A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Setor Elétrico Brasileiro e a Hidroeletricidade: Passado, presente e futuro Prof. Nivalde J. de Castro Coordenador do GESEL-IE-UFRJ

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Setor Elétrico Brasileiro e a Hidroeletricidade: Passado, presente e futuro Prof. Nivalde J. de Castro Coordenador do GESEL-IE-UFRJ"— Transcrição da apresentação:

1 O Setor Elétrico Brasileiro e a Hidroeletricidade: Passado, presente e futuro Prof. Nivalde J. de Castro Coordenador do GESEL-IE-UFRJ

2 Histórico Brasil detém grande potencial hidroelétrico: país tropical e continental Desde fins do Sec. XIX iniciou construção de CHE No Sec XX Brasil foi construindo gradativamente: Matriz com base na hidroeletricidade Sistema elétrico baseado em CHE com grandes embalses e extensa Rede de Transmissão

3 Histórico Hidroelétricas 857 com MW CTE Gas MW Petroleo Biomassa Nuclear Carvão Eolica Total MW

4 Objetivo Energético Até 1988 o objetivo central na construção de CHE era otimizar o potencial energético de um aproveitamento Incluindo a formação de grandes embalses Criando um sistema elétrico com capacidade de regularização plurianual

5 Energia Natural Afluente: média histórica para 2008 GESEL – Grupo de Estudos do Setor Elétrico – IE/UFRJ 5

6 Constituição de 1988 cria legislação ambiental - Mais restrições - Exige compensações de diferentes tipos - Determina 3 licenças para construção de CHE

7 Legislação Ambiental Nos anos 90 os estudos de inventários foram paralisados com a privatização do planejamento e da política energética Brasil ficou sem construir CHE. Modelo de privatização estimulava a troca de propriedade das CHE e não a construção de novas CHE SEB não se submeteu à nova legislação ambiental

8 Legislação Ambiental Novo Modelo do SEB do Governo Lula : Objetivos: expansão com modicidade Construção de CHE: Governo só leva à Subasta com licença ambiental 1 outorgada (custo da obra) Licença ambiental é dada pelo IBAMA – Ministério do Meio Ambiente Técnicos que assinam autorização ficam sujeitos a processos penais

9 GESEL- Grupo de Estudos do Setor Elétrico - UFRJ 9 Resultados dos Leilões de Energia Nova

10 Legislação Ambiental Este modelo resulta em estudos de impacto ambientais complexos, caros e demorados. Nenhum funcionário do IBAMA quer ser processado. Para as Grandes CHE há um forte empenho até do Presidente Lula

11 Legislação Ambiental O principal resultado da nova legislação ambiental é a redução ao máximo dos embalses: CHE do tipo Fio d Água

12 Impactos da legislação sobre Sistema Elétrico Novas Centrais Hidroelétricas irão gerar muita energia nos período úmido e pouca no período seco A energia do período úmido não poderá ser armazenada Impactos sobre a evolução da matriz: hidroelétrica para hidrotérmica

13 GESEL – Grupo de Estudos do Setor Elétrico – IE/UFRJ 13 Sazonalidade das Energias Afluentes Em 2009 e ENA em termos de afluências médias.

14 GESEL – Grupo de Estudos do Setor Elétrico – IE/UFRJ 14 Redução da capacidade de regularização Energia Armazenada Máxima/Carga (EARMáx/Carga) Fontes: EPE, PDE 2008/2017 e Chipp, Hermes. Procedimentos Operativos para Assegurar o Suprimento Energético do SIN. Apresentação no GESEL-IE-UFRJ, Rio de Janeiro, 9 de julho 2008.

15 Evolução do SEB Dada a dimensão continental, demográfica e econômica a sociedade brasileira necessita de MW por ano Estimativa do PIB: 5,5 % aa Estimativa da Demanda de EE: 6,5 % aa

16 Evolução do SEB Os dois objetivos centrais e basilares do SEB são: Expansão: MW aa Modicidade Tarifária: Subastas

17 Futuro da Matriz Elétrica Quais os fatores que devem ser levados em conta para definir a matriz estratégica do Brasil: i. Disponibilidade de recursos energéticos ii. Custo – energia é um bem público iii. Meio Ambiente = energia renovável + respeito à legislação

18 Recursos Energéticos: Potencial Hidroeletricidade MW Gás natural – Pré-Sal Biomassa MW Eólica MW Urânio - quinta maior reserva do mundo GESEL – Grupo de Estudos do Setor Elétrico – IE/UFRJ 18

19 Custos: Energia hidroelétrica é a mais competitiva Ver Tabela em anexo As Subastas tem garantido a modicidade tarifaria- custo de tarifa a menor possível

20 Resultados das Subastas GESEL – Grupo de Estudos do Setor Elétrico – IE/UFRJ 20

21 Matriz Estratégica para SEB GESEL – Grupo de Estudos do Setor Elétrico – IE/UFRJ 21

22 GESEL - Grupo de Estudos do Setor Elétrico - UFRJ 22 Prof. Nivalde J. de Castro Coordenador do GESEL Google: gesel ufrj


Carregar ppt "O Setor Elétrico Brasileiro e a Hidroeletricidade: Passado, presente e futuro Prof. Nivalde J. de Castro Coordenador do GESEL-IE-UFRJ"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google