A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Polarimetria no LNA: Um Guia para o Usuário Antonio Mario Magalhães, Antonio Pereyra & Alex Carciofi IAG-USP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Polarimetria no LNA: Um Guia para o Usuário Antonio Mario Magalhães, Antonio Pereyra & Alex Carciofi IAG-USP."— Transcrição da apresentação:

1 Polarimetria no LNA: Um Guia para o Usuário Antonio Mario Magalhães, Antonio Pereyra & Alex Carciofi IAG-USP

2 Grupo de Polarimetria no IAG-USP: Dr. Antonio Mario Magalhães (PI) Dr. Antonio Pereyra (Pos-doc) Dr Alex Carciofi (Pos-doc) Dra. Rocío Melgarejo Luciana de Matos (Mestrado) Rodolfo Valentim (Mestrado) Flaviane Venditti, Viviana Sayão, Fernanda Geraissate, Cássio Alves (Graduação, IF–USP) Dra. Cláudia Rodrigues (INPE/DAS)

3 Polarimetria no LNA Instrumento: IAGPOL –Gaveta polarimetria –Modos de operação: Imagem: –Fontes pontoais –Fontes extensas –Óptico (c/ CCDs) –Infravermelho (c/ CamIV) Espectropolarimetria –c/ EIFU

4 IAGPOL

5 Modos: Óptico vs. Infravermelho IAGPOLIAGPOL Detetor: CCD Óptico IV Retardador Giratório IV Roda de Analisadores: Savart plate Savart plate Polaroid (opt.) Polaroid (IV) Roda de Filtros B,V,R,I Clear Optical axis Wheel rotation axis CamIV + filtro H

6 Lamina retardadora

7

8 Savart Plate

9

10 Modulação (lamina+Savart plate)

11 Intensidade transmitida, através de: lamina /2 ( τ = 180°) + Savart: I( i ) = ½ [I ± Q cos 4 i ± U sin 4 i ] lamina /4 ( τ = 90°) + Savart: I( i ) = ½ [I ± ½ Q (1+cos 4 i ) ± ½ U sin 4 i V sin 2 i ] lamina ( τ ) + Savart: G = ½ (1 + cos τ ); H = ½ (1 - cos τ ) I( i ) = ½ [I ± Q (G + H cos 4 i ) ± U H sin 4 i V sin τ sin 2 i ] Medindo a Polarização Ni +Ni + Ni –Ni –

12 Polarimetria Óptica PCCDPACK Polarimetria Óptica PCCDPACK Pereyra 00

13 HD (padrão polarizada óptica: /2 + Savart) Z P R =(5.67 (Tapia 88) P = (Q 2 + U 2 ) ½ 100 θ = ½ tan -1 (U/Q)

14

15

16

17 Polarimetria IV IAGPOL + CamIV (H)

18 Calibração c/ prisma de Glan GLAN retardador analisador filtro detetor

19 Calibração c/ prisma de Glan Angulo entre eixo óptico do retardador e o plano de polarização do analisador. Rms vs zero p/ solução do Glan. Mínimo obtido p/ zero = 35° e 80°.

20 Retardancia efetiva p/ o retardador (c/ zero conhecido, paso previo) Calibração c/ prisma de Glan Rms vs τ p/ solução do Glan (c/ zero = 35°). Mínimo obtido p/ τ = 147°.

21 Calibração c/ prisma de Glan Melhor solução (zero=35°, τ = 147°): P = (97.10 ± 134.0° V = (1.19 ± 0.65)% i z

22 Retardador óptico /2 (800nm) H ( ~ 141°) 180° 144° 162° Fornecedor: Meadowlark

23 Retardador IV /4 ( )nm H ( ~ 87°) Fornecedor: Halle 90.0° 86.4° 82.8°

24 Aplicações

25 Meio Interestelar

26 Nuvem Escura de Musca Feitzinger & Stüve 84

27 2.5°x2.5° DSS

28 Pereyra & Magalhães 00

29 Pereyra & Magalhães 00

30 Pereyra & Magalhães 00

31 IRAS

32

33 2 % 2MASS (H) DDS (visual) IRAS x9 Pereyra & Magalhães 05

34 Regiões HII

35 RCW 49 Churhwell et al. 04 LNA 04 H J+H+K WR20b WR20a

36 Envelopes de Objetos Evoluídos

37 PPN Hen Ueta et al. 00 HST,.55 m

38 Rodrigues et al. 03 PPN Hen LNA jun/05 PH (observado): ( ° PH (foreground) ~ 0.4% PH (intrínseco) ~ ( )% (H)obs. // (óptico)obs.

39 Alvos de Ocassião

40 A: (0.58 ± 25° B: (0.06 ± 21° (1.97 ± 0.48) 83° R ~ 16 1: (0.25 ± 30° 2: (0.47 ± 89° A B OT LNA 03/mar/31 (R) LNA 03/mai/31 (R) GRB Magalhães et al x16 8x8

41 SN2004bv (Ia) Pereyra & Magalhães 05 SN: ( ° Foreground: ( ° R ~ 14.5

42 SN2005bv (II) 13fev05 ( ° 16fev05 ( ° 21fev05 ( ° LNA R

43 SN foreground SN

44 Espectropolarimetria IAGPOL + EIFU (Poster #85)

45 EIFU Lepine 00

46 Imagem EIFU 2D reconstruída Fibras extraídas (apertura: 2pix = 2) Sky Feixe Ordinário (O) Feixe Extraordinário (E) E O EIFU + IAGPOL: Dados

47 HD (padrão pol.) ( ° (bin: 0.3Å)

48 HD (padrão pol.) ( ° (bin: 10Å)

49 HD (padrão pol.) P(R): ( ° Tapia 88 Correção: = +21.2° (bin: 0.3Å)

50 RY Tau (T Tau) ( ° (bin: 0.3Å)

51 RY Tau (T Tau) ( ° (bin: 10Å)

52 Pol. Observada (continuo) Pol. Interestelar Pol. Intrínseca Q U RY Tau (T Tau) Pol. Observada: ( ° Pol. Interestelar: 26.0° (Ménard & Bastien 92) Pol. Intrínseca: ( )% 143.9° Akeson et al. 03 mm (PA ~ 60°)

53 RY Tau (T Tau) int = 0.5 tan -1 ( U/ Q) = 132.0°

54 Polarimetria c/ SPARTAN no SOAR

55 Polarimetria de Imagem IV Problema: Polarização Instrumental (P.I.) do espelho terciario. Estimativas:J ~ 2.2% K ~ 1.2% Objetos do campo para determinação de P.I. Configuração sugerida: Mascara no plano focal + Prisma de Wollaston no feixe colimado + Giro do campo do tel. em passos de 45° Wollaston Normal: 0°, 45°, 90°, 135° Wollaston WedDoWo: 0°, 45°

56 Espectropolarimetria IV Problema: Polarização Instrumental (P.I.) do espelho terciario. Estimativas:J ~ 2.2% K ~ 1.2% Objetos do campo para determinação de P.I. Configuração sugerida: Mascara no plano focal + Prisma de Wollaston no feixe colimado (roda sup.) + Giro do campo do tel. em passos de 45° Wollaston WedDoWo: 0°, 45°,

57 Futuro no LNA …

58 IAGPOL -2

59

60 FIM


Carregar ppt "Polarimetria no LNA: Um Guia para o Usuário Antonio Mario Magalhães, Antonio Pereyra & Alex Carciofi IAG-USP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google