A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Evolução do Sistema Bancário Nacional Porto Alegre-RS 22 de Agosto Alfredo Egydio Setubal _____________________________________________ Vice-Presidente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Evolução do Sistema Bancário Nacional Porto Alegre-RS 22 de Agosto Alfredo Egydio Setubal _____________________________________________ Vice-Presidente."— Transcrição da apresentação:

1 A Evolução do Sistema Bancário Nacional Porto Alegre-RS 22 de Agosto Alfredo Egydio Setubal _____________________________________________ Vice-Presidente Executivo da Área de Mercado de Capitais e Diretor de Relações com Investidores do Banco Itaú

2 2 Por quê o sistema bancário brasileiro é considerado um dos mais avançados do mundo? Onde estamos… … e qual é a dinâmica estrutural neste momento. O próximo passo.

3 3 Onde estamos… … e qual é a dinâmica estrutural neste momento. O próximo passo. Por quê o sistema bancário brasileiro é considerado um dos mais avançados do mundo?

4 4 Tamanho - físico... Em Dezembro de 2000, de acordo com a Febraban: Argentina:3,2 milhões de contas correntes 13,3 milhões de contas de poupança 56 milhões de contas correntes (5 milhões de empresas) e 46 milhões contas de poupança

5 5 Tamanho - físico milhões de contas correntes (5 milhões de empresas) e 46 milhões contas de poupança 37 mil pontos de venda (agências e PABs – mais de 96% deles conectados em real time ) Em Dezembro de 2000, de acordo com a Febraban:

6 6 Tamanho - físico milhões de contas correntes (5 milhões de empresas) e 46 milhões contas de poupança 108 mil terminais de auto-atendimento (Caixas Eletrônicos, Dispensadores, etc.) 37 mil pontos de venda (agências e PABs – mais de 96% deles conectados em real time ) Em Dezembro de 2000, de acordo com a Febraban:

7 7 56 milhões de contas correntes (5 milhões de empresas) e 46 milhões contas de poupança 108 mil terminais de auto-atendimento (Caixas Eletrônicos, Dispensadores, etc.) 37 mil pontos de venda (agências e PABs – mais de 96% deles conectados em real time ) 31 milhões de cartões de crédito - média mensal de 78 milhões de transações (R$ 4,8 bilhões) Tamanho - físico... Em Dezembro de 2000, de acordo com a Febraban:

8 milhão de guias de arrecadação, serviços públicos e cobranças - R$ 424,6 bilhões Tamanho - físico milhões de contas correntes (5 milhões de empresas) e 46 milhões contas de poupança 108 mil terminais de auto-atendimento (Caixas Eletrônicos, Dispensadores, etc.) 37 mil pontos de venda (agências e PABs – mais de 96% deles conectados em real time ) 31 milhões de cartões de crédito - média mensal de 78 milhões de transações (R$ 4,8 bilhões) Em Dezembro de 2000, de acordo com a Febraban:

9 9 2,6 bilhões de cheques compensados em 2000 Tamanho - físico milhões de contas correntes (5 milhões de empresas) e 46 milhões contas de poupança 108 mil terminais de auto-atendimento (Caixas Eletrônicos, Dispensadores, etc.) 37 mil pontos de venda (agências e PABs – mais de 96% deles conectados em real time ) milhão de guias de arrecadação, serviços públicos e cobranças - R$ 424,6 bilhões 31 milhões de cartões de crédito - média mensal de 78 milhões de transações (R$ 4,8 bilhões) Em Dezembro de 2000, de acordo com a Febraban:

10 10 Tamanho - físico milhões de contas correntes (5 milhões de empresas) e 46 milhões contas de poupança 108 mil terminais de auto-atendimento (Caixas Eletrônicos, Dispensadores, etc.) 37 mil pontos de venda (agências e PABs – mais de 96% deles conectados em real time ) 2,6 bilhões de cheques compensados em milhão de guias de arrecadação, serviços públicos e cobranças - R$ 424,6 bilhões 31 milhões de cartões de crédito - média mensal de 78 milhões de transações (R$ 4,8 bilhões) Em Dezembro de 2000, de acordo com a Febraban: Itaú: 703 milhões de cheques compensados em 2000;...

