A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RELAÇÕES ECOLÓGICAS PROF. PANTHERA. SOCIEDADE COLÔNIA São agrupamentos de indivíduos da mesma espécie que têm plena capacidade de vida isolada mas vivem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RELAÇÕES ECOLÓGICAS PROF. PANTHERA. SOCIEDADE COLÔNIA São agrupamentos de indivíduos da mesma espécie que têm plena capacidade de vida isolada mas vivem."— Transcrição da apresentação:

1 RELAÇÕES ECOLÓGICAS PROF. PANTHERA

2

3 SOCIEDADE COLÔNIA São agrupamentos de indivíduos da mesma espécie que têm plena capacidade de vida isolada mas vivem em interação coletiva com íntima divisão de trabalho. Os indivíduos de uma sociedade têm independência física uns dos outros. Exemplos: Insetos sociais (Abelhas, cupins e formigas) Agrupamento de indivíduos da mesma espécie que revelam profundo grau de interdependência e se mostram ligados uns aos outros, sendo-lhes impossível a vida quando isolados do conjunto, podendo ou não ocorrer divisão do trabalho. Relações Harmônicas Intra-específicas (dentro da mesma espécie )

4 RELAÇÕES ECOLÓGICAS INTRA-ESPECÍFICAS DESARMÔNICAS CANIBALISMO Canibal é o indivíduo que mata e come outro da mesma espécie. Ex.: ocorre com escorpiões, aranhas, peixes, planárias, roedores, etc. COMPETIÇÃO Prejuízo para os seres envolvidos.

5 Relações Harmônicas Interespecíficas (entre espécies diferentes) - Protocooperação (+,+) NÃO OBRIGATÓRIA - Inquilinismo (+,0) - Comensalismo(+,0) - Mutualismo (+,+) OBRIGATÓRIA

6 MUTUALISMO PROTOCOOPERAÇÃO Associação na qual duas espécies envolvidas são beneficiadas, porém, cada espécie só consegue viver na presença da outra, associação permanente e obrigatória entre dois seres vivos de espécies diferentes. Ex: Líquens, micorrizas, tubo digestivo de ruminantes, bactérias e raízes de leguminosas, protozoários e Cupins. Trata-se de uma associação bilateral, entre espécies diferentes, na qual ambas se beneficiam; contudo, tal associação não é obrigatória, podendo cada espécie viver isoladamente. Ex: Caranguejo-eremita, pássaro-palito e crocodilo, anu e gado, insetos polinizadores. RELAÇÕES ECOLÓGICAS HARMÔNICAS

7 Inquilinismo Comensalismo Associação em que apenas uma espécie (inquilino) se beneficia, procurando abrigo ou suporte no corpo de outra espécie (hospedeiro), sem prejudicá-lo. Ex: Pepino-do-mar As epífitas são plantas que crescem sobre outras plantas sem parasitá-las, usando-as apenas como suporte. Ex.: as orquídeas e as bromélias. É uma associação em que uma das espécies a comensal é beneficiada, sem causar benefício ou prejuízo ao outro (não-comensal). Ex:Tubarão e rêmora

8 RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS DESARMÔNICAS -Parasitismo (+,-) - Predatismo (+,-) - Amensalismo (-,0) - Competição (-, -)

9 RELAÇÕES ECOLÓGICAS DESARMÔNICAS PARASITISMO O parasitismo é caracterizado pela espécie que se instala no corpo de outra, dela retirando matéria para a sua nutrição e causando-lhe, em conseqüência, danos cuja gravidade pode ser muito variável, desde pequenos distúrbios até a própria morte do indivíduo parasitado. Relação Hospedeiro/Parasita. PREDATISMO O predatismo é o ato de um animal capturar outro para alimentar-se. O predador e a presa pertencem a espécies diferentes. Os predadores são geralmente maiores e menos numerosos que suas presas, sendo exemplificados pelos animais carnívoros. Relação Presa/Predador.

10 RELAÇÕES ECOLÓGICAS DESARMÔNICAS AMENSALISMO (antibiose) Relação na qual uma espécie bloqueia o crescimento ou a reprodução de outra espécie, denominada amensal, através da liberação de substâncias tóxicas. É a relação em que um dos seres é prejudicado sem que disso resulte benefícios para o outro. Ex: maré vermelha, antibióticos, etc. Prejuízo para a espécie inibida, com ou sem benefício para a espécie inibidora. COMPETIÇÃO Prejuízo para ambas as espécies.

11 Princípio de Gause (Princípio da exclusão competitiva) O Princípio de Gause diz respeito ao processo de competição inter-específica que acontece quando duas espécies diferentes habitam um mesmo ambiente e têm nichos muito semelhantes. Assim duas espécies não podem ocupar um mesmo nicho por muito tempo, uma delas irá sempre prevalecer, pois é mais adaptada àquele habitat.

12 Espécies separadasEspécies juntas


Carregar ppt "RELAÇÕES ECOLÓGICAS PROF. PANTHERA. SOCIEDADE COLÔNIA São agrupamentos de indivíduos da mesma espécie que têm plena capacidade de vida isolada mas vivem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google