A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Técnicas de Codificação zDados Digitais, sinais digitais zdados Digitais, sinais analógicos zdados analógicos, sinais digitais zdados analógicos, sinais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Técnicas de Codificação zDados Digitais, sinais digitais zdados Digitais, sinais analógicos zdados analógicos, sinais digitais zdados analógicos, sinais."— Transcrição da apresentação:

1 Técnicas de Codificação zDados Digitais, sinais digitais zdados Digitais, sinais analógicos zdados analógicos, sinais digitais zdados analógicos, sinais analógicos

2 Dados digitais, sinais digitais zSinal Digital ypulsos discretos de voltagens ycada pulso um elemento de sinal ydados binários codificados nestes elementos

3 Codificação

4 Codificação - Nonreturn to Zero (NRZ) zNRZ-L (Nonreturn to Zero Level) y0 = alto nível y1 = baixo nível zNRZ-I (Nonreturn to Zero, Invert ones) y0 = sem transição no ínicio do intervalo y1 = com transição no inicio do intervalo ycodificação diferencial xpode ser mais confiável o reconhecimento da transição na presença de ruído do que comparar valores xem sistemas complexos é fácil perder a polaridade do sinal

5 Codificação - Nonreturn to Zero (NRZ) zNRZ não são complexos zUtilizam a largura de banda eficientemente zA principal limitação é yfalta de sincronização, pois durante a transmissão de longas seqüências de 1 ou 0 para o NRZ-L, e longas seqüências de 0s para o NRZ-I, a saída é uma voltagem constante durante um longo período de tempo.

6 Codificação - Multilevel Binary zBipolar-AMI y0 = sem sinal na linha y1 = sinal positivo ou negativo, alternando a polaridade ynão haverá perda de sincronização se houver uma grande seqüência de 1s yum longo string de bits 0s poderá causar a dessincronização

7 Codificação - Multilevel Binary zPseudoternário y0 = nível positivo ou negativo, alternando a polaridade y1 = sem sinal yigual ao bipolar AMI, apenas com a inversão da representação de 0s e 1s

8 Codificação - Bifase zManchester y0 = transição de alto para baixo no meio do intervalo y1 = transição de baixo para alto no meio do intervalo zManchester Diferencial ysempre tem transição no meio do intervalo y0 = transição no início do intervalo y1 = sem transição no início do intervalo zMantém relógio, precisam de maior largura de banda

9 Codificação - Bifase zCada uma das técnicas exige pelo menos uma transição por bit e pode ter no máximo duas zExige maior largura de banda que o NRZ ytaxa de modulação é no máximo duas vezes a do NRZ zPermite ya sincronização

10 Taxa de codificação

11 Dados digitais, sinais analógicos zSistema público de telefonia y300Hz a 3400Hz yUsar modem (modulator-demodulator) zAmplitude shift keying (ASK) zFrequency shift keying (FSK) zPhase shift keying (PK)

12 Modulation Techniques

13 Modulação zTécnicas de Modulação ysinal original deslocado para a freqüência de uma portadora yportadora é modulada (transformada) para representar o sinal xmodulação em amplitude xfreqüência x fase

14 Amplitude Shift Keying zValores representados por diferentes amplitudes da protadora zUsualmente, uma amplitude é zero yi.e. presença ou ausência da portadora é utilizada zSuscetível a ganhos de amplitude zIneficiente, até 1200bps em canais de voz zUsado em fibra ótica

15 Frequency Shift Keying zValores representados por diferentes frequências (próximas da portadora) zMaior imunidade a ruídos que ASK zRádios de alta frequencia

16 FSK em canal de voz

17 Phase Shift Keying zFase da portadora é modificada para representar os dados zPSK diferencial yFase modificada relativa a transmissão prévia ao invés de em relação a sinal de referência

18 Quadrature PSK zUso mais eficiente pois cada elemento de sinal representa mais de um bit yp.ex: mudanças em fase de /2 (90 o ) xcada elemento representa 2 bits ypode usar 8 ângulos de fase e tem mais de uma amplitude xcombinação ymodems de 9600bps modem usam 12 angulos, quatro dos quais tem duas amplitudes x8 + (4*2) = 16 elementos diferentes de sinal

19 Dados Analígicos, Sinais Digitais zDigitalização yconversão analógico digital yuso de um conversor yPulse code modulation yDelta modulation

20 Pulse Code Modulation(PCM) (1) zSe um sinal é amostrado em intervalos regulares de tempos a uma frequência > 2x a frequência do sinal, os pulsos contém toda informação do sinal original zVoz limitada a 4000 Hz zRequer 8000 amostras por segundo zCada amostra é associada um valor digital

21 Pulse Code Modulation(PCM) (2) zPara qualidade comparada com transmissão analógica y256 níveis de sinal zcada pulso tem 8 bits (256 níveis) z8000 amostras por segundo de 8 bits cada = 64kbps

22 Codificação não linear zNíveis não igualmente espaçados zreduz distorção do sinal

23 Modulation Delta zEntrada analógica aproximada atravé de função escada (staircase function) zMove para cima ou para baixo um nível ( ) a cada intervalo de amostra

24 Delta Modulation - exemplo

25 Dados Analógicos, sinais Analógicos zRazão? yPermite multiplexação em frequência zTipos yAmplitude yFrequencia yFase

26 Analog Modulation

27 Modulação por Amplitude S(t) = [1 + n a x(t)]cos 2 f ct


Carregar ppt "Técnicas de Codificação zDados Digitais, sinais digitais zdados Digitais, sinais analógicos zdados analógicos, sinais digitais zdados analógicos, sinais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google