A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Grupo de Acólitos da Vera- Cruz Falai, Senhor, que o vosso servo escuta! (1 Sam 3, 9-10)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Grupo de Acólitos da Vera- Cruz Falai, Senhor, que o vosso servo escuta! (1 Sam 3, 9-10)"— Transcrição da apresentação:

1 Grupo de Acólitos da Vera- Cruz Falai, Senhor, que o vosso servo escuta! (1 Sam 3, 9-10)

2 Manual do Acólito Estrututa hierárquica da Assembleia A assembleia convocada tem a seguinte estrutura: aquele que preside com os que o assistem aquele que preside com os que o assistem o povo o povo O edifício (igreja) deve manifestar esta estrutura da Assembleia: O presbitério, destacado da nave da igreja, é o local onde estão os sacerdotes e os acólitos. O presbitério, destacado da nave da igreja, é o local onde estão os sacerdotes e os acólitos. A nave, espaço onde se situam os restantes fiéis, deve manifestar a unidade do Povo de Deus. A nave, espaço onde se situam os restantes fiéis, deve manifestar a unidade do Povo de Deus.

3 No presbitério situa-se: O Altar, onde são colocados o pão e o vinho durante a oração eucarística, é, simultaneamente, o lugar onde se torna presente o sacrifício da Cruz e a Mesa do Senhor. O Altar, onde são colocados o pão e o vinho durante a oração eucarística, é, simultaneamente, o lugar onde se torna presente o sacrifício da Cruz e a Mesa do Senhor. A credência, que pode servir também para a purificação dos vasos sagrados, deve encontrar-se nas imediações do altar. Nela se encontram as alfaias litúrgias: cálice, píxides, galhetas, etc. A credência, que pode servir também para a purificação dos vasos sagrados, deve encontrar-se nas imediações do altar. Nela se encontram as alfaias litúrgias: cálice, píxides, galhetas, etc. Normalmente ao fundo do presbitério e de frente para o povo, encontra-se o lugar do presidente da assembleia. A cadeira deve dignificar o serviço daquele que é a imagem de Cristo entre os seus. Normalmente ao fundo do presbitério e de frente para o povo, encontra-se o lugar do presidente da assembleia. A cadeira deve dignificar o serviço daquele que é a imagem de Cristo entre os seus. Normalmente à entrada do presbitério, situa-se o ambão, donde são proclamadas as leituras, etc. Normalmente à entrada do presbitério, situa-se o ambão, donde são proclamadas as leituras, etc. Na igreja encontra-se ainda: O sacrário para guardar a reserva da Santíssima Eucaristia. O sacrário para guardar a reserva da Santíssima Eucaristia. O baptistério ou fonte baptismal (nas igrejas paroquiais). O baptistério ou fonte baptismal (nas igrejas paroquiais). O confessionário é o lugar próprio para a celebração do sacramento da Reconciliação. O confessionário é o lugar próprio para a celebração do sacramento da Reconciliação. Imagens do Senhor, da Virgem Maria e dos Santos, pias da água benta, via-sacra, etc. Imagens do Senhor, da Virgem Maria e dos Santos, pias da água benta, via-sacra, etc. No exterior, na torre, os sinos. No exterior, na torre, os sinos.

