A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Defesa de Estágio Supervisionado por Marcos Paulo Nery e Silva Estágio realizado na sede da Prefeitura Municipal de Lagoa Dourada no período de 28 de agosto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Defesa de Estágio Supervisionado por Marcos Paulo Nery e Silva Estágio realizado na sede da Prefeitura Municipal de Lagoa Dourada no período de 28 de agosto."— Transcrição da apresentação:

1 Defesa de Estágio Supervisionado por Marcos Paulo Nery e Silva Estágio realizado na sede da Prefeitura Municipal de Lagoa Dourada no período de 28 de agosto de 2006 a 28 de março de 2007 sob orientação do Professor Dr. Erivelton Geraldo Nepomuceno. Junho de 2007

2 1. Introdução 1/33 A dependência crítica da economia moderna em relação a energia em suas diversas formas, salienta a necessidade de um uso mais racional e efetivo por toda sociedade, dos recursos energéticos Tornar produtos ou serviços mais eficientes, mesma qualidade com menor consumo de energia Diminuir a agressão ao meio ambiente Investir em atividades de maior interesse da população

3 1. Introdução 2/33 As edificações públicas apresentam oportunidades significativas de economia de energia Gerenciamento da Instalação Adoção de equipamentos tecnologicamente mais avançados e eficientes Alterações de algumas características arquitetônicas Alterações dos hábitos dos usuários e algumas rotinas de trabalho

4 2.1 Caracterização da Empresa 3/33

5 Espaço físico de 768 m² Área construída de 1050 m² Mantém 405 funcionários ao todo Mantém 29 funcionários na sede Horário de funcionamento de 9:00h às 11:00h e de 13:00h às 17:00h Emprega mais de 3% de seus habitantes, comparativamente Santa Cruz de Minas emprega 2,3% 2.1 Caracterização da Empresa 4/33

6 Pesquisa Bibliográfica Pesquisa de Campo Análise de Dados Orçamento da Iluminação sugerida Possibilidades e Resultados de Investimentos Divulgação dos resultados para a Prefeitura Descrição das atividades desenvolvidas durante o Estágio 5/33

7 2.2.2 Metodologia 6/33 Estimativa do Consumo de Energia Elétrica C Iluminação = 0,001 x 22 x t x (P Lâmpada + P Reator ) [kWh] (i) C Eq.Informática = 0,001 x 22 x t x P Eq.Informática [kWh] (ii) C Outros = 0,001 x 22 x t x P Outros [kWh] (iii)

8 2.2.2 Metodologia 7/33 Dados necessários ao Cálculo Luminotécnico Dimensões do Ambiente Pé direito Altura do plano de trabalho Altura de suspensão da luminária Refletâncias do teto, parede e piso Fluxo luminoso da lâmpada escolhida Tipo de luminária a ser utilizada Iluminância necessária ao ambiente segundo a NBR 5413

9 2.2.3 Eficiência Energética na Arquitetura 8/33 o A arquitetura também também deve ser vista como um elemento que precisa ter eficiência energética o As particularidades da sede da Prefeitura Municipal de Lagoa Dourada já implicam em gastos reduzidos com energia elétrica, mas ainda é possível aumentar a economia

10 2.2.4 Indicadores de Eficiência 9/33 o A caracterização do consumo foi realizada com o intuito de se obter índices para indicar o total de energia consumida para a prestação de algum serviço

11 2.2.4 Indicadores de Eficiência 10/33 Dados de jan/2007 a mar/2007 Municípios kWh/Mês Funci. Sede Funci. Total População jan/07fev/07mar/07 L D S C M

12 2.2.4 Indicadores de Eficiência Média de Janeiro a Março de 2007 Municípios(kWh/Mês) Funci. Sede Funci. Total População Lagoa Dourada Santa Cruz de Minas /33

13 2.2.4 Indicadores de Eficiência Índices de Lagoa Dourada e Santa Cruz de Minas MunicípiosE-SFunciE-TFunciE-Popula Lagoa Dourada23,9381,7140,056 Santa Cruz de Minas46,4873,2670,075 12/33

14 2.2.4 Indicadores de Eficiência Índices de Lagoa Dourada Lagoa DouradaE-SFunciE-TFunciE-Popula Antes23,9381,7140,056 Depois18,1881,3020,042 13/33

15 2.2.6 Carga Instalada Uso FinalCarga Instalada (W) Iluminação4871 Outros Equipamentos3736 Informática3371 Total /33 o Carga Instalada é o somatório da potências nominais dos equipamentos elétricos de um unidade consumidora que, após a conclusão dos trabalhos de instalação, estarão em condições de entrar em funcionamento (ND-5.1 – CEMIG)

16 2.2.6 Carga Instalada 15/33

17 2.2.8 Situação após as Substituições na Iluminação (NBR 5413) 16/33 o Lâmpadas e Calhas são substituídas o Consumo atual 190 kWh o Consumo após as substituições 186 kWh o Redução de 4 kWh/Mês o Investimento de R$ 10941,00

18 2.2.9 Situação após as Substituições na Iluminação (sem análise Luminotécnica) 17/33 o Fluorescentes tubulares de 20W por de 16W o Fluorescentes tubulares de 40W por de 32W o Incandescentes de 100W por compactas de 23W

