A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANTIGUIDADE: DO AUGE AO DECLÍNIO. ORIGEM: A LENDA DA LOBA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANTIGUIDADE: DO AUGE AO DECLÍNIO. ORIGEM: A LENDA DA LOBA."— Transcrição da apresentação:

1 ANTIGUIDADE: DO AUGE AO DECLÍNIO

2 ORIGEM: A LENDA DA LOBA

3 No início, apenas uma cidade: Roma

4 Períodos da história romana: Monarquia – 753 a. C. a 509 a. C. (deposição de Tarquínio, o Soberbo – último rei etrusco) – surgiu o SENADO República a. C. a 27 a. C. – dois Cônsules e o SENADO dominavam o governo Império – 27 a. C. a 476 – Imperadores mais poderosos que o SENADO

5 Com as conquistas: Império

6 Exército forte, poderoso

7 Guerras Púnicas Romanos X Cartago Roma domina o Mar Mediterrâneo

8

9

10 Generais poderosos

11

12 TRANSIÇÃO DA REPÚBLICA PARA O IMPÉRIO - TRIUNVIRATOS 1º. Triunvirato: Júlio Cesar – Crasso - Pompeu Ditadura de Júlio Cesar 2º. Triunvirato – Otávio – Marco Antônio - Lépido

13

14

15 Otávio Augusto: de general a imperador

16 Pax romana: Paz interna Política de pão e circo: distribuição de trigo (pão) e garantia de diversão gratuita com o objetivo de manter o povo “calmo”, sem rebeliões Conquista de territórios (expansão territorial)

17 Senado romano: instituição política poderosa

18 Patrícios: proprietários de terras (nobres poderosos)

19 Plebe = povo

20 Plebe romana: 494 a. C. – Retira-se para o Monte Sagrado (Aventino) e recusa-se a participar de batalhas e trabalhar – conquista de direitos Lei das Doze Tábuas: surgem os tribunos da plebe (Tibério Graco e Caio Graco : tentativas de reforma agrária) Lei Canuleia – permissão para o casamento entre plebeus e patrícios Lei Olgúnia – acesso da plebe aos colégios sacerdotais Leis Licínias- plebe elege um cônsul

21 Escravos: prisioneiros de guerra

22 Luta contra a escravidão: Espártacus: por volta de 71 a. C., liderou uma grande revolta de escravos na região da atual Itália Revoltas na Hispaniola (atua Espanha)

23 Sociedade romana

24 Roma: a metrópole

25

26

27

28

29

30

31

32

33 Pão e circo

34

35

36

37

38

39 3 momentos religiosos: 1º. Politeísmo: a religião oficial era politeísta e os monoteístas eram perseguidos; 2º. Com o Edito de Milão (313), o culto monoteísta (cristão) foi liberado; 3º. Cristianismo se tornou oficial (380 – Edito de Tessalônica).

40 Cristianismo no Império romano

41

42

43

44

45 Primeiros cristãos

46

47

48

49

50

51

52 Edito de Milão Imperador Constantino Liberdade de culto aos cristãos

53 Crise: século III até a queda em 476 Tamanho do império: gastos, dificuldades administrativas, corrupção; Divisão do Império: Império Romano do Oriente (capital em Constantinopla) Império Romano do Ocidente (capital em Roma);

54 Édito de Tessalônica Imperador Teodósio Religião Católica tornou-se oficial, proibindo os cultos politeístas Dividiu o império romano em Ocidental (Roma) e Oriental (Constantinopla)

55

56 Crise do século III Diminuíram as conquistas -> diminuiu o número de escravos (crise da escravidão) -> crise na agricultura -> escassez de alimentos -> fome; Invasões bárbaras; Êxodo urbano -> pessoas se abrigam no campo e passam a trabalhar em troca de um lugar para se abrigar (sistema de colonato);

57 Queda do Império Romano 476 – onda invasora de bárbaros destruiu a cidade de Roma. Este é considerado o marco final da Idade Antiga.


Carregar ppt "ANTIGUIDADE: DO AUGE AO DECLÍNIO. ORIGEM: A LENDA DA LOBA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google