11 11 56 milhões de contas correntes (5 milhões de empresas) e 46 milhões contas de poupança 2,6 bilhões de cheques compensados em milhão de guias de arrecadação, serviços públicos e cobranças - R$ 424,6 bilhões 108 mil terminais de auto-atendimento (Caixas Eletrônicos, Dispensadores, etc.) 37 mil pontos de venda (agências e PABs – mais de 96% deles conectados em real time ) 31 milhões de cartões de crédito - média mensal de 78 milhões de transações (R$ 4,8 bilhões) Itaú: 703 milhões de cheques compensados em 2000; um mês de compensação no Itaú equivale a seis meses de todo o sistema Argentino. Tamanho - físico... Em Dezembro de 2000, de acordo com a Febraban:

12 12... e financeiro R$ Bilhões Principais Indicadores Total do Ativo Total do Passivo Patrimônio Líquido Total Lucro Líquido (*) Moodys Banking Statistical Supplement – Maio de 2001 Captação – Saldos em Depósitos à Vista Depósitos a Prazo Depósitos em Poupança Fundos de Investimentos Total R$ Bilhões 45,4 87,6 111,7 289,7 534,6 Fonte: Febraban

13 13 E Necessidade de Automação Inflação Mensal (%) Jun/01 (%) Dez/89Dez/90Dez/91Dez/92Dez/93Dez/94Dez/95Dez/96Dez/97Dez/98Dez/99Dez/00

14 14 E Necessidade de Automação Inflação Mensal (%) Jun/01 (%) Dez/89Dez/90Dez/91Dez/92Dez/93Dez/94Dez/95Dez/96Dez/97Dez/98Dez/99Dez/00 Total de empregados do sistema: 1989: 824 mil 2000: 408 mil Redução: 50,4%

15 15 E Necessidade de Automação Inflação Mensal (%) Jun/01 (%) Dez/89Dez/90Dez/91Dez/92Dez/93Dez/94Dez/95Dez/96Dez/97Dez/98Dez/99Dez/00 Total de empregados do sistema: 1989: 824 mil 2000: 408 mil Redução: 50,4% Investimento* total do setor bancário brasileiro em 2000: R$ 2,9 bilhões * Investimento em Hardware, telecomunicações, desenvolvimento interno e terceirizado (software)

16 16 E Necessidade de Automação Inflação Mensal (%) Jun/01 (%) Dez/89Dez/90Dez/91Dez/92Dez/93Dez/94Dez/95Dez/96Dez/97Dez/98Dez/99Dez/00 Total de empregados do sistema: 1989: 824 mil 2000: 408 mil Redução: 50,4% Investimento* total do setor bancário brasileiro em 2000: R$ 2,9 bilhões Investimento* Médio Anual do Itaú de 1994 a 2000: R$ 293 milhões * Investimento em Hardware, telecomunicações, desenvolvimento interno e terceirizado (software)

17 17 E Necessidade de Automação.

18 18 Onde estamos… … e qual é a dinâmica estrutural neste momento. O próximo passo. Por quê o sistema bancário brasileiro é considerado um dos mais avançados do mundo?

19 19 Ranking de Bancos por Patrimônio Líquido Dezembro de 2000 Bancos Bradesco Banco do Brasil Itaú Unibanco ABN Amro / Real Banco Safra Nossa Caixa Mercantil Finasa HSBC Bank Patr. Líq Ativo Lucro ROE (%) 21,5 12,2 27,7 13,4 5,5 22,1 16,8 8,6 21,5 ROA (%) 1,8 0,7 2,6 1,4 0,9 1,3 1,0 1,2 Fonte: Balanços publicados. R$ Milhões

