A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PERFIL DAS ANÁLISES DE ALIMENTOS REALIZADAS PELO DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO MUNICÍPIO DE MOGI DAS CRUZES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PERFIL DAS ANÁLISES DE ALIMENTOS REALIZADAS PELO DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO MUNICÍPIO DE MOGI DAS CRUZES."— Transcrição da apresentação:

1 PERFIL DAS ANÁLISES DE ALIMENTOS REALIZADAS PELO DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO MUNICÍPIO DE MOGI DAS CRUZES

2 Introdução O alimento tem importância fundamental. Vigilância Sanitária: Área da saúde pública Trata das ameaças à saúde coletivas Avaliação de hábitos e formas complexas da vida coletiva Monitoramento da qualidade dos produtos: Coleta Avaliação e análise laboratorial Verificação das conformidades e orientações aos produtos e manipuladores de alimentos. O laboratório – parte integrante da Vigilância: Produção de base científica/tecnológica para avaliação dos produtos Análise e gerenciamento de risco Meios: análises fiscais e de controle

3 Metodologia Coleta de dados: arquivos de 2003 a maio de Denúncias, surtos e programa paulista Dados computados no Excel Objetivo Analisar os laudos obtidos das coletas de produtos oriundos de denúncias apresentadas junto a vigilância sanitária municipal e pelo programa paulista, bem como, análise das denúncias realizadas.

4 Resultados Laudos Número de laudos: 108 Laudos insatisfatórios: 48 Laudos satisfatórios: 60 Tipos de alimentos analisados: 62 Principais alimentos analisados

5 Principais motivos dos laudos insatisfatórios 1° Não indicação do lote no rótulo 2° Presença de bactérias patogênicas 3° Não indica presença ou ausência de glúten Presença de fungos 4° Não consta função do ácido cítrico Não apresenta procedência Não apresenta informação nutricional Não informa presença de Organismo Geneticamente Modificado Características sensoriais alteradas 5° Não apresenta denominação de venda no rótulo

6 Gráfico 2. Características dos laudos insatisfatórios

7 AnoN° Laudos de denúncias N° Laudos do Programa Paulista N° Laudos de Investigação de Surto Total de laudos por ano Total Tabela 1. Número de laudos por ano

8 Média de tempo para conclusão de laudos: 35 dias Tempo mínimo: 3 dias Tempo máximo: 125 dias OBS: Apenas dois laudos não entraram na contagem da média: apresentavam tempo de 270 e 267 dias para conclusão, devido haver contestação dos laudos.

9 Denúncias Número total de denúncias: 106 Principais motivos das denúncias: 1° Características alteradas (estragado, gosto ou cheiro forte ou estranho) - 24,5% 2° Presença de insetos- 16% 3° Presença de bolor - 12,26% 4° Mal-estar (diarréia, vômitos) - 9,4% 5° Presença de larvas - 6,6%

10 Denúncias com laudos Número de denúncias com laudos: 36 Número de laudos: 49 Procede: 21 Não procede: 28 Laudos insatisfatórios: 30 Laudos satisfatórios: 19 Principais motivos de laudos insatisfatórios: 1° Identificação do lote 2° Presença de fungos/Não indica presença ou ausência de glúten 3° Não apresenta denominação de venda 4° Presença de teias, dejeções e larvas de insetos vivas e mortas 5° Presença de insetos vivos e mortos, objetos metálico

11 Denúncias sem laudos Número de denúncias sem laudos: 70 Procede: 13 Não procede: 23 Amostras colhidas sem análise: 3 Motivo: 1 explodiu, 2 retornaram devido quantidade ser insuficiente Amostras que não foram colhidas: 19 Motivo: 8 não tinha o produto 10 não tinha lote 1 produto não foi especificado no momento da reclamação Total de amostras que não foram analisadas: 22

12 Investigação de surto Total de surtos: 4 Surto sem amostra: 1 (não foi possível fazer análise) Número de coletas: 3 Número de análises: 38 Alimentos e motivos causadores dos surtos Feijoada: presença de Clostrídio Sulfito redutor 46°C, acima do limite aceitável Coxinha: presença de S. aureus e Clostrídio Sulfito redutor46°C Coco ralado fresco e Bolo prestígio: presença de S. aureus acima dos valores aceitáveis Bolinho de pizza e Bolo de morango: desenvolvimento de microrganismos patogênicos

13 Programa Paulista Número de análises: 21 Laudos satisfatórios: 9 Laudos insatisfatórios: 12 Motivos dos laudos insatisfatórios: 1° Não apresenta a presença de Organismo Geneticamente Modificado (OGM) 2° Não apresenta função do ácido cítrico no rótulo

14 Conclusão No período de 2003 a 2008, foram analisados 108 laudos, sendo a maioria satisfatórios. Os alimentos mais analisados foram leite, bolo, chocolate, macarrão, arroz, feijão, pães e frango. Dos laudos insatisfatórios, o número maior de motivos foi para rotulagem. A média de dias para a conclusão dos laudos foi de 35 dias. O ano concluído que mais teve amostras analisadas foi Em 2008 já apresenta o total de 18 laudos. A maior parte das denúncias não foram procedentes, uma vez que a maioria dos laudos acusou como resultado insatisfatório freqüente problemas com a rotulagem e não com o alimento em si.


Carregar ppt "PERFIL DAS ANÁLISES DE ALIMENTOS REALIZADAS PELO DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO MUNICÍPIO DE MOGI DAS CRUZES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google