A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SEMINÁRIO NACIONAL DE INOVAÇÃO 2011 Programas de Incentivo e de Fomento à Inovação às Empresas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SEMINÁRIO NACIONAL DE INOVAÇÃO 2011 Programas de Incentivo e de Fomento à Inovação às Empresas."— Transcrição da apresentação:

1 SEMINÁRIO NACIONAL DE INOVAÇÃO 2011 Programas de Incentivo e de Fomento à Inovação às Empresas

2 ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO BRDE INSTITUCIONAL LINHAS DE FINANCIAMENTO Empresas Administração Pública PROGRAMA JURO ZERO - FINEP REFLEXÃO (AE x E x IT = SUSTENTABILIDADE)

3 Criado em pelos estados de SC, PR e RS. História

4 Promover e liderar ações de fomento ao desenvolvimento econômico e social, através do planejamento, apoio técnico, institucional e creditício de longo prazo. Missão

5 Linhas de Financiamento Linhas de Financiamento

6 . Construções civis (inclui reformas, instalações e adaptações). Construções civis (inclui reformas, instalações e adaptações). Máquinas e equipamentos novos, nacionais e cadastrados na FINAME. Máquinas e equipamentos novos, nacionais e cadastrados na FINAME. Educação, treinamento gerencial e de mão de obra. Educação, treinamento gerencial e de mão de obra. Gastos com racionalização do consumo de energia. Gastos com racionalização do consumo de energia. Gastos com capacitação tecnológica (software). Gastos com capacitação tecnológica (software). Geração (CGH/PCH) e Linhas de Transmissão de energia elétrica. Geração (CGH/PCH) e Linhas de Transmissão de energia elétrica. Capital de giro associado ao investimento fixo.. Capital de giro associado ao investimento fixo. O que podemos financiar

7 Móveis e utensílios; Móveis e utensílios; Gastos com estudos e projetos de engenharia relacionados ao investimento;Gastos com estudos e projetos de engenharia relacionados ao investimento; Gastos com: Qualidade e Produtividade, Pesquisa e Desenvolvimento, Capacitação Técnica e Gerencial, Atualização Tecnológica e Tecnologia da Informação; Gastos com: Qualidade e Produtividade, Pesquisa e Desenvolvimento, Capacitação Técnica e Gerencial, Atualização Tecnológica e Tecnologia da Informação; Despesas pré-operacionais; Despesas pré-operacionais; Gastos com a comercialização de novos produtos e serviços; Gastos com a comercialização de novos produtos e serviços; Gastos com treinamento de pessoal, desde que com objetivos e prazos definidos, limitados a 10% (dez por cento) dos itens financiáveis; Gastos com treinamento de pessoal, desde que com objetivos e prazos definidos, limitados a 10% (dez por cento) dos itens financiáveis; O que podemos financiar Itens associados a investimentos

8 MICROS, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS: Taxa de juros: TJLP + Spread (5% a 7% a.a.) = 11% a 13% ao ano Prazo total: Até 96 meses para investimentos com obras Carência: Até 24 meses Pagamento: Na carência: pagamento dos juros a cada 3 meses. Na carência: pagamento dos juros a cada 3 meses. Na amortização: pagamento mensal do principal e dos juros. Na amortização: pagamento mensal do principal e dos juros. Capital de giro associado = 70% (micro) e 40% (pequena e média) do valor do investimento fixo BNDES Automático TJLP = 6 % a.a.

9 FINAME PSI – Vigência até 31/12 / 2011 Taxa de juros: 6,5% ao ano 10% ao ano (caminhões e ônibus) 10% ao ano (caminhões e ônibus) Prazo total: Até 120 meses Até 96 meses (caminhões e ônibus) Até 96 meses (caminhões e ônibus) Carência: Até 24 meses Até 6 meses (caminhões e ônibus) Até 6 meses (caminhões e ônibus) FINAME FINAME

10 Valor mínimo para operações diretas: R$ 110 mil Os projetos com valores abaixo de R$ 110 mil deverão ser encaminhados através de cooperativas de crédito conveniadas com o BRDE. Cooperativas conveniadas: SICOOB – Linhas Rurais e Linhas Industriais, Comerciais e de Serviços SICREDI – Linhas Rurais VIACREDI – Linhas Industriais, Comerciais e de Serviços CRESOL – Linhas Rurais Operações Diretas e Indiretas

