A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Espionagem na Internet Escola E.B. 2,3/S de Vilar Formoso Elaborado por: Ema Ribeiro Laura Ribeiro Xavier Valverde 8º ano.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Espionagem na Internet Escola E.B. 2,3/S de Vilar Formoso Elaborado por: Ema Ribeiro Laura Ribeiro Xavier Valverde 8º ano."— Transcrição da apresentação:

1 Espionagem na Internet Escola E.B. 2,3/S de Vilar Formoso Elaborado por: Ema Ribeiro Laura Ribeiro Xavier Valverde 8º ano

2 Vamos desenvolver o trabalho sobre espionagem na Internet no âmbito da disciplina de Área de Projecto. Com este trabalho pretendemos informar as pessoas sobre o tipo de espionagem na Internet, os matérias utilizados… Os computadores e a Internet criaram novas possibilidades para o homem, fazendo surgir comportamentos e actividades que não eram possíveis antes de sua existência. Introdução

3 De facto, os computadores tornam possível (e em muitos casos, barato e fácil), colectar informações detalhadas sobre indivíduos, numa extensão nunca antes imaginável. O cidadão comum desconhece que pode ser constantemente vigiado em sua rotina diária, notadamente ao utilizar qualquer meio moderno de comunicação: telefone, rádio, Internet, e demais.

4 . A Espionagem na Internet cresceu 5 vezes mais nos últimos três anos. A prática é normalmente utilizada por sites para tirar informações sobre a trajectória dos inter nautas pela rede.

5 Existem vários modos de espionagem, e também vários meios como por exemplo: O modificador de voz que, é o mais pequeno gadget de modificar a voz, no mundo. Pode usar-se como porta-chaves, com 6 cm de altura e 3,8 cm de largura.

6 Espionagem Depois de avaliar uma amostra de um milhão de sites entre 1998 e 2001, descobriu-se que métodos de espionagem como cookies são cinco vezes mais comuns hoje em dia do que há três anos. Além disso, cerca de 20% das maiores marcas da Internet mundial têm mecanismos de espionagem em seus sites. Sem avisar, essas páginas podem tirar informações como o endereço IP do usuário (código de identidade de um micro na Internet) e o navegador utilizado, por exemplo.

7 Um dos meios mais comuns para obter informações sobre o comportamento dos usuários da Internet são os cookies. Cookie é um pequeno arquivo de texto gravado em seu micro quando se visita um site. Ele registra dados sobre a navegação, como o dia e a hora que abrimos a página. Defensores da privacidade na Internet questionam o uso de cookies, que podem ser usados pelos sites para rastrear o comportamento dos internautas.

8 Actualmente sem que percebamos podemos estar sendo vítimas de espionagem, ou servindo como informação em alguma lista de estatísticas da Internet. Na espionagem, basta que pertençamos a um contexto de forma directa ou indirecta e que este contexto possua informações valiosas, isto caracteriza-nos como uma possível vítima de espionagem.. Já na Internet uma vez conectado milhares de empresas, conhecidas ou anónimas estão registrando cada clique do mouse durante a navegação na Internet. Sejam através de cookies ou outros meios, estas informações tem os mais variados propósitos. Podem ser informações para saber qual o perfil do usuário, os seus hábitos de navegação, os tipos de páginas, se faz compras na Internet…

9 Uma breve observação do mercado electrónico actual nos leva a perceber que o volume de serviços oferecidos por grandes empresas que operacionalizam comércios virtuais é decisivo para que as mesmas não possam contar com problemas que impeçam seu sistema de funcionar. Além disso, essa mesma observação da realidade actual nos conduz a conclusão de que o número de ataques a esses sites, gerados pelo "trabalho incansável" de hackers, tem aumentado muito, chegando a patamares insuportáveis. Muito tem sido feito no sentido de rastrear os atacantes e os pontos de onde foram originados os ataques. Essas técnicas de rastreamento tem se mostrado bastante eficiente, no entanto elas apenas tratam de "curar" um problema que já aconteceu e portanto já causou transtornos e perdas para empresas que utilizam a Internet para comercializar seus produtos ou para qualquer outro fim..

10 Modos de protecção Por exemplo os Anti- Virus com anti spyware* que impede que outros utilizadores recolham dados e controlem essa pessoa. *Spyware- Spyware consiste num programa automático de computador, que recolhe informações sobre o usuário, sobre os seus costumes na Internet e transmite essa informação a uma entidade externa na Internet, sem o seu conhecimento nem o seu consentimento.

11 FIM


Carregar ppt "Espionagem na Internet Escola E.B. 2,3/S de Vilar Formoso Elaborado por: Ema Ribeiro Laura Ribeiro Xavier Valverde 8º ano."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google