A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NÍVEL DE MICROPROGRAMAÇÃO Prof. Wanderley Cardoso Celeste.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NÍVEL DE MICROPROGRAMAÇÃO Prof. Wanderley Cardoso Celeste."— Transcrição da apresentação:

1 NÍVEL DE MICROPROGRAMAÇÃO Prof. Wanderley Cardoso Celeste

2 Introdução O nível de microprogramação tem uma função específica: executar interpretadores para outras máquinas virtuais. Um microprograma é um programa responsável por controlar registradores, barramentos, ALUs, memórias e outros componentes de hardware.

3 Função da Microprogramação UNIDADE DE CONTROLE UNIDADE DE EXECUÇÃO Sinais de Controle Sinais de Status Implementação em Hardware (Circuito sequencial) Implementação em Software (Microprograma)

4 Função da Microprogramação Registrador Limpa Carrega Controle de registradores Desloca MUX 2 x 1 A B saída Seleção de entrada Controle de MUX A B F(A,B) Seleção de operação ALU Controle de ALUs

5 Função da Microprogramação Controle de barramento tri-state D Q D Q D Q D Q D0D1D2D3 CK OE Q0Q1Q2Q3 Entradas Saídas

6 Função da Microprogramação A maioria dos computadores tem um barramento de endereço, um barramento de dados e sinais de controle para a comunicação entre a CPU e os demais componentes do sistema O registrador MAR é responsável pelo armazenamento do endereço da memória. O registrador MBR é responsável pelo armazenamento do dado. MAR MBR endereço controle saída de dados entrada de dados WR RD barramento de dados barramento de endereço CPUBARRAMENTOS

7 Função da Microprogramação MAR MBR endereço controle saída de dados entrada de dados WR RD barramento de dados barramento de endereço CPUBARRAMENTOS A linha de controle de MBR permite carregar o registro com dado da CPU O sinal RD carrega o registrador com dado do barramento O sinal WR libera o conteúdo do registrador no barramento

8 Microinstruções Microprogramas são formados por uma composição de microinstruções Uma microinstrução é capaz de tratar todos os sinais de controle de um sistema Exemplo de formação de uma microinstrução CONDCOND ALUALU SHSH ADDRABC MBRMBR MARMAR RDRD ENCENC AMUX :0 = MAR; 1 = MBR COND:0 = não salta; 1 = salta se N=1; 2 = salta se Z=1; 3 = salta sempre ALU:0 = A+B; 1 = A.B; 2 = A; 3 = NOT A SH:0 = não desloca; 1 = desloca 1 bit à direita; 2 = desloca 1 bit à esquerda; 3 = x AMUXAMUX WRWR

9 Microinstruções LALB AMUX MAR MBR ALU DESL N Z AMUXAMUX CONDCOND ALUALU SHSH MBRMBR MARMAR RDRD WRWR ENCENC CBA ADDRADDR LMS DECA DECB DECC MUX MPCINCREGSREGS MC GSC


Carregar ppt "NÍVEL DE MICROPROGRAMAÇÃO Prof. Wanderley Cardoso Celeste."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google