20 20 Ranking de Bancos por Patrimônio Líquido Dezembro de Citigroup 2 – Mizuho Financial Group 3 – Bank of America Corp 4 – JP Morgan Chase & Co. 5 – HSBC Holdings 6 – Crédit Agricole Group 7 – Industrial and Coml. Bank of China 8 – Deutsche Bank 26 – Banco Santander Central Hispano 87 – Bankgesellschaft Berlin 88 - Banco Bradesco 89 – Westpac Banking Corporation 90 – Banco do Brasil 91 – Shizuoka Bank 105 – Türkiye Is Bankasi Banco Itaú 107 – Banca Nazionale del Lavoro Unibanco Banamex ,3% 0,3% 1,8% 1,2% 1,4% 0,7% 0,1% 0,7% 1,1% n.d. 1,8% 1,7 % 1,0% n.d. 4,0% 3,6% 0,9% 2,0% 2,9% 2º 5º 10º 4º 6º 14º 15º 3º 27º 49º 131º 87º 96º 103º 258º 174º 86º 220º 176º 56º 51º 62º 35º 21º 83º 113º 25º 94º 107º 22º 90º 114º 26º 2º 14º 112º 9º 30º 11,2% 11,4% 11,0% 12,0% 13,3% 10,2% 8,1% 12,6% 10,9% 8,9% 13,3% 9,9 % 8,0% 12,6% 23,2% 15,7% 8,3% 16,5% 12,3% Patrimônio Líquido US$ Bilhões Bancos BISAtivos ROA (%) US$ Bilhões Rank Rank ( * ) Índice Fonte: The Banker Top /01 (*) Ranking de BIS Ratio extraído dos 120 maiores bancos por patrimônio líquido.

21 21 Forte Capitalização BIS Ratio Médio (%) JapãoEUA América Latina CEEÁsia Oriente Médio Resto da Europa Resto do Mundo Fonte: The Banker

22 22 Banco do Brasil Bradesco Itaú Unibanco Banespa Excesso de Capital (1) (795) Brasil Santiago B. de Chile Estado de Chile A. Edwards Credito & Inv n/a 44 Excesso de Capital (1) Chile Banamex Bancomer Serfin Bital Banorte Excesso de Capital (1) México Citigroup Bank of America Chase Bank One First Union Excesso de Capital (1) EUA Excesso de Capital (1) Espanha BIS Ratio (%) (2) Bilbao Vizcaya Santander A Barcelona A Monte Piedad Pop. Español ,3 12,0 12,7 13,9 10,7 BIS Ratio (%) (2) 12,4 10,9 12,1 10,7 10,9 BIS Ratio (%) (2) 9,2 15,6 21,0 17,5 28,8 BIS Ratio (%) (2) 21,6 18,7 16,7 12,1 17,9 BIS Ratio (%) (2) 12,5 11,4 n/a 9,5 (1) US$ Milhões (2) Patamar Mínimo: 8% Dezembro de 1999 Forte Capitalização - Dezembro de 1999

23 23 Comparativo de ROE / ROA (%) ROE (%)ROA (%) Países Holanda Chile 1 Brasil 2 EUA Reino Unido Espanha Argentina 3 México ,5 19,8 19,7 18,4 17,3 17,0 16,1 14, ,2 14,2 17,6 13,1 19,9 17,1 9,1 8, ,6 1,5 1,9 1,5 0,9 0,8 1,4 1, ,7 1,2 1,6 0,8 1,0 0,9 0,8 0,7 (1)Média aritmética de Banco Santiago e Banco Santander Chile; (2)Média aritmética de Itaú, Bradesco e Unibanco; (3)Média aritmética de Banco Galicia, BBVA Banco Francés e Banco Rio; (4)Média aritmética de Banamex e Bancomer. Fonte: Goldman Sachs Research.

24 24 Fonte: Moodys Investor Service Julho de 2000 Ratings Médios de Bancos – Financial Strength México Argentina Brasil Chile EUA Espanha Holanda EE+DD+CC+BB+A BomForteAdequadoMuito Fraco

25 25 Fonte: Moodys Investor Service Julho de 2000 Ratings Médios de Bancos – Financial Strength México Argentina Brasil Chile EUA Espanha Holanda EE+DD+CC+BB+A BomForteAdequadoMuito Fraco Itaú

26 26 Fonte: Moodys Investor Service Julho de 2000 Ratings Médios de Bancos – Financial Strength México Argentina Brasil Chile EUA Espanha Holanda EE+DD+CC+BB+A BomForteAdequadoMuito Fraco Itaú O Banco Itaú possui a máxima escala nacional Aaa

27 27 Onde estamos… … e qual é a dinâmica estrutural neste momento. O próximo passo. Por quê o sistema bancário brasileiro é considerado um dos mais avançados do mundo?