11 Linhas de Financiamento para a Administração Pública

12 1. Programa Caminho da Escola - CAMESC 2. Programa de Financiamento à Aquisição de Veículos de Transporte Escolar – PRO- ESCOLAR 3. Máquinas e Equipamentos FINAME – PROVIAS 4. Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos – PMAT e PMAT AUTOMÁTICO

13 Caminho da Escola - Condições TAXA DE JUROS PRAZO GARANTIAS TJLP + 4% a.a. até 72 meses, incluindo prazo máximo de carência de 6 meses FPM e repasse ICMS PARTICIPAÇÃO 100%

14 PRO-ESCOLAR - Condições TAXA DE JUROS PRAZO GARANTIAS TJLP + 5% a.a. Taxa de Intermediação Financeira de 0,5% ao ano. As operações com pessoas físicas e com Micro, Pequenas e Médias Empresas são isentas da Taxa de Intermediação Financeira. até 72 meses, incluindo prazo máximo de carência de 6 meses Alienação Fiduciária e outras a critério da instituição financeira credenciada. PARTICIPAÇÃO 100%

15 PROVIAS - Condições TAXA DE JUROS PRAZO GARANTIAS TJLP + 4% a.a. até 54 meses, incluindo prazo máximo de carência de 6 meses FPM e repasse ICMS PARTICIPAÇÃO 100%

16 PMAT - Condições LIMITES TAXA DE JUROS PRAZO GARANTIAS R$ 36,00 /hab e R$ 60 milhões TJLP + 3,5% a.a. até 8 anos, incluindo prazo máximo de carência de 24 meses FPM e repasse ICMS PARTICIPAÇÃO 90% - municípios acima de 50 mil hab. 100% - municípios até 50 mil hab.

17 PMAT Automático - Condições Até 150 mil hab. TAXA DE JUROS PRAZO GARANTIAS TJLP + spread de risco até 8 anos, incluindo prazo máximo de carência de 24 meses FPM e repasse ICMS PARTICIPAÇÃO 100% - máquinas e equipamentos 90% - demais itens

18 Programa de Incentivo à Inovação FINEP Fiança Bancária

19 Finalidade: estimular o desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas Inovadoras (MPEIs) brasileiras nos aspectos gerenciais, comerciais, de processo ou de produtos/serviços viabilizando o acesso ao crédito por parte destas empresas. Juro Zero - FINEP Inovação tecnológica: novo produto ou agregação de novas funcionalidades ou características ao produto ou processo que implique melhorias incrementais e efetivo ganho de qualidade ou produtividade, resultando maior competitividade no mercado.

20 Empresa envia projeto para ACATE. Comitê, com representante do BRDE, analisa projeto e, se aprovado, encaminha para FINEP, que avalia viabilidade do projeto e financiamento, a juro zero (somente variação IPCA). Valor: entre R$ 100 mil e R$ 900 mil Prazo: 100 meses BRDE pode fornecer fiança bancária para empresas financiadas pela FINEP. Juro Zero - FINEP

21 REFLEXÃO Atividade Econômica x Nível de Emprego x Inovação Tecnológica => SUSTENTABILIDADE

22 DADOS INTERNACIONAIS FOTO 1. Atividade Econômica Mundial (Variação % PIB) - FMI

23 DADOS INTERNACIONAIS FOTO 2. Atividade Econômica América Latina (Variação % PIB) – FMI

24 DADOS INTERNACIONAIS FOTO 4. Desemprego no Mundo (Em % População) – FMI

25 DADOS INTERNACIONAIS FOTO 5. Desemprego no Mundo (Em % População) – FMI

26 DADOS INTERNACIONAIS FOTO 6. Desemprego no Mundo (Em % População) – FMI

27 Contato: Rose Irene S. Neves (48) Contato: Rose Irene S. Neves (48) Obrigada pela atenção!


Carregar ppt "SEMINÁRIO NACIONAL DE INOVAÇÃO 2011 Programas de Incentivo e de Fomento à Inovação às Empresas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google