A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CAPÍTULO 14 – COMPLEXOS GEOECONÔMICOS DO BRASIL PROFESSOR LEONAM JUNIOR 2º ANO MÉDIO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CAPÍTULO 14 – COMPLEXOS GEOECONÔMICOS DO BRASIL PROFESSOR LEONAM JUNIOR 2º ANO MÉDIO."— Transcrição da apresentação:

1 CAPÍTULO 14 – COMPLEXOS GEOECONÔMICOS DO BRASIL PROFESSOR LEONAM JUNIOR 2º ANO MÉDIO

2 Essa ideia de Complexos Geoeconômicos foi proposta pelo geógrafo Pedro Pinchas em 1967. Considera critérios geográficos e econômicos. Os três complexos: Amazônia, Nordeste e Centro-Sul. Suas diferenças são históricas e levam em consideração a ocupação do espaço geográfico.

3 COMPLEXO DA AMAZÔNIA Todos os estados da Região Norte, (exceto o extremo sul de Tocantins), quase todo o Mato Grosso e oeste do Maranhão. Menor população absoluta e baixa densidade demográfica. Baseia-se no extrativismo mineral, extrativismo vegetal e atividade industrial na Zona Franca de Manaus. Possui a maior floresta equatorial do planeta.

4 Possui a maior bacia hidrográfica do mundo. Clima equatorial quente e úmido. Relevo com planaltos, planícies e depressões. Conflitos entre garimpeiros, indígenas e grandes fazendeiros. Desmatamento e queimadas. Precisa urgente de uma política de desenvolvimento sustentável.

5 COMPLEXO DO NORDESTE Ocupa o leste do Maranhão e o norte de Minas Gerais. Segunda maior população do país. Graves problemas socioeconômicos. Ciclo do pau-brasil e cana-de-açúcar. Clima semiárido que incentivou a criação do IOCS – Inspetoria de Obras Contra as Secas – 1909. IFOCS – Inspetoria Federal de Obras Contra as Secas – 1919. DNOCS – Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – 1945. Quatro sub-regiões: Zona da Mata, Agreste, Sertão e Meio-Norte.

6

7 SUB-REGIÕES DO NORDESTE ZONA DA MATA -Vai do RN até ao sul da Bahia -Maior densidade demográfica -Clima tropical úmido com solo de massapê. -Vegetação de Mata Atlântica. -Monocultura de exportação: cana-de-açúcar e cacau. -Divide-se em Zona da Mata Açucareira, Cacaueira e Recôncavo Baiano. AGRESTE -Zona de transição. -Policultura do milho, feijão e frutas tropicais. -Historicamente fornecedora de produtos para o litoral. -Indústria têxtil, pecuária leiteira e de corte, turismo e avicultura. -Destaque para Campina Grande, Caruaru e Feira de Santana.

8 SERTÃO -Clima semiárido com chuvas mal escassas. -Solo pedregoso. -Vegetação da caatinga. -Rios intermitentes com destaque para alguns rios perenes como o São Francisco (agropecuária e hidrelétricas). -Latifúndio do algodão, pecuária extensiva, indústria diversificada. -Principal centro financeiro: Fortaleza-CE. -Essa sub-região possui sérios problemas socioeconômicos. -Integra o Polígono das Secas. -“Indústria da Seca” MEIO-NORTE -Transição entre Amazônia e Nordeste. -Mata dos Cocais, carnaúba, babaçu, cerrado, caatinga, floresta. -Cultivo de arroz e algodão.

9 COMPLEXO CENTRO-SUL É a região mais desenvolvida. Possui grandes centros financeiros. Indústrias modernas, amplo comércio e setor de serviços. Clima tropical, subtropical e tropical de altitude. Litoral: Serra do Mar e Serra da Mantiqueira. Bacias do Paraná, Paraguai, Uruguai, Tocantins e São Francisco. Vegetação: Cerrado, Mata Atlântica, Campos e Araucárias. Destaque para o Quadrilátero Ferrífero. Concentração populacional. Destaque para a agropecuária. Extrativismo: xisto betuminoso e carvão mineral.

10 ORGÃOS DE PLANEJAMENTO REGIONAL A partir da década de 1950 muitos órgãos surgiram para equilibrar os diversos espaços do Brasil. SUDENE – Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste criada em 1959 por JK. (incentivos fiscais, irrigação e emprego), extinta em 2001 pelo FHC. Recriada em 2002 pelo governo Lula como ADENE – Agência de Desenvolvimento do Nordeste, voltando a ter o nome de SUDENE em 2007. Criação da SPVEA – Superintendência do Plano de Valorização Econômica da Amazônia por Getúlio Vargas e substituída pela SUDAM – Superintendência de desenvolvimento da Amazônia em 1966 pelo governo Castelo Branco. Em 2001 a SUDAM foi extinta pelo FHC que criou a ADA – Agência de Desenvolvimento da Amazônia. Em 2003 o governo Lula recriou a SUDAM. SUDESUL – Superintendência do desenvolvimento da Região Sul criada em 1967. SUDECO – Superintendência do desenvolvimento da Região Centro-Oeste em 1968.


Carregar ppt "CAPÍTULO 14 – COMPLEXOS GEOECONÔMICOS DO BRASIL PROFESSOR LEONAM JUNIOR 2º ANO MÉDIO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google