A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Domínios vegetais originais Prof: Neno - 2011. Vegetação natural No Brasil, o processo de ocupação do território e da construção do espaço geográfico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Domínios vegetais originais Prof: Neno - 2011. Vegetação natural No Brasil, o processo de ocupação do território e da construção do espaço geográfico."— Transcrição da apresentação:

1 Domínios vegetais originais Prof: Neno

2 Vegetação natural No Brasil, o processo de ocupação do território e da construção do espaço geográfico levou à devastação de grande parte da vegetação original. Mesmo proibido por lei, o desmatamento ainda é praticado, colocando em risco:o equilíbrio dos diferentes ecossistemas; o equilíbrio do ciclo hidrológico; a fertilidade dos solos ou a quantidade de terras agricultáveis devido ao processo erosivo; o controle climático em pequena, média e, por vezes, grande escala.

3 Das florestas tropicais remanescentes no mundo, a floresta amazônica é a de maior extensão, ocupando cerca de 5,5 milhões de km 2. Desse total, perto de 3,3 milhões de km 2, ou 60%, localizam-se no território brasileiro; o restante cobre terras da Guiana Francesa, Guiana, Suriname, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia A floresta amazônica apresenta três degraus de vegetação conforme a altitude: a mata de igapó, a mata de várzea e a mata de terra firme.

4 Floresta amazônica

5 A vitória-régia é uma vegetação característica da mata de igapó. FABIO COLOMBINI

6 Cerrado O cerrado é um domínio vegetal nativo do Brasil central, mas ocorre também em manchas de maiores ou menores extensões em Minas Gerais, São Paulo, porção ocidental da Bahia, sul do Maranhão, largos trechos do Piauí, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rondônia, Roraima e Pará.

7 Cerrado Tipos de cerrado

8 Cerrado Para ser adequado à agricultura, o solo do cerrado precisa do acréscimo de nutrientes e de correção que reduza sua acidez. Chapada dos Guimarães, MT. MÁRCIO LOURENÇO/PULSAR IMAGENS

9 Pantanal O Pantanal abrange uma região de aproximadamente 150 mil km 2, dos quais 100 mil km 2 são inundáveis. Trata-se de uma área de planície sedimentar localizada na depressão da bacia do rio Paraguai, que abrange terras brasileiras, bolivianas e paraguaias, com altitude média pouco superior a 100 m. Das terras mais elevadas descem rios que vão desaguar no rio Paraguai. Entre eles, destacam-se: o Negro, o São Lourenço, o Piquiri, o Correntes, o Cuiabá e o Taquari.

10 O Pantanal

11 Pantanal O Pantanal é considerado Patrimônio Mundial pela Unesco. Na foto, Mato Grosso do Sul. ARAQUÉM ALCÂNTARA/SAMBAPHOTO

12 Caatinga vegetação típica do Nordeste semiárido, a caatinga é bastante heterogênea. Na caatinga seca não arbórea predominam as cactáceas e não há árvores; na caatinga seca arbórea predominam as árvores como o pau- pereiro e arbustos isolados; na caatinga arbustiva densa, árvores isoladas formam bosques; na caatinga localizada em regiões de relevo mais elevado, em áreas de maior pluviosidade, os bosques são mais densos.

13 Caatinga JUAN PRATGINESTÓS/SAMBAPHOTO

14 Cocais localizada entre a floresta amazônica, a oeste, a caatinga, ao leste, e o cerrado, ao sul, a zona de cocais é uma área de transição entre o clima úmido da Amazônia, o clima semiárido do sertão nordestino e o clima menos úmido ou de duas estações bem definidas (seca e chuva) do Brasil central. Desse modo, abrange áreas dos estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte e norte do Tocantins.

15 Zona de cocais FABIO COLOMBINI

16 Mata Atlântica Originalmente a mata atlântica recobria extensa faixa do litoral brasileiro, desde o Rio Grande do Norte até o Rio Grande do Sul, atingindo o vale do rio Paraná e outras porções de território, com o nome de Floresta Tropical do Interior. Ao longo dos vales fluviais, formava extensas matas galerias. Calcula-se que a mata atlântica e a floresta tropical cobriam cerca de 15% da área territorial do Brasil, o que seria, aproximadamente, 1,3 milhão de km 2. Hoje estima-se que há apenas cerca de 8% de áreas remanescentes da vegetação em todo o país.

17 Mata atlântica FABIO COLOMBINI

18 Vegetação litorânea MARCIO LOURENÇO/PULSAR IMAGENS

19 Araucarias a mata dos pinhais ou de araucárias cobria vastas extensões dos planaltos e serras da região Sul e de trechos da região Sudeste. Avalia-se que cobria uma área superior a 100 mil km 2 ou 100 milhões de hectares, o que corresponde à área do estado de Pernambuco. Localizada em clima úmido, com temperatura de moderada a baixa no inverno, a mata de pinhais ou de araucárias ocupava a região genericamente denominada área de clima subtropical úmido ou de climas controlados por massas de ar tropicais e polares. Apenas 3% da mata de araucárias ainda não foi destruída, principalmente o desmatamento é que a madeira dessa variedade de pinheiro é adequada para a construção de casas e móveis.

20 Mata de pinhais ou de araucárias FABIO COLOMBINI

21 Campos FABIO COLOMBINI

22 Campos


Carregar ppt "Domínios vegetais originais Prof: Neno - 2011. Vegetação natural No Brasil, o processo de ocupação do território e da construção do espaço geográfico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google