19 2.2.9 Situação após as Substituições na Iluminação (sem análise Luminotécnica) 18/33 o Consumo atual 190 kWh o Consumo após as substituições 126 kWh o Redução de 64 kWh/Mês o Investimento de R$ 2060,10

20 Situação atual do Consumo de Energia Elétrica Consumo (kWh/mês) Total (kWh/mês) PrefeituraCâmara Iluminação Informática Outros Equipamentos Total /33

21 Situação atual do Consumo de Energia Elétrica Gasto/mês (R$) Total (R$) PrefeituraCâmara Iluminação101,6524,57126,22 Informática162,0525,73187,78 Outros Equipamentos120,2655,61175,86 Total383,96105,90489,86 20/33

22 Situação atual do Consumo de Energia Elétrica 21/33

23 Histórico do Consumo de Energia de Jan/2005 até Mar/2007 – Fonte CEMIG o 914 kWh (valor médio) o R$ 459,36 (valor médio) 22/33

24 Proposta de Redução no Consumo dos Equipamentos de Informática o Todos os Equipamentos de Informática correspondem a 43% do consumo de energia elétrica mensal o Na sede da Prefeitura existem 16 microcomputadores que equivalem a 3 computadores ligados 23 horas/dia 23/33

25 Proposta de Redução no Consumo dos Equipamentos de Informática o Monitor, CPU e Estabilizador consomem 172W o Só o Monitor 103W o 261 kWh/Mês (somente microcomputadores) o Monitor LCD 15 36W o De 172W passa a ser de 105W 24/33

26 Proposta de Redução no Consumo dos Equipamentos de Informática o Após as substituições o consumo com os microcomputadores passaria de 261 kWh para 159 kWh/Mês o Redução total de 39% do consumo referente aos microcomputadores o Economia mensal de R$ 54,45 o Investimento inicial R$ 9264,00 25/33

27 Proposta para Outros Equipamentos 26/33 o Medidas de educação e de treinamento, tipicamente resultam em redução do consumo de energia da ordem de 5% após o período de um ano (PROCEL, 2005) o Esperamos uma economia de 3% o Redução de 7kWh/Mês o Investimento inicial muito baixo

28 3. Conclusões 27/33 o Com a adequação luminotécnica não há retorno financeiro, mas sim na qualidade luminosa do ambiente de trabalho o Os investimentos nos Usos Finais Iluminação e Informática revelam-se muito altos. A substituição gradativa é indicada o Decisões tomadas conjuntamente entre Prefeitura e Câmara

29 3. Conclusões 28/33 o Redução de 173 kWh/Mês (24%) o Economia de R$ 92,39 por mês ou R$ 1108,68 por ano Prefeitura Consumo (kWh/mês) Percentual AntesDepois Iluminação ,68% Informática ,55% Outros Equipamentos ,11% Total ,06%

30 3. Conclusões 29/33

31 4. Sugestões 30/33 o Pesquisar as lâmpadas disponíveis no comércio local antes de escolhê-las o Não contar com respostas rápidas aos pedidos de informações o Criação de um disciplina eletiva voltada para a Eficiência Energética

32 5. Referências Bibliográficas 31/33 o ABNT. NBR 5413, o BORENSTEIN, Carlos Raul; CAMARGO, C. Celso de Brasil. O Setor Elétrico no Brasil: Dos desafios do passado às alternativas do futuro. Porto Alegre: Sagra Luzzatto, p. o CEMIG. ND - 5.1, o CREDER, Hélio. Instalações Elétricas. 14. ed. rev. e atualizada. Rio de Janeiro: LTC – Livros Técnicos e Científicos Editora S. A., p. o GUIMARÃES, Ronaldo, et. al. Conservação de Energia: O Uso Inteligente e Eficiente da Energia Elétrica na UFSJ. São João del - Rei: UFSJ, p.

33 5. Referências Bibliográficas 32/33 o LAMBERTS, Roberto; DUTRA, Luciano; PEREIRA, Fernando Oscar Ruttkay. Eficiência Energética na Arquitetura. São Paulo: PW Gráficos e Editores Associados Ltda p. o RODRIGUES, Pierre. Manual de Iluminação Eficiente. Procel – Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica: p. o Acessos no período de setembro de 2006 a maio de 2007 o o o o o

34 Agradecimentos 33/33 o À Prefeitura Municipal de Lagoa Dourada por permitir e colaborar com a aquisição de dados referentes ao seu funcionamento o Ao estudante de engenharia e funcionário da prefeitura, Leandro Dutra de Resende, pelo convite para realizar esse estágio o À Universidade Federal de São João del-Rei, por perceber a relevância de trabalhos voltados ao bem comum o Graças à sinergia produzida pela colaboração de familiares, professores, amigos e de meu orientador, tornou-se possível a realização deste trabalho. A todos eles, minha homenagem


Carregar ppt "Defesa de Estágio Supervisionado por Marcos Paulo Nery e Silva Estágio realizado na sede da Prefeitura Municipal de Lagoa Dourada no período de 28 de agosto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google