS. REDUÇÃO DE APROXIMADAMENTE 50% NO CUSTO GLOBAL RELATIVO A SUBVENÇÃO DA CCC; SERÁ MANTIDA A CONTRATAÇÃO DE PIEs; NÃO HÁ PERSPECTIVA PARA REDUÇÃO TARIFÁRIA.

17 INTERLIGAÇÃO TUCURUI-MANAUS LICITAÇÃO OCORRIDA EM INVESTIMENTOS PREVISTOS DA ORDEM DE R$ 4 BILHÕES. PREVISÃO DE ENTRADA EM OPERAÇÃO: OUT/2011. POTÊNCIA A SER DISPONIBILIDADE: 1 GW. DISPONIBILIDADE DE SERVIÇOS DE TELECOM COMO INTERNET BANDA LARGA. NO AMAZONAS SERÁ ATENDIDA A CAPITAL E MAIS 6 MUNICÍPIOS. O SISTEMA MANAUS SE INTERLIGARÁ AO SIN. HÁ UMA DISCUSSÃO ACERCA DO GANHO ENERGÉTICO PARA O MERCADO DE MANAUS. INTERLIGAÇÃO TUCURUI-MANAUS LICITAÇÃO OCORRIDA EM INVESTIMENTOS PREVISTOS DA ORDEM DE R$ 4 BILHÕES. PREVISÃO DE ENTRADA EM OPERAÇÃO: OUT/2011. POTÊNCIA A SER DISPONIBILIDADE: 1 GW. DISPONIBILIDADE DE SERVIÇOS DE TELECOM COMO INTERNET BANDA LARGA. NO AMAZONAS SERÁ ATENDIDA A CAPITAL E MAIS 6 MUNICÍPIOS. O SISTEMA MANAUS SE INTERLIGARÁ AO SIN. HÁ UMA DISCUSSÃO ACERCA DO GANHO ENERGÉTICO PARA O MERCADO DE MANAUS.

18 SITUAÇÃO DAS POPULAÇÕES NÃO ATENDIDAS NA REGIÃO NORTE ÁREAS NÃO SUPRIDAS PELAS CONCESSIONÁRIAS

19 90% dos excluídos possuem renda familiar inferior a 3 salários mínimos ; PERFIL DE RENDA 33% possuem renda abaixo de 1 salário mínimo.

20 Demanda estimada em 300 mil domicílios Baixa densidade demográfica: 2 hab/km 2 Localidades esparsas e de população reduzida Sistemas Elétricos, quando existentes, constituídos de geradores a diesel doados por prefeituras Densa e extensa cobertura florestal Dificuldades de acesso Grande número de unidades de conservação ambiental e reservas indígenas Predomínio da atividade de subsistência Inexiste regulação para fontes alternativas e mini rede Principais Características

21 Ação Governamental para Universalizar o Serviço de Energia Elétrica

22 PROGRAMA LUZ PARA TODOS APRESENTADO COMO UM PROGRAMA DE INCLUSÃO SOCIAL (GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA) OBJETIVA UNIVERSALIZAR O SERVIÇO DE ENERGIA ELÉTRICA NO MEIO RURAL BRASILEIRO EXECUÇÃO: DE 2004 A 2008 PRORROGADO ATÉ PROGRAMA LUZ PARA TODOS APRESENTADO COMO UM PROGRAMA DE INCLUSÃO SOCIAL (GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA) OBJETIVA UNIVERSALIZAR O SERVIÇO DE ENERGIA ELÉTRICA NO MEIO RURAL BRASILEIRO EXECUÇÃO: DE 2004 A 2008 PRORROGADO ATÉ 2010.

23 RESULTADOS NO ESTADO DO AMAZONAS MUNICÍPIOS ATENDIDOS: 48 (~77%) 5 PROJETOS DE GERAÇÃO (TODOS TÉRMICAS A DIESEL) TODOS OS ATENDIMENTOS COM EXTENSÃO DE REDE METAS CUMPRIDAS (fev/09): ~ 67% capital e ~ 25% interior. CUSTO POR UC: DE R$ 3 MIL A R$ 6 MIL. RESULTADOS NO ESTADO DO AMAZONAS MUNICÍPIOS ATENDIDOS: 48 (~77%) 5 PROJETOS DE GERAÇÃO (TODOS TÉRMICAS A DIESEL) TODOS OS ATENDIMENTOS COM EXTENSÃO DE REDE METAS CUMPRIDAS (fev/09): ~ 67% capital e ~ 25% interior. CUSTO POR UC: DE R$ 3 MIL A R$ 6 MIL.

24 RESULTADOS NO ESTADO DO AMAZONAS INADIMPLÊNCIA DO GOVERNO ESTADUAL: R$ ,70 (DESDE 2004) (31,5%). SOMENTE UM CENTRO COMUNITÁRIO DE PRODUÇÃO (CCP) – STATUS: INOPERANTE. INADIMPLÊNCIA: ~ 70%. PROPOSTA DE CRIAÇÃO DE PRODUTOR INDEPENDENTE COMUNITÁRIO – PIEC (GERAÇÃO A DIESEL). RESULTADOS NO ESTADO DO AMAZONAS INADIMPLÊNCIA DO GOVERNO ESTADUAL: R$ ,70 (DESDE 2004) (31,5%). SOMENTE UM CENTRO COMUNITÁRIO DE PRODUÇÃO (CCP) – STATUS: INOPERANTE. INADIMPLÊNCIA: ~ 70%. PROPOSTA DE CRIAÇÃO DE PRODUTOR INDEPENDENTE COMUNITÁRIO – PIEC (GERAÇÃO A DIESEL).

