A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CEMO - INCA. Dados Históricos INCA 1982-1983Projeto/ Fundação Mary E Flowers Out/84Primeiro TMO – –Mary Flowers, Luis Fernando Bouzas, Kadma Karriço e.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CEMO - INCA. Dados Históricos INCA 1982-1983Projeto/ Fundação Mary E Flowers Out/84Primeiro TMO – –Mary Flowers, Luis Fernando Bouzas, Kadma Karriço e."— Transcrição da apresentação:

1 CEMO - INCA

2 Dados Históricos INCA Projeto/ Fundação Mary E Flowers Out/84Primeiro TMO – –Mary Flowers, Luis Fernando Bouzas, Kadma Karriço e equipe 1986IBMTR Ampliação da Unidade de Internação 1998REDOME incorporado ao INCA 2000Programa Educacional do CEMO Projeto BSCUP 2003Reestruturação Administrativa e Física 2004Novo REDOME / REREME Certificação do BSCUP pela ANVISA Comemoração dos 20 anos do Primeiro TMO 2005 Divisão de Laboratórios Obras de ampliação Unidade Clínica e Hospital Dia 1000 Transplantes Realizados

3 Banco e Registros BSCUP – Banco de Sangue de Cordão Umbilical REDOME – Registro de Doadores Voluntários REREME – Registro de Receptores e Buscas

4 Transplantes Realizados 1984 – Agosto / 2005 (n =1000) 2004

5 Transplantes Realizados 1984 – Agosto/2005 (n =1000) Indicações

6 Transplantes Realizados 1984 – Agosto/2005 Por tipo

7 Transplantes Realizados 1984 – Agosto/2005 (n =1000) Fonte

8 Transplantes Realizados 1984 – Agosto/2005 Por faixa etária %

9 Sistema Nacional de Transplantes TCTH - Distribuição dos Centros Centros 8 Centros TCTH não aparentado

10 Centros de Transplante Vínculo (n = 33) Público17(51,52%) Privado09(27,27%) Misto07(21,21%) Universitário15(45,45%) Não Universitário18(54,55%)

11 Centros de Transplante Leitos Público138(60,26%) Privado 50(21,83%) Misto 41(17,90%) Total nos 33 centros 229

12 TCTH Realizados TIPO Histórico MO Alo Ap Alo Nap5*46*145 Autólogo Singênico3119 SPM Alo Ap Alo Nap2*4*20 Autólogo Singênico113 SCUP Alo Ap--19 Alo Nap5*4*117 Autólogo-11 Singênico--- TOTAL 7214 *1 Centro info histórica apenas 1 centro sem info e 3 centros sem histórico

13 População Brasileira

14 Instituto Nacional de Câncer Ministério da Saúde REREME REDOME

15 PROJETO – DR. JOSÉ ROBERTO F. MORAES 1993 – São Paulo 1998 – Rio de Janeiro (INCA ) 1998 – Rio de Janeiro (INCA ) REDOME- CEMO- INCA-RJ-MS Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea

16 PROJETO: Dr. José Roberto F. Moraes SP - FPS INCA-RJ- Desde set /98 REDOME Até 1998 poucos tinham o direito de realizar uma busca de doador no exterior para um transplante 1999 – Min. da Saúde/INCA – regulamentação dos TCTH Centros de Transplantes Laboratórios de imunogenética

17 CAMPANHAS DE CAPTAÇÃO DE DOADORES Até dez /2003 – aprox doadores Abril e Maio/ Programação das campanhas Junho/2004 – Campanha no INCA Junho/2004 a Julho/2005 –Crescimento de 200% na captação de doadores –Campanhas direcionadas em Empresas, Instituições e Municípios –Comunicação Social do INCA e parcerias –Apoio Hemocentros, Hemonúcleos, Orgãos públicos e Empresas

18 REDOME – EVOLUÇÃO DO BANCO DE DOADORES REDOME- CEMO- INCA-MS DOADORES Dados até jul/05

19 Tabela 1. Distribuição dos grupos étnicos declarados entre o registro de receptores (REREME) e doadores (REDOME) ETNIAREREME n (%) REDOME Diferença (%)* p ** Branca1.925 (70,4) (79,5) - 9,5 < 0,0001 Negra172 (6,29)4.451 (4,97) + 1,32 0,002 Amarela 24 (0,87) (1,22) - 0,35 0,1 Parda 606 (22,16) (14,22) + 7,94 < 0,0001 Indígena 7 (0,25) 64 (0,07) + 0,18 0,005 Não-declarada 415 (13,17) (13,16) + 0,01 0,98 Total (100) (100) 01 * Calculado como (porcentagem no REREME) – (porcentagem no REDOME) **Teste do qui-quadrado

