A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ACORDO ORTOGRÁFICO MUDANÇAS NO PORTUGUÊS DO BRASIL COMO ERA... COMO FICOU.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ACORDO ORTOGRÁFICO MUDANÇAS NO PORTUGUÊS DO BRASIL COMO ERA... COMO FICOU."— Transcrição da apresentação:

1 ACORDO ORTOGRÁFICO MUDANÇAS NO PORTUGUÊS DO BRASIL COMO ERA... COMO FICOU.

2 Alfabeto COMO ERA O alfabeto é formado por 23 letras. As letras K, W, Y não fazem parte do alfabeto. COMO FICOU O alfabeto é formado por 26 letras: as letras K, W, Y fazem parte do alfabeto. São usadas: em siglas: km em siglas: km em símbolos: watt em símbolos: watt em nomes próprios estrangeiros e seus derivados: Byron, byroniano em nomes próprios estrangeiros e seus derivados: Byron, byroniano

3 TREMA COMO ERA Usado nos grupos gue, gui, que e qui quando a letra u é pronunciada: agüentar agüentar conseqüência conseqüência cinqüenta cinqüenta qüinqüênio qüinqüênio pingüim pingüim tranqüilo tranqüilo COMO FICOU O trema é eliminado em palavras portuguesas e aportuguesadas. aguentar aguentar consequência consequência cinquenta cinquenta quinquênio quinquênio pinguim pinguim tranquilo tranquilo

4 ACENTUAÇÃO 1 COMO ERA Acentuam-se os ditongos abertos éi, e ói: assembléia, idéia, colméia assembléia, idéia, colméia bóia, jibóia, apóio bóia, jibóia, apóio COMO FICOU NÃO se acentuam os ditongos abertos ei e oi nas palavras paroxítonas: assembleia, ideia, colmeia assembleia, ideia, colmeia boia, jiboia, apoio boia, jiboia, apoio OBSERVAÇÕES: 1.O acento nos ditongos éi e ói permanece nas palavras oxítonas e monossílabos tônicos de som aberto: herói, constrói, dói, anéis, papéis, anzóis. 2.O acento no ditongo aberto éu permanece: chapéu, véu, céu, ilhéu.

5 ACENTUAÇÃO 2 COMO ERA Acentuam-se o primeiro os hiatos: 1. ôo: enjôo ( substantivo e forma verbal ), vôo ( substantivo e forma verbal ), abençôo 2. êe: crêem, dêem, lêem, vêem, revêem COMO FICOU NÃO se acentuam os hiatos: 1. oo: enjoo, voo, abençoo 2. ee: creem, deem, leem, veem, reveem

6 ACENTUAÇÃO 3 COMO ERA Acentos diferenciais: pára ( verbo ) # para ( preposição ) pára ( verbo ) # para ( preposição ) pêlo ( sub.) # pelo ( preposição+artigo ) pêlo ( sub.) # pelo ( preposição+artigo ) COMO FICOU Não se acentuam as palavras paroxítonas que são homógrafas: para ( verbo e preposição ) para ( verbo e preposição ) pelo ( sub. e preposição ) pelo ( sub. e preposição ) OBSERVAÇÕES : O acento diferencial permanece nos homógrafos: 1. pode (3ª pessoa do singular do presente do indicativo) e pôde (3ª p.s. do pretérito perfeito do indicativo) 2.pôr (verbo) em oposição a por (preposição)

7 ACENTUAÇÃO 4 COMO ERA Acentua-se o u tônico nas formas verbais rizotônicas (acento na raiz), quando precedido de –g ou –q e seguido de –e ou –i (grupos gue/gui e que/qui): argúi argúi apazigúe apazigúe averigúe averigúe enxagúe enxagúe COMO FICOU NÃO SE ACENTUAM MAIS ESSAS FORMAS VERBAIS: argui argui apazigue apazigue avergigue avergigue enxague enxague

8 ACENTUAÇÃO 5 COMO ERA Acnetuam-se o –i e o –u tônicos das palavras paroxítonas quando precedidas de ditongos: baiúca baiúca feiúra feiúra feiúme feiúme boiúna boiúna COMO FICOU NÃO SE ACENTUAM MAIS: baiuca baiuca feiura feiura feiume feiume boiuna boiuna

9 USO DO HÍFEN COMO ERA ante-salaauto-retratoanti-socialanti-rugascontra-sensocontra-regraultra-românticoultra-sonografiasemi-realsupra-sensível COMO FICOU Não se emprega o hífen nos compostos em que o prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa por r ou s, devendo essas consoantes se duplicarem: antessala contrarregra autorretrato ultrarromântico antissocial ultrassonografia antirrugas semirreal contrassenso suprassensível

10 Deixamos de pôr hífen nos compostos cuja noção de composição teria se perdido: paraquedas paraquedas mandachuva mandachuva pontapé pontapé Mantivemos o hífen de compostos que denominam espécies animais e vegetais: bem-te-vi bem-te-vi erva-doce erva-doce

11 OBSERVAÇÃO 1. O uso do hífen permanece nos compostos em que os prefixos super-, inter-, hiper-, terminados em – r, aparecem combinados com elementos também iniciados por –r: hiper-rancorosohiper-realistahiper-requintadointer-racialinter-regionalinter-relaçãosuper-racionalsuper-realistasuper-resistente

12 Usamos sempre o hífen nos compostos em que, após um prefixo, a segunda palavra é iniciada por H: anti-higiênico anti-higiênico co-herdeiro co-herdeiro mini-hotel mini-hotel super-herói super-herói

13 USO DO HÍFEN 2 COMO ERA auto-afirmação semi-aberto auto-escola supra-ocular contra-indicação ultra-elevado contra-ordemextra-escolarextra-oficialinfra-estruturaintra-ocularneo-expressionista COMO FICOU Não se emprega o hífen nos compostos em que o prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa por vogal diferente: autoafirmação semiaberto autoescola supraocular contraindicação ultraelevado contraordemextraescolarextraoficialinfraestruturaintraocularneoexpressionista

14 USO DO HÍFEN 3 COMO ERA antiibéricoantiinflamatórioantiimperialistaarquiinimigomicroondasmicroônibusmicroorganismo COMO FICOU Emprega-se o hífen nos compostos em que o prefixo ou falso prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa por vogal igual. anti-ibéricoanti-inflamatórioanti-imperialistaarqui-inimigomicro-ondasmicro-ônibusmicro-organismo


Carregar ppt "ACORDO ORTOGRÁFICO MUDANÇAS NO PORTUGUÊS DO BRASIL COMO ERA... COMO FICOU."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google