25 PROJETOS PILOTOS EDITAL CT-Energ 2003 IMPLANTADOS POR UNIVERSIDADES E INSTITUTOS DE PESQUISA DIVERSIDADE DE TECNOLOGIAS E MODELOS DE NEGÓCIO DE ENERGIA ELÉTRICA. EXPERIÊNCIAS NÃO CONSOLIDADAS, PORÉM, DADA COMO CONCLUÍDAS. EXPERIÊNCIAS NÃO TRANSFERIDAS PRA AS CONCESSIONÁRIAS. PROJETOS PILOTOS EDITAL CT-Energ 2003 IMPLANTADOS POR UNIVERSIDADES E INSTITUTOS DE PESQUISA DIVERSIDADE DE TECNOLOGIAS E MODELOS DE NEGÓCIO DE ENERGIA ELÉTRICA. EXPERIÊNCIAS NÃO CONSOLIDADAS, PORÉM, DADA COMO CONCLUÍDAS. EXPERIÊNCIAS NÃO TRANSFERIDAS PRA AS CONCESSIONÁRIAS.

26 OUTRAS AÇÕES CRIAÇÃO DO GTSEM/MME - PORTARIA MME Nº 280, DE 27/08/08. CRIAÇÃO DA DIRETORIA DE DISTRIBUIÇÃO NA ELETROBRÁS. MODELO INSTITUCIONAL PARA OS SISTEMAS ELÉTRICOS ISOLADOS SUB-ROGAÇÃO DA CCC. OUTRAS AÇÕES CRIAÇÃO DO GTSEM/MME - PORTARIA MME Nº 280, DE 27/08/08. CRIAÇÃO DA DIRETORIA DE DISTRIBUIÇÃO NA ELETROBRÁS. MODELO INSTITUCIONAL PARA OS SISTEMAS ELÉTRICOS ISOLADOS SUB-ROGAÇÃO DA CCC.

27 QUESTIONAMENTOS COMO PROCEDER DIANTE DAS CONSEQUÊNCIAS DA EXTINÇÃO DA CCC? COMO ASSEGURAR OS INVESTIMENTOS PARA SUPRIR AS COMUNIDADES ISOLADAS PÓS LUZ PARA TODOS? COMO ASSEGURAR MECANISMOS ADEQUADOS PARA AS FONTES RENOVÁVEIS SEREM EFETIVAMENTE DIFUNDIDAS NA REGIÃO? QUE COMPENSAÇÕES DEVEM SER ASSEGURADAS PELO USO DOS RECURSOS ENERGÉTICOS DA REGIÃO DE MODO A REDUZIR AS DESIGUALDADES REGIONAIS? COMO ASSEGURAR QUE SEJA ELABORADO UM MODELO INSTITUCIONAL PARA OS SISTEMAS ELÉTRICOS ISOLADOS? COMO ESTIMULAR ESTADOS E MUNICÍPIOS PARA ASSEGURAREM NA ESTRUTURA GOVERNAMENTAL ÓRGÃOS QUE PARTICIPEM NA GESTÃO DO SETOR ENERGÉTICO? QUESTIONAMENTOS COMO PROCEDER DIANTE DAS CONSEQUÊNCIAS DA EXTINÇÃO DA CCC? COMO ASSEGURAR OS INVESTIMENTOS PARA SUPRIR AS COMUNIDADES ISOLADAS PÓS LUZ PARA TODOS? COMO ASSEGURAR MECANISMOS ADEQUADOS PARA AS FONTES RENOVÁVEIS SEREM EFETIVAMENTE DIFUNDIDAS NA REGIÃO? QUE COMPENSAÇÕES DEVEM SER ASSEGURADAS PELO USO DOS RECURSOS ENERGÉTICOS DA REGIÃO DE MODO A REDUZIR AS DESIGUALDADES REGIONAIS? COMO ASSEGURAR QUE SEJA ELABORADO UM MODELO INSTITUCIONAL PARA OS SISTEMAS ELÉTRICOS ISOLADOS? COMO ESTIMULAR ESTADOS E MUNICÍPIOS PARA ASSEGURAREM NA ESTRUTURA GOVERNAMENTAL ÓRGÃOS QUE PARTICIPEM NA GESTÃO DO SETOR ENERGÉTICO?

28 Muito obrigado! Prof. Rubem Cesar Rodrigues Souza CENTRO DE DESENVOLVIMENTO ENERGÉTICO AMAZÔNICO Site: Fone/Fax:(092) /4417


Carregar ppt "UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS CENTRO DE DESENVOLVIMENTO ENERGÉTICO AMAZÔNICO - CDEAM WORKSHOP ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO NORTE QUADRO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google