A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Qual o caminho da felicidade?. Aristóteles fez uma análise do agir do homem. Entendia o filósofo que todo conhecimento e todo trabalho que o ser humano.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Qual o caminho da felicidade?. Aristóteles fez uma análise do agir do homem. Entendia o filósofo que todo conhecimento e todo trabalho que o ser humano."— Transcrição da apresentação:

1 Qual o caminho da felicidade?

2 Aristóteles fez uma análise do agir do homem. Entendia o filósofo que todo conhecimento e todo trabalho que o ser humano realiza, visa algum bem, sendo esse bem a finalidade de toda ação. O filósofo queria saber qual seria o mais alto de todos os bens que o homem pode alcançar com qualquer ação. Como resposta, ele afirmou que era a felicidade.

3 Contudo, Aristóteles afirmava cada pessoa responde de maneiras diferentes o que é felicidade. O que é felicidade pra uma pessoa, não vai ser, necessariamente, a resposta de outra. Cada um tem sua singularidade, pois no processo de nossa educação familiar, religiosa e escolar, aprendemos a identificar o que é felicidade com os valores que sustentam nossas ações.

4 Tudo que o homem realizou consistiu em criar condições para que o homem fosse feliz. As religiões, conquistas tecnológicas, teorias da ciência e arte, são criações do ser humano para apresentar condições que levassem à felicidade.

5 Escolas Gregas

6 Os cínicos Esse grupo, iniciado por Antístenes, pregava que o único caminho para a felicidade era viver com simplicidade e ser virtuoso. Diógenes, que fazia parte desse grupo, passou a viver como um cachorro, demonstrando enorme desprezo pela riqueza. Foi assim que esse grupo foi chamado de cínicos, pois vem do grego e significa como um cachorro.

7 Os piores escravos são aqueles que estão constantemente servindo as paixões. Diógenes Consulta o olho do teu inimigo, porque ele é o primeiro a enxergar teus defeitos. Antístenes

8 Os estóicos Foram os primeiros filósofos a acreditar em uma razão cósmica em funcionamento no universo, achando que nada acontece por acaso. Para Zenão, fundador do estoicismo, viver virtuosamente significa elevar-se além da paixão, ver a dor e o prazer com indiferença e ajudar os outros, sendo este o caminho para a verdadeira felicidade. Considerando que a natureza lhe deu duas orelhas e uma boca, ele afirmava que seria melhor ouvir do que falar.

9 A natureza deu-nos duas orelhas e uma só boca para nos advertir de que se impõe mais ouvir do que falar. Zenão Todos nós podemos errar, mas a perseverança no erro é loucura. Zenão

10 Os epicuristas Epicuro, fundador do epicurismo, ao contrário dos estóicos, não acreditava no destino. Para esse grupo, a ideia de prazer seria a ausência de dor. Eles queriam libertar as pessoas do medo criado pela ignorância e pela superstição.

11 A justiça é a vingança do homem em sociedade, como a vingança é a justiça do homem em estado selvagem. Epicuro O prazer não é um mal em si; mas certos prazeres trazem mais dor do que felicidade. Epicuro

12 s/player.aspx?uf=2&contentID=220043&ch annel=47 s/player.aspx?uf=2&contentID=220043&ch annel=47 story.com/v/76YJJYPW09I4 story.com/v/76YJJYPW09I4


Carregar ppt "Qual o caminho da felicidade?. Aristóteles fez uma análise do agir do homem. Entendia o filósofo que todo conhecimento e todo trabalho que o ser humano."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google