A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANTIGUIDADE: DO AUGE AO DECLÍNIO. ORIGEM: A LENDA DA LOBA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANTIGUIDADE: DO AUGE AO DECLÍNIO. ORIGEM: A LENDA DA LOBA."— Transcrição da apresentação:

1 ANTIGUIDADE: DO AUGE AO DECLÍNIO

2 ORIGEM: A LENDA DA LOBA

3 No início, apenas uma cidade: Roma

4 Períodos da história romana: Monarquia – 753 a. C. a 509 a. C. (deposição de Tarquínio, o Soberbo – último rei etrusco) – surgiu o SENADO República - 509 a. C. a 27 a. C. – dois Cônsules e o SENADO dominavam o governo Império – 27 a. C. a 476 – Imperadores mais poderosos que o SENADO

5 Com as conquistas: Império

6 Exército forte, poderoso

7 Guerras Púnicas Romanos X Cartago Roma domina o Mar Mediterrâneo

8

9

10 Generais poderosos

11

12 TRANSIÇÃO DA REPÚBLICA PARA O IMPÉRIO - TRIUNVIRATOS 1º. Triunvirato: Júlio Cesar – Crasso - Pompeu Ditadura de Júlio Cesar 2º. Triunvirato – Otávio – Marco Antônio - Lépido

13

14

15 Otávio Augusto: de general a imperador

16 Pax romana: Paz interna Política de pão e circo: distribuição de trigo (pão) e garantia de diversão gratuita com o objetivo de manter o povo “calmo”, sem rebeliões Conquista de territórios (expansão territorial)

17 Senado romano: instituição política poderosa

18 Patrícios: proprietários de terras (nobres poderosos)

19 Plebe = povo

20 Plebe romana: 494 a. C. – Retira-se para o Monte Sagrado (Aventino) e recusa-se a participar de batalhas e trabalhar – conquista de direitos Lei das Doze Tábuas: surgem os tribunos da plebe (Tibério Graco e Caio Graco : tentativas de reforma agrária) Lei Canuleia – permissão para o casamento entre plebeus e patrícios Lei Olgúnia – acesso da plebe aos colégios sacerdotais Leis Licínias- plebe elege um cônsul

21 Escravos: prisioneiros de guerra

22 Luta contra a escravidão: Espártacus: por volta de 71 a. C., liderou uma grande revolta de escravos na região da atual Itália Revoltas na Hispaniola (atua Espanha)

23 Sociedade romana

24 Roma: a metrópole

25

26

27

28

29

30

31

32

33 Pão e circo

34

35

36

37

38

39 3 momentos religiosos: 1º. Politeísmo: a religião oficial era politeísta e os monoteístas eram perseguidos; 2º. Com o Edito de Milão (313), o culto monoteísta (cristão) foi liberado; 3º. Cristianismo se tornou oficial (380 – Edito de Tessalônica).

40 Cristianismo no Império romano

41

42

43

44

45 Primeiros cristãos

46

47

48

49

50

51

52 Edito de Milão - 313 Imperador Constantino Liberdade de culto aos cristãos

53 Crise: século III até a queda em 476 Tamanho do império: gastos, dificuldades administrativas, corrupção; Divisão do Império: Império Romano do Oriente (capital em Constantinopla) Império Romano do Ocidente (capital em Roma);

54 Édito de Tessalônica - 380 Imperador Teodósio Religião Católica tornou-se oficial, proibindo os cultos politeístas Dividiu o império romano em Ocidental (Roma) e Oriental (Constantinopla)

55

56 Crise do século III Diminuíram as conquistas -> diminuiu o número de escravos (crise da escravidão) -> crise na agricultura -> escassez de alimentos -> fome; Invasões bárbaras; Êxodo urbano -> pessoas se abrigam no campo e passam a trabalhar em troca de um lugar para se abrigar (sistema de colonato);

57 Queda do Império Romano 476 – onda invasora de bárbaros destruiu a cidade de Roma. Este é considerado o marco final da Idade Antiga.


Carregar ppt "ANTIGUIDADE: DO AUGE AO DECLÍNIO. ORIGEM: A LENDA DA LOBA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google