A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Equipamentos de Conectividade Prof. Roberto Amaral.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Equipamentos de Conectividade Prof. Roberto Amaral."— Transcrição da apresentação:

1 Equipamentos de Conectividade Prof. Roberto Amaral

2 Equipamentos responsáveis pela união/interligação de redes e computadores Redes de Computadores Prof. Roberto Amaral

3 1/4/ :54:39 3 Uma Rede somente é vista quando você não consegue ter nenhum trabalho terminado devido à falha de uma máquina da qual você jamias ouviu falar Gerenciar ? O que ? Para que ?

4 1/4/ :54:39 Prof. Roberto Amaral 4 Conectividade. Estendendo uma LAN Estendendo uma LAN Repetidores (Repeaters)Repetidores (Repeaters) Pontes (Bridges)Pontes (Bridges) SwitchesSwitches Roteadores (Routers)Roteadores (Routers) GatewaysGateways HubsHubs

5 1/4/ :54:39 Prof. Roberto Amaral 5 Gateways PC: manipulam dados em formato ASCII PC: manipulam dados em formato ASCII IBM Mainframes: formato EBCDIC IBM Mainframes: formato EBCDIC Conversão exige uma completa re- estruturação dos dados. Conversão exige uma completa re- estruturação dos dados. Gateway: dispositivo que atua em qualquer camada do modelo ISO/OSI para vencer diferenças entre redes. Gateway: dispositivo que atua em qualquer camada do modelo ISO/OSI para vencer diferenças entre redes.

6 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 6

7 1/4/ :54:40 7 DispositivoCamada OSI Performance Sofisticação Repeater Física Rápida Baixa Bridge Data Link Rápida Também Baixa Switch Data Link Rápida Complexa Roteador Network Média Complexa Gateway Qualquer Devagar Muito Complexa Dispositivos de Conexão

8 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 8 Repetidores Pega um sinal e o repete ! Pega um sinal e o repete ! Não apenas amplifica, tenta também regenerá-lo (eliminando ruídos) Não apenas amplifica, tenta também regenerá-lo (eliminando ruídos) Corresponde a camada 1 do modelo ISO Corresponde a camada 1 do modelo ISO Camada FísicaCamada Física Não tem a mínima noção da idéia de Frame Não tem a mínima noção da idéia de Frame o sinal é elétricoo sinal é elétrico portadoraportadora

9 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 9

10 1/4/ :54:40 10

11 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 11 Ethernet

12 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 12 Ethernet Colisão

13 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 13 Hubs Inicialmente: um concentrador de fiação Inicialmente: um concentrador de fiação Hubs mais modernos Hubs mais modernos stack (pilhas de hubs): max 10 (IBM) stack (pilhas de hubs): max 10 (IBM) SNMP ( Simple Network Management Protocol )SNMP ( Simple Network Management Protocol ) gerenciamento remoto do hub gerenciamento remoto do hub Portas bufferizadas: armazena framesPortas bufferizadas: armazena frames filtragem de pacotes: descarta frames ruinsfiltragem de pacotes: descarta frames ruins agem como repetidoresagem como repetidores Cada nó detém uma porção da largura de banda total da capacidade de transmissão do HUB !Cada nó detém uma porção da largura de banda total da capacidade de transmissão do HUB !

14 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 14 HUB

15 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 15 Interior do HUB

16 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 16 Hub Ethernet

17 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 17 Hub Ethernet Replica sujeira quando dois transmitem ao mesmo tempo Replica sujeira quando dois transmitem ao mesmo tempo Centralização da sujeira Centralização da sujeira Replicação de sinal Replicação de sinal

18 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 18 Hub Ethernet

19 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 19 Ethernet Usando HUB

20 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 20 Ethernet Usando Switch

21 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 21 HUB x Switch A B

22 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 22 Hub Token Ring Denominado MAU (Mediun Access Unit Multiport) Denominado MAU (Mediun Access Unit Multiport) Topologia física estrela e lógica em anel Topologia física estrela e lógica em anel

23 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 23 Hub Token Ring

24 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 24 Hub Token Ring

25 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 25 Tipos de Hub Bastidores Bastidores Rack Rack Stackable Stackable Mesa Mesa

26 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 26 Tipos de Hubs

27 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 27 Hubs de Mesa Dificuldade de crescimento Dificuldade de crescimento Não possuem portas para crescimento Não possuem portas para crescimento Interconexão por portas comuns Interconexão por portas comuns Não possuem performance adequada Não possuem performance adequada Sem gerenciamento Sem gerenciamento

