A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AUTOBIOGRAFIA EM CORDEL: MINHA VIDA Glaubia Martins Profª. de Português, séries finais, na EMEF Migrantes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AUTOBIOGRAFIA EM CORDEL: MINHA VIDA Glaubia Martins Profª. de Português, séries finais, na EMEF Migrantes."— Transcrição da apresentação:

1 AUTOBIOGRAFIA EM CORDEL: MINHA VIDA Glaubia Martins Profª. de Português, séries finais, na EMEF Migrantes

2 Desafios e atravessamentos da sala de aula ADOTE: Desenvolvido desde Parceria entre a Câmara Rio- Grandense do Livro (CRL) e a Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre (Smed). Fábio Sombra – Adote EJA/

3 Cordel? no Brasil cordel é sinônimo de poesia popular em verso ( MARINHO e PINHEIRO, 2012, p17), que é impressa em folhetos ilustrados com xilogravuras e ficam expostos nas feiras, mercados populares ou até na rua amarrados em cordões. 3

4 Autobiografia: Fábio Sombra Eu me chamo Fábio Sombra Sou escritor e violeiro Carioca de nascença Amo o rio de Janeiro Muito embora todos digam: - Esse eu juro que é roceiro! E se pensam desta forma Eu lhes dou toda razão: Já que desde pequenino Fui tomado de paixão Pelo interior de Minas Pela vida no sertão Eu passava minhas férias Na fazenda de minhas tias Tempo bom, de brincadeiras De cirandas e folias, Cavalgadas, cachoeiras E animadas pescarias E de noite, na varanda Do imenso casarão Reuniam-se as crianças Para ouvir, com atenção, Cantorias de viola E casos de sombração Hoje em dia, com meus livros Sou feliz por divulgar A cultura que chamamos De raiz ou popular A poesia dos violeiros E seu rico linguajar Conto histórias de pelejas Desafios bem rimados Onde os bons poetas vencem E os vilões são derrotados Sendo o amor e a justiça Muito bem recompensados 4

5 5 SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS (SD) Atividades organizadas, ligadas entre si Atividades organizadas, ligadas entre si Ensinar um determinado conteúdo, etapa por etapa. Ensinar um determinado conteúdo, etapa por etapa. Planejadas conforme os objetivos do professor; Planejadas conforme os objetivos do professor; Elas contêm atividades de aprendizagem e de avaliação. Elas contêm atividades de aprendizagem e de avaliação.

6 6 Podem ser usadas no ensino de outras matérias ou conteúdos. Auxiliam a organizar o trabalho em sala de aula; Auxiliam a organizar o trabalho em sala de aula; Permitem partir do nível de conhecimento que aluno já tem para atingir o conhecimento desejado. Permitem partir do nível de conhecimento que aluno já tem para atingir o conhecimento desejado.

7 Esquema de SD. Fonte: Schneuwly e Dolz (2004, p.98) 7 ESQUEMA DA SD

8 8

9 9 Ao usar a metodologia das SDs, a Leitura, a Escrita e a Oralidade são trabalhadas juntas com aspectos gramaticais a serem ensinados, de forma a dar mais sentido a quem aprende.

10 Ganhos ao usar as SD 1. Ampliação do repertório;1. Ampliação do repertório; 2. Organização e sistematização do conhecimento: estudo detalhado dos elementos do gênero, suas situações de produção e circulação;2. Organização e sistematização do conhecimento: estudo detalhado dos elementos do gênero, suas situações de produção e circulação; 10

11 11 3. Produção coletiva; 4. Produção individual; 5. Revisão e reescrita; 6.Publicação do texto produzido; 7. Autoria.

12 Jean Machado.Biografia.Eu sou fabrício flores da cunha Tudo que eu penso, eu falo! Sou o mais mentiroso, meu nome verdadeiro, É Jean Machado! Eu sou calmo e pacifico Eu sou de Porto Alegre, Mas não me canso daqui Foi aqui que eu nasci, E a minha casa, é logo ali. Eu gosto mais de desenhar, Não sou muito de poetismo. Eu amo arte de rua, mas, Também adoro romantismo! Meu rango preferido é arroz e feijão, Mas isso não quer dizer que sou pobre, Sou guerreiro, mas preguiçoso, Digamos que não sou muito nobre. Passo minhas férias nas ruas, Bebendo e curtindo com meus parceiros, Não se incomode com meu linguajar, Sou humilde e não tenho muito dinheiro! To apenas dando uma idéia, Para que você não se esqueça, Enquanto sua vida ta boa, A minha, ta de ponta cabeça. Eu disse que não sou poeta, Escrevo coisas sem noção, Agora vou parar de escrever, Vou comer arroz e feijão! Tchau! Jean Machado, C20 12

13 Minha vida na fazendinha Eu me chamo Joiciele Carvalho Sotel Sou estudante e uma sonhadora Sou gaúcha com muita alegria. Mas adoro viajar para o Paraná Muitos falam que eu sô roceira Mas sou roceira de coração. E todos dão risada do jeito que eu falo E eu do toda razão: Dês do oito anos Eu tinha vontade de ir morar no sertão. Eu passava minhas férias na pequena fazendinha Da minha querida vovozinha. Mas ela era muitovelhinha, E eu adoro cuidar das vaquinhas. A minha vovosinha fasia uma feijoada Que dava pra lamber os beiço E a minha tia tinha uma cara enjoada. Eu digo todos pra a minha pequena fasendinha Nunca viva o passado,e nunca tenta adivinha o futuro Mas sempre viva o presente D sua querida netinha. Nome :Joiciele Carvalho Sotel., C21 13

14 Autobiografia Oi eu sou Mauricio Ramos Carvalho Vivo uma vida não muito boa,mas não reclamo e também não fico à toa. Não vivo na rua, fico só em casa durmo,durmo e Durmo... Depois que acodo pareço uma uva passa Adoro minha mãe já meu pai não porque ele é um baita de um chatão. Mauricio ramos carvalho, C21 Data:

15 Música nova: minha vida Artista: mc Lodi Produção dj Dins A minha vida é sofrida mais eu não vou chorar Na estrada da vida eu não vou me abalar Essa vida é muito loca to firme nessa missão Desde pequenininho eu já andava no mundão Eu sei quem é o certo eu sei quem é errado Os amigos de verdade estão sempre do meu lado Por isso eu te falo não se julgue um simples favelado Caminhe para frente e não olhe para trás Erga sua cabeça e mostre do que você é capaz Se liga no mundão se liga no mundão Não de bola para os outros e faça a sua irmão Se liga no mundão se liga no mundão Não de bola para os outros faça a sua irmão Essa é a minha historia não é lição de vida Mas abra seu olho e se coração não perca a sua vida 15

16 16 Por que usar as SDs ao ensinar Língua Portuguesa? Ensinar o aluno as características de um gênero textual de forma gradual, até que ele tenha pleno domínio sobre o gênero estudado. Ensinar o aluno as características de um gênero textual de forma gradual, até que ele tenha pleno domínio sobre o gênero estudado.


Carregar ppt "AUTOBIOGRAFIA EM CORDEL: MINHA VIDA Glaubia Martins Profª. de Português, séries finais, na EMEF Migrantes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google