4 A pessoa mais IMPORTANTE aqui!? O PADRE ROCHA OU SERÁ O PADRE FRANCISCO!!??

5 EU!!??

6 NÃO!

7 Jesus Cristo!!!

8 Os vasos sagrados: Cálice e Patena: servem para oferecer, consagarar e comungar o pão e o vinho. Merecem-nos a máxima veneração. Cálice e Patena: servem para oferecer, consagarar e comungar o pão e o vinho. Merecem-nos a máxima veneração. Píxide: vaso com tampa, destinado a conservar as hóstias consagradas no sacrário. Píxide: vaso com tampa, destinado a conservar as hóstias consagradas no sacrário. Custódia: destinada à exposição solene do Santíssimo Sacramento. Custódia: destinada à exposição solene do Santíssimo Sacramento. Outros vasos: Âmbulas: para conterem os Santos Óleos. Âmbulas: para conterem os Santos Óleos. Galhetas: para apresentar no Altar o vinho e a água. Galhetas: para apresentar no Altar o vinho e a água. Turíbulo e naveta: para as incensações litúrgicas e para guardar o incenso. Turíbulo e naveta: para as incensações litúrgicas e para guardar o incenso. Lavandas: para purificar as mãos do sacerdote. Lavandas: para purificar as mãos do sacerdote. Caldeira e hissope: para as asperções com água benta. Caldeira e hissope: para as asperções com água benta. Panos do Altar: Toalhas de Altar. Toalhas de Altar. Corporal: pano quadrado sobre o qual são colocados a patena e o cálice. Corporal: pano quadrado sobre o qual são colocados a patena e o cálice. Pala: pequeno pano quadrado que pode colocar-se sobre o cálice. Pala: pequeno pano quadrado que pode colocar-se sobre o cálice. Sanguíneo: pano destinado a enxugar o cálice, e também a boca e os dedos que o Sangue e o Corpo de Cristo tocaram. Sanguíneo: pano destinado a enxugar o cálice, e também a boca e os dedos que o Sangue e o Corpo de Cristo tocaram. Manustérgio: toalha apresentada pelo acólito ao sacerdote no momento em que este lava as mãos. Manustérgio: toalha apresentada pelo acólito ao sacerdote no momento em que este lava as mãos.

9 As Vestes Sagradas: Alva: veste branca comum a todos os ministros. Alva: veste branca comum a todos os ministros. Cíngulo: cordão que ajusta a alva à cintura. Cíngulo: cordão que ajusta a alva à cintura. Casula: é por excelência a veste do sacerdote para a celebração da Missa. Pode ser verde (Tempo Comum), branca (Tempo Pascal, Tempo do Natal, Festas do Senhor, Festas da Virgem, etc.), vermelha (Domingo de Ramos, Sexta-feira Santa, Pentecostes, Festas dos Apóstolos, Evangelistas e Martires, etc.) e roxa (Tempo do Advento, Tempo da Quaresma e Exéquias). Casula: é por excelência a veste do sacerdote para a celebração da Missa. Pode ser verde (Tempo Comum), branca (Tempo Pascal, Tempo do Natal, Festas do Senhor, Festas da Virgem, etc.), vermelha (Domingo de Ramos, Sexta-feira Santa, Pentecostes, Festas dos Apóstolos, Evangelistas e Martires, etc.) e roxa (Tempo do Advento, Tempo da Quaresma e Exéquias). Estola: coloca-se deixando-se cair sobre o peito. Estola: coloca-se deixando-se cair sobre o peito. Véu de Ombros: para a procissão e benção do Santíssimo Sacramento. Véu de Ombros: para a procissão e benção do Santíssimo Sacramento. Pluvial: é usado pelo sacerdote nas procissões. Pluvial: é usado pelo sacerdote nas procissões. Pálio: serve nas procissões para cobrir o Santíssimo Sacramento. Pálio: serve nas procissões para cobrir o Santíssimo Sacramento.

10 Atitudes durante a celebração: Os acólitos, a menos que estejam no exercício de alguma função que lho impeçam, observam as atitudes comuns à assembleia. Os acólitos, a menos que estejam no exercício de alguma função que lho impeçam, observam as atitudes comuns à assembleia. Estão de joelhos desde a epiclese até que termine a elevação do cálice. Estão de joelhos desde a epiclese até que termine a elevação do cálice. Fazem genuflexão sempre que entram numa igreja cujo sacrário esteja visível e também entre a Consagração e a comunhão, se tiverem de passar diante do Altar (com a cabeça e o tronco bem direitos, leva-se a perna direita um pouco atrás dobra-se o joelho direito até que toque no chão). Fazem genuflexão sempre que entram numa igreja cujo sacrário esteja visível e também entre a Consagração e a comunhão, se tiverem de passar diante do Altar (com a cabeça e o tronco bem direitos, leva-se a perna direita um pouco atrás dobra-se o joelho direito até que toque no chão). A inclinação é um sinal de reverência e de honra que se presta às próprias pessoas ou às imagens. Há duas espécies de inclinações: de cabeça (pequena inclinação) e de corpo (inclinação profunda). A inclinação é um sinal de reverência e de honra que se presta às próprias pessoas ou às imagens. Há duas espécies de inclinações: de cabeça (pequena inclinação) e de corpo (inclinação profunda). A inclinação de corpo faz-se quando o sacrário não está no presbitério sempre que se passar diante do altar; e quando, antes de comungar, o sacerdote genuflecte. A inclinação de corpo faz-se quando o sacrário não está no presbitério sempre que se passar diante do altar; e quando, antes de comungar, o sacerdote genuflecte. A inclinação da cabeça faz-se quando, na confissão, se diz minha culpa, minha tão grande culpa; e sempre que se entrega ou recebe algum objecto das mãos do sacerdote. A inclinação da cabeça faz-se quando, na confissão, se diz minha culpa, minha tão grande culpa; e sempre que se entrega ou recebe algum objecto das mãos do sacerdote. Bate-se no peito, ao dizer, na confissão, minha culpa.... Bate-se no peito, ao dizer, na confissão, minha culpa....