28 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 28 Hubs de Mesa

29 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 29 Hubs empilháveis ou Stackable Portas específicas para interconexão Portas específicas para interconexão Formam backbone Formam backbone Gerenciáveis Gerenciáveis Rodam SNMP Rodam SNMP Gerenciamento RMON e MIB Gerenciamento RMON e MIB

30 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 30 Hub Empilháveis ou Stackable

31 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 31 Hub Chassi ou Modular Possui uma placa central Possui uma placa central Possuem a capacidade VLAN Possuem a capacidade VLAN Quando conectado a outros, formam um grande HUB chassi Quando conectado a outros, formam um grande HUB chassi Um por andar ! Um por andar ! Alto custo Alto custo Roda SNMP, MIB e RMON Roda SNMP, MIB e RMON

32 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 32 Hub Chassi ou Modular

33 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 33 Hub Collapsed Backbone Permite a criação de um grande backbone Permite a criação de um grande backbone Cabos ópticos Cabos ópticos Opera em alta velocidade o backbone Opera em alta velocidade o backbone Roda FDDI, ATM Roda FDDI, ATM

34 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 34 Diferença de HUB gerenciáveis Gerenciável Gerenciável Roda SNMPRoda SNMP TráfegoTráfego AlarmesAlarmes

35 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 35 Token Ring

36 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 36 Hub Token Ring

37 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 37 Bridges Mais inteligente que um repetidor Mais inteligente que um repetidor Camada 2 (Data Link) do modelo ISOCamada 2 (Data Link) do modelo ISO Entende o formato do Frame, portanto, é específica para uma determinada tecnologiaEntende o formato do Frame, portanto, é específica para uma determinada tecnologia Pode tomar decisões inteligentesPode tomar decisões inteligentes Filtra Frames Filtra Frames Reduz tráfego na redeReduz tráfego na rede

38 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 38

39 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 39 Filtragem de Frames Bridge possui CPU, memória e duas placas de rede. Bridge possui CPU, memória e duas placas de rede. Aprendizado adaptativo. (spanning tree algorithm) Aprendizado adaptativo. (spanning tree algorithm) Observa a rede em modo promíscuo (aceita para análise todos os frames que chegam a ela). Observa a rede em modo promíscuo (aceita para análise todos os frames que chegam a ela).

40 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 40

41 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 41 Uso de bridge - 1

42 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 42 Uso de bridge - 2

43 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 43 Um ciclo de Bridges

44 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 44Switches Tem a aparência de um hub Tem a aparência de um hub HUB: age como um longo fio compartilhadoHUB: age como um longo fio compartilhado SWITCH: simula uma rede com várias bridges!SWITCH: simula uma rede com várias bridges! Permite comunicação em paralelo Permite comunicação em paralelo aumentam performance da rede aumentam performance da rede agem também como um filtro agem também como um filtro qd um pacote chega, lê o header e o repassa ao segmento destino. qd um pacote chega, lê o header e o repassa ao segmento destino. Funcionam na camada 2 e 3 (Layer 3 Switches)Funcionam na camada 2 e 3 (Layer 3 Switches) Cada nó tem a capacidade total de transmissão do SwitchCada nó tem a capacidade total de transmissão do Switch

45 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 45

46 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 46

47 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 47 Layer 3 Switching Incorpora características de roteadores Incorpora características de roteadores Opera no nível 3 (redes) do modelo ISO/OSI Opera no nível 3 (redes) do modelo ISO/OSI Opera de modo idêntico a um roteador, mas tem otimização por hardware (tão rápido quanto um switch nível 2) Opera de modo idêntico a um roteador, mas tem otimização por hardware (tão rápido quanto um switch nível 2)

48 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 48 Roteadores Transfere dados de uma rede para outra (que podem ser fisicamente diferentes - frames diferentes) Transfere dados de uma rede para outra (que podem ser fisicamente diferentes - frames diferentes) Camada 3 (Redes) do modelo ISO. Camada 3 (Redes) do modelo ISO. Inteligente: tenta encontrar a melhor rota para o pacote. Inteligente: tenta encontrar a melhor rota para o pacote.

49 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 49

50 1/4/ :54:40 Prof. Roberto Amaral 50


Carregar ppt "Equipamentos de Conectividade Prof. Roberto Amaral."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google