20 Tabela 2. Distribuição das regiões geográficas declaradas entre o registro de receptores (REREME) e doadores (REDOME) RegiãoREREME n (%) REDOME Diferença (%)* p ** Centro-Oeste 197 (7,07) (1,91) + 5,16 < 0,0001 Nordeste 329 (11,8) 1756 (1,71) + 10,09 < 0,0001 Norte 57 (2,04) 479 (0,46) + 1,58 < 0,0001 Sudeste 659 (23,25) (53,84) - 30,19 < 0,0001 Sul (55,41) (42,05) + 13,36 < 0,0001 Não-declarada 363 (11,52) 695 (0,67) + 10,85 < 0,0001 Total (100) (100) 01 * Calculado como (porcentagem no REREME) – (porcentagem no REDOME) **Teste do qui-quadrado

21 Tabela 3. Distribuição por sexo entre o registro de receptores (REREME) e doadores (REDOME) SexoREREME n (%) REDOME Diferença (%)* p ** Masculino1.904 (60,55) (45,37) + 15,18 < 0,0001 Feminino (39,45) (54,63) - 15,18 < 0,0001 Total (100) (100) 01 * Calculado como (porcentagem no REREME) – (porcentagem no REDOME) **Teste do qui-quadrado Obs: Informação não-disponível para indivíduos (REREME = 5; REDOME = 6.687)

22 Tabela 4. Distribuição das faixas etárias entre o registro de receptores (REREME) e doadores (REDOME) Faixa etária (anos)REREME n (%) REDOME Diferença (%)* p ** < (51,8) 225 (0,23) + 51,57 < 0, a (14,73) (30,43) - 15,7 < 0, a (12,95) (32,26) - 19,31 < 0, a (8,77) (24,38) - 15,61 < 0, a (3,98) (11,12) - 7,14 < 0,0001 > (7,75) (1,56) + 6,19 < 0,0001 Total (100) (100) 01 * Calculado como (porcentagem no REREME) – (porcentagem no REDOME) **Teste do qui-quadrado Obs: Informação não-disponível para indivíduos (REREME = 14; REDOME = 6.938)

23 C O N C L U S Ã O demonstra ano a ano o incremento do doador brasileiro no cenário dos transplantes com doador não aparentado; Expansão do REDOME demonstra ano a ano o incremento do doador brasileiro no cenário dos transplantes com doador não aparentado; ( projeto em andamento) vai proporcionar cada vez mais a utilização do doador nacional (medula + cordão), podendo a médio prazo, substituir a busca internacional; Integração do BrasilCord ( projeto em andamento) vai proporcionar cada vez mais a utilização do doador nacional (medula + cordão), podendo a médio prazo, substituir a busca internacional; Distribuição mais equilibrada dos doadores por região Distribuição mais equilibrada dos doadores por região deve ser otimizada; Inclusão de mais centros transplantadores não Inclusão de mais centros transplantadores nãoaparentados; da inclusão dos doadores e receptores via direta Agilização da inclusão dos doadores e receptores via direta ( em processo de finalização REDOME Net - REREME) ( em processo de finalização REDOME Net - REREME)

24 T C T H - TIPO DE DOADOR JULHO 2005 SCUP = 53 % MO = 47 % N = 217 transplantes em 211 pacientes

25 TCTH - ORIGEM DO DOADOR JULHO pacientes 217 transplantes Internacional 74 % BRASIL 26 %

26 Doador Internacional 53 % Doador REDOME 47 % PACIENTES AGUARDANDO T C T H JULHO 2005 N = 7 4 pacientes

27 T C T H (19 meses) N = 119 TX – 115 pacientes N = 119 TX – 115 pacientes 26,4% 91 % 73,6 % 9 % CB = 56 % MO = 44 %

28 PROGRAMA NACIONAL Sangue de Cordão Umbilical BrasilCord - RENACORD BSCUP REDOME Registro de Doadores Voluntários de Medula Óssea Centro de Transplante BSCUP Plataforma II A. Einstein USP Rib. Preto UNICAMP Plataforma I BSCUP INCA

29 BSCUP INCA 2005 –Superando a marca de 1000 unidades criopreservadas –Expansão da capacidade de armazenamento –Liderança do BrasilCord

30 Agradecimentos CENTRAIS DE NOTIFICAÇÃO, CAPTAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE ORGÃOS (CNCDOs) HEMOCENTROS LABORATÓRIOS de IMUNOGENÉTICA CENTROS de TRANSPLANTE INFORMÁTICA E COMUNICAÇÃO SOCIAL DO INCA INICIATIVA PRIVADA (ONGs. Empresas etc)) REREME / REDOME EQUIPE CEMO/INCA NUCLEO DE INFORMAÇÃO, ENSINO E PESQUISA DIVISÃO DE LABORATÓRIOS DIVISÃO DE ENFERMAGEM DIVISÃO DE ASSISTÊNCIA MÉDICA ADMINISTRAÇÃO OUTROS PROFISSIONAIS DO INCA

31 Uma Parceria que vai fazer muita gente pequena mais feliz

32 Servirá de exemplo para muitas outras participações

33


Carregar ppt "CEMO - INCA. Dados Históricos INCA 1982-1983Projeto/ Fundação Mary E Flowers Out/84Primeiro TMO – –Mary Flowers, Luis Fernando Bouzas, Kadma Karriço e."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google