28 28 · Central de Crédito : Criada em 1997, a central exige que as instituições financeiras reportem todos os empréstimos a indivíduos acima de R$ 5.000; · Novas Regras de Provisionamento : Implementado em Março de O novo sistema não apenas classifica a carteira em nove níveis de risco, mas também provisiona no ato da concessão de crédito; · Novo sistema de pagamentos: em Janeiro de 2002, o sistema brasileiro de pagamentos não mais terá garantia implícita do BACEN em todas as transações. Fonte: CSFB – Spanish Banks In Latin America - Junho de 2001 Leis mais rígidas,... Banco Central

29 29 Fonte: Banco Central do Brasil Dez / 94 Mai / 01 Variação ,9%134,3%85,5%11,5%84,1%396,2%104,1% R$ Milhões GovernoIndústriaHabitaçãoAgric.PFOutros ,6% Total Comércio Maio de bastante espaço para crescimento em crédito, Composição por setor (%)

30 30 Compulsório / PIB (%) (1)País Brasil Argentina Chile Polônia Espanha Alemanha EUA Japão 9,9% 4,1% 2,6% 1,8% 1,3% 1,1% 0,2% 0,7% Fonte: IFS e Santander Central Hispano Investment...bastante espaço para crescimento em crédito, Comparativo de Compulsórios (%)

31 Fonte: International Financial Statistics / FMI...bastante espaço para crescimento em crédito, Empréstimos / PIB (%)

32 Fonte: International Financial Statistics / FMI...bastante espaço para crescimento em crédito, Empréstimos / PIB (%) Segundo a McKinsey Consultoria, pouco mais de 27 milhões de brasileiros possuem conta em banco.

33 33 Fonte: Banco Central do Brasil … que tem levado a um expressivo aumento no volume. Total Empresas Pessoas Físicas 20,0 64,0 R$ Bilhões 59,2 117,4 79,2 Jun ,4

34 34 Consolidação, a busca por escala, Fonte: Banco Central do Brasil Baneb Banco Pontual BCR BCN Credireal Boavista Bradesco Bemge Banerj BFB Banestado Itaú Dibens Fininvest Nacional Bandeirantes Unibanco Bozano Meridional Banespa Santander Bandepe Real ABN Amro Republic CCF HSBC America do Sul Sudameris

35 35 Consolidação, a busca por escala, Fonte: Banco Central do Brasil Baneb Banco Pontual BCR BCN Credireal Boavista Bradesco Bemge Banerj BFB Banestado Itaú Dibens Fininvest Nacional Bandeirantes Unibanco Bozano Meridional Banespa Santander Bandepe Real ABN Amro Republic CCF HSBC America do Sul Sudameris Em Dez/94 os 20 maiores bancos concentravam 74% dos ativos totais. Em Dez/00 os 20 maiores bancos concentravam 87% dos ativos totais.

36 36... pressionada pelos estrangeiros, que crescem... Bancos com Controle EstrangeiroBancos PúblicosBancos Privados Por Patrimônio LíquidoPor Ativos Por DepósitosPor Operações de Crédito Fonte: Banco Central do Brasil

37 37 MéxicoChileArgentinaBrasil Fonte: CSFB – Spanish Banks In Latin America - Junho de 2001 Participação dos Bancos Estrangeiros por Empréstimos … mas ainda têm dificuldades no Brasil,…

38 38 Fonte: CSFB – Spanish Banks In Latin America - Junho de 2001 Participação dos Bancos Estrangeiros por Depósitos MéxicoChileArgentinaBrasil … mas ainda têm dificuldades no Brasil,…

39 39 … porque: A competitividade das instituições brasileiras é maior do que em qualquer outro país na América Latina; Fonte: CSFB – Spanish Banks In Latin America - Junho de 2001 O Brasil é um país muito maior do que seus vizinhos, o que implica que uma operação lucrativa demanda investimentos significativamente maiores; O Brasil possui peculiaridades culturais e econômicas em relação aos seus vizinhos latino-americanos.

40 40 Onde estamos… … e qual é a dinâmica estrutural neste momento. O próximo passo. Por quê o sistema bancário brasileiro é considerado um dos mais avançados do mundo?