11 Outros aspectos: Os acólitos acolhem o sacerdote devidamente revestidos da sua veste litúrgica. Os acólitos acolhem o sacerdote devidamente revestidos da sua veste litúrgica. Logo que o sacerdote poise a patena, o acólito que tem as galhetas apresenta-as ao sacerdote. Logo que o sacerdote poise a patena, o acólito que tem as galhetas apresenta-as ao sacerdote. Um dos acólitos apresenta o lavabo e o jarro e o outro acólito o manustérgio. Um dos acólitos apresenta o lavabo e o jarro e o outro acólito o manustérgio. Quando o sacerdote diz: saudai-vos na paz de Cristo os acólitos saudam- se. Quando o sacerdote diz: saudai-vos na paz de Cristo os acólitos saudam- se. Quando o sacerdote genuflete antes da comunhão os acólitos fazem uma inclinação profunda. Quando o sacerdote genuflete antes da comunhão os acólitos fazem uma inclinação profunda. Os acólitos comungam em primeiro lugar, antes do povo. Os acólitos comungam em primeiro lugar, antes do povo. Com as bandejas, colocam-se do lado direito do ministro que distribui a comunhão. Com as bandejas, colocam-se do lado direito do ministro que distribui a comunhão. Terminada a comunhão dos fiéis, um dos acólitos pega na galheta da água com a mão direita, aproxima-se do sacerdote e deita água no cálice. Terminada a comunhão dos fiéis, um dos acólitos pega na galheta da água com a mão direita, aproxima-se do sacerdote e deita água no cálice. Após a comunhão, os acólitos sentam-se se o sacerdote se sentar. Após a comunhão, os acólitos sentam-se se o sacerdote se sentar. Na sacristia, todos fazem reverência à Cruz e respondem à jaculatória dita pelo sacerdote: Na sacristia, todos fazem reverência à Cruz e respondem à jaculatória dita pelo sacerdote: > Seja louvado Nosso Senhor Jesus Cristo. > Para sempre seja louvado e sua Mãe Maria Santíssima. No fim, todos ainda paramentados, arrumam aquilo de que estão encarregados e arrumam também as vestes litúrgicas no local determinado. No fim, todos ainda paramentados, arrumam aquilo de que estão encarregados e arrumam também as vestes litúrgicas no local determinado.

12 Para a semana há MAIS…

13 Senhor Jesus Cristo, sempre vivo e presente connosco, tornai-me digno de Vos servir no altar da Eucaristia, onde se renova o sacrifício da Cruz e Vos ofereceis por todos os homens. Vós que quereis ser para cada um o amigo e o sustentáculo no caminho da vida, concedei-me uma fé humilde e forte, alegre e generosa, pronta para Vos testemunhar e servir. E porque me chamaste ao Vosso serviço, permiti que Vos procure e Vos encontre, e pelo Sacramento do Vosso Corpo e Sangue, Permaneça unido a Vós para sempre. Amén. Oração do Acólito


Carregar ppt "Grupo de Acólitos da Vera- Cruz Falai, Senhor, que o vosso servo escuta! (1 Sam 3, 9-10)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google