41 41 Oportunidades 1. Potencial de Crescimento

42 42 Oportunidades 1. Potencial de Crescimento CAGR* estimado para a oferta de crédito no Brasil para os próximos 10 anos: 14% * Fonte: EFC

43 43 Bancarização ainda está em níveis baixos População maior de 18 anos de idade com conta bancária (%) EspanhaChileBrasil Fonte: BBVA

44 44 Oportunidades 2. Crédito para Pessoas Jurídicas 1. Potencial de Crescimento Volume

45 45 % (anual) Fonte: Banco Central do Brasil Volume PJ (R$ Bi) R$ Bilhões 59,2 117,4 Jun-01 Crescimento do volume 75% 65% 55% 45% Compulsório sobre depósitos à vista (%)

46 46 Oportunidades 2. Crédito para Pessoas Jurídicas 1. Potencial de Crescimento Volume Segmentação do Mercado

47 47 Segmentação do Mercado PJ Antes: Corporate Hoje: Corporate Middle Market Pequenas Empresas Equipes especializadas e altamente qualificadas para oferecer a solução mais adequada a cada tipo de empresa, com linhas de produtos e serviços diversificadas e específicas para cada segmento. Maior envolvimento e participação nos negócios das empresas.

48 48 Oportunidades 2. Crédito para Pessoas Jurídicas 1. Potencial de Crescimento Volume Segmentação do Mercado Novos Produtos

49 49 Investem em empresas, assumindo parcelas de capital que representem o controle ou parte dele; Contribuem para contratação de administradores altamente qualificados; Controlam e monitoram os investimentos através de participação nos Conselhos das empresas. Investimento de longo prazo em empresas com potencial de abertura de capital Requerem gestores especializados Novos Produtos Fundos de Private Equity

50 50 Em expansão: PL de R$ 1,6 bilhão e 61 fundos constituídos; Concentração em Investidores Institucionais; Ampliação da distribuição no Varejo; Problema: Precificação e liquidez das cotas; Emissões registradas pela CVM, em R$ Milhões: * Até 12/06 Fonte: Gazeta Mercantil Novos Produtos Fundos Imobiliários

51 51 Aplicam em direitos creditórios ou títulos representativos desses direitos; Regulamentação em estudo junto ao BACEN e à CVM. Alta rentabilidade associada a maior risco de crédito Novos Produtos Fundos de Recebíveis Securitização

52 52 Modernização do mercado de ações; Fortalecimento do mercado: mais confiança e credibilidade para os fundos de ações. Práticas de Governança Corporativa e disclosure Novos Produtos Fundos de ações e o Novo Mercado

53 53 Oportunidades 2. Crédito para Pessoas Jurídicas 1. Potencial de Crescimento 3. Crédito para Pessoas Físicas

54 54 PIB per capita (US$ Mil) 2000 Fonte: International Financial Statistics / IMF

55 55 % (anual) Fonte: Banco Central do Brasil Volume PF (R$ Bi) R$ Bilhões 20,0 64,0 jun-01 Crescimento do volume 75% 65% 55% 45% Compulsório sobre depósitos à vista (%)

56 56 Oportunidades 2. Crédito para Pessoas Jurídicas 1. Potencial de Crescimento 3. Crédito para Pessoas Físicas 4. Cartões de Crédito

57 57 Total deTransações – US$ Bilhões (1) CAGR: 27,03% Número de Cartões de Crédito – Milhões (*) CAGR: 14,58% (*) Até Maio de 2001 Fonte: ABECS – Associação Brasileira das Empresas de Cartão de Crédito e Serviços (1) Anualizado Evolução de Cartões de Crédito

58 58 Total deTransações – US$ Bilhões (1) CAGR: 27,03% Número de Cartões de Crédito – Milhões (*) CAGR: 14,58% (*) Até Maio de 2001 Fonte: ABECS – Associação Brasileira das Empresas de Cartão de Crédito e Serviços (1) Anualizado Evolução de Cartões de Crédito Cresciment o de 994% em 10 anos

59 59 Oportunidades 2. Crédito para Pessoas Jurídicas 1. Potencial de Crescimento 3. Crédito para Pessoas Físicas 4. Cartões de Crédito 5. Seguros

60 60 Fonte: Swiss Reinsurance Company Economic Research and Consulting 1999 Prêmios de Seguros / PIB (%)

61 61 Oportunidades 2. Crédito para Pessoas Jurídicas 1. Potencial de Crescimento 3. Crédito para Pessoas Físicas 4. Cartões de Crédito 6. Internet / E-finance 5. Seguros

62 62 Rumo para o Crescimento Baixa Penetração da Internet na América Latina* A Internet concentra clientes de alta renda No Brasil, 63% do poder de compra está na mão de 18% da população – entre os quais estão os 2% de usuários de Internet no país. Nos EUA, o usuário de Internet Banking tem em média US$ em ativos, 38 anos de idade e 57% têm curso superior completo. BrasilMéxicoArgentinaAmérica LatinaResto do Mundo 35%23%19%27%58% Fonte: International Data Corporation* Percentual de PCs com acesso a Internet Fonte: Wells Fargo A tecnologia reduzirá dramaticamente os custos e tempos associados com underwriting e serviços de crédito através da automatização de processos para a liberação de serviços de crédito.

63 63 Brasil vs. EUA Percentual de Usuários Regulares de Internet: Brasil vs. EUA Fonte: Jupiter Communications 0%20%40%60%80%100%120% Pesquisa profissional Ferramenta de busca Pesquisa escolar Banco Chat Notícias Jogos Sites locais Esportes Saúde Turismo 35,5% de usuários de Internet brasileiros versus 20% de usuários regulares americanos Brasil EUA

64 Evolução do Patrimônio Líquido, Lucro Líquido e Inflação Anual (*) Em moeda constante até Dezembro de R$ Milhões (*) Inflação Anual (%) Junho de 2001 Patrimônio LíquidoR$ Milhões Valor de MercadoR$ Milhões Lucro LíquidoR$ Milhões Jan/81 a Jun/01 Dividendos: R$ 3,5 Bilhões Aumento de Capital (1) : R$ 0,1 Bilhão (1) Aumento de capital por pagamento à vista.

65 65 Evolução do Lucro por 1000 Ações R$ / lote de mil ações

66 66 Evolução do Lucro por 1000 Ações R$ / lote de mil ações 2,31 2,88 3,30 9,27 6,80 12,90 Lucro Recorrente 1º Semestre 1,56

67 67 Evolução do Lucro por 1000 Ações R$ / lote de mil ações 2,31 2,88 3,30 9,27 6,80 12,90 Lucro Recorrente 1º Semestre 1,56 Crescimento Médio Anual do Lucro (%): Crescimento Médio Anual do LPA (%): Decréscimo do Número de Ações (%): 39,9% 40,9% -1,0%

68 68 US$ Evolução das Ações Preferenciais Evolução de US$ 100 Investidos em Junho de 1991 Itaú (1) Itaú (2) Ibovespa Poupança (1) Com reinvestimento de dividendos (2) Sem reinvestimento de dividendos Plano Real Crise Russa Crise Asiática Crise Mexicana Desvalorização do Real Evolução Anual. 10 anos (média) 36,74%. 5 anos (média) 21,43%. 12 meses (média) 2,76% ,80%

69 69 Itaú (1) Itaú (2) Ibovespa Poupança (1) Com reinvestimento de dividendos (2) Sem reinvestimento de dividendos Plano Real Crise Russa Crise Asiática Crise Mexicana Desvalorização do Real Evolução Anual. 10 anos (média) 36,74%. 5 anos (média) 21,43%. 12 meses (média) 2,76% ,80% US$ Maior Valor de Mercado entre os Bancos da América Latina Segundo Maior Valor de Mercado entre Todas Empresas Brasileiras Evolução das Ações Preferenciais Evolução de US$ 100 Investidos em Junho de 1991

70 A Evolução do Sistema Bancário Nacional Porto Alegre-RS 22 de Agosto Alfredo Egydio Setubal _____________________________________________ Vice-Presidente Executivo da Área de Mercado de Capitais e Diretor de Relações com Investidores do Banco Itaú


Carregar ppt "A Evolução do Sistema Bancário Nacional Porto Alegre-RS 22 de Agosto Alfredo Egydio Setubal _____________________________________________ Vice-Presidente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google