A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Primeira Igreja Batista de Itapetinga Ensinando Para Transformar Vidas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Primeira Igreja Batista de Itapetinga Ensinando Para Transformar Vidas."— Transcrição da apresentação:

1 Primeira Igreja Batista de Itapetinga Ensinando Para Transformar Vidas

2 SATANISMO A IGREJA DE SATANÁS I – DEFINIÇÃO Satanismo é o termo geral para adoração de Lúcifer ou Satanás. O Satanismo não deve ser confundido com a Bruxaria. A Igreja do Diabo distingue-se da Bruxaria no sentido de que dedica-se à antítese do Deus da Bíblia. O Satanismo cresceu a partir de uma reação contra o Cristianismo. Relatos documentados de atividades de grupos satanistas datam do séc. 17, na Europa e na América. A religião satânica moderna é caracterizada pela busca do hedonismo e pela rejeição a toda forma de cristianismo, é uma rebelião ao sistema de governo atual. Que tende a oferecer ao ser humano uma liberdade irrestrita no que tange as normas de comportamento e moral estabelecidas, chocando-se claramente com a filosofia cristã de vida.

3 A história do Satanismo moderno começa com a vida de Aleister Crowley ( ). Criado numa igreja dos irmãos de Plymouth, resistiu aos ensinamentos do Cristianismo desde a sua juventude. Crowley preferia os personagens maus da Bíblia do que os bons e quando sua mãe lhe disse que ele era a Grande Besta 666, do Apocalipse, aceitou alegremente a identificação. Crowley era a personificação da decadência do Fin- de-siecle, com seus hinos e paixões, seu ódio pelo Cristianismo e sua admiração romântica pelo mal e por Satanás. Crowley teve uma revelação, enquanto estava no Cairo, Egito. Foi visitado por um anjo chamado Aiwaz. Então, começou a anotar as revelações que alegou ter recebido. Posteriormente, tais ditados tornaram-se a base para seu livro The Book of the Law [O Livro da Lei]. Os maiores axiomas do satanismo. II - CONTEXTO HISTÓRICO

4 Em 1916, enquanto vivia em New Hampshire, elevou a si próprio à posição de mago. Durante a sua cerimônia de iniciação, batizou um sapo, a quem chamou de Jesus Cristo e, em seguida, o crucificou. Crowley acreditava que a prática da perversão sexual e o uso de drogas destruíam qualquer senso de moralidade a consciência. Isso, por sua vez, capacitava a consciência, agora isenta do senso de dever ou de lei, a viver sob a influência de seres espirituais poderosos. Crowley faleceu, quando voltou para Hastings em No entanto, não morreu em paz.

5 III – A CONCEPÇÃO SOBRE A PESSOA DE SATANÁS Há duas maneiras pelas quais os satanistas encaram o diabo. Alguns grupos acreditam que Satanás existe e é uma força poderosa que, quando cultuada, dará recompensas aos devotos comprometidos com sua causa. Satanistas deste grupo sentem-se compelidos ao oferecer sacrifício ao diabo. Às vezes, crianças são sacrificadas sobre altares durante a missa negra, o ponto principal do culto satânico. O uso de animais é mais comum. Porém, existem os satanistas em geral que não acreditam na existência do diabo, mais praticam suas artes, por uma variedade de outras razões. Da maneira como emergiu em meados da década de 60, o Satanismo contemporâneo é dividido entre três realidades distintas: (1) satanistas solitários; (2) cultos ilegais e (3) igrejas neosatanistas. Existem três significados básicos que são usados para descrever alguns grupos de Satanismo, a saber: Satanismo Religioso, Satanismo gótico e Satanismo filosófico.

6 Satanismo Gótico: A palavra Satanismo às vezes é usada como um nome moderno para lendas Cristãs introduzidas durante a idade média. A Igreja ensinou que algumas "Bruxas", principalmente as mulheres, adoravam Satanás. Diziam que elas faziam juramento para entregarem suas vidas ao príncipe das trevas; seqüestravam e matavam bebês; dedicaram suas vidas a prejudicarem outros pelo uso de maldições e magia negra e voavam pelo ar em cabos de vassoura; Este tipo de "Satanismo" não existia então e não existe hoje tão pouco. Um dos casos mais conhecidos que popularizou esse tipo de satanismo foi o das Bruxas de Salém em Satanismo Religioso: Alguns destes são adultos que adoram uma deidade pré-cristã, por exemplo, "Set" - o deus egípcio. Há até uma igreja com esse nome chamada de, Templo de Set, esta é uma ramificação da igreja de Satanás fundada em Outros são Ateus ou Agnósticos que não vêem Satanás como uma entidade viva; eles o vêem como um símbolo de poder, vitalidade e prazer.

7 Dabblers satânicos: Estes são adolescentes tipicamente rebeldes que criaram sua própria forma de magia negra. Alguns alegam que é o satanismo religioso junto com outras religiões do neopaganismo que são tipicamente responsáveis pela pichação satânica que é visto ocasionalmente nos lados de edifícios. Alguns Dabblers podem sacrificar um gato ou cachorro pequeno em seus rituais; mas isto é bastante raro.

8 IV - A IGREJA DE SATANÁS O maior e o mais tradicional grupo de satanistas dentro do Satanismo Religioso é a Igreja de Satanás, ANTON SZANDOR LAVEY fundou a Igreja de Satanás em 1966, em São Francisco, CA, em 30 de abril. La Vey descreve sua forma particular de Satanismo no livro The Satanic Bible [A Bíblia Satânica], publicado em O livro inicia com uma explicação de LaVey do motivo por que ele veio a aceitar a filosofia hedonista. Aos 16 anos, LaVey tornou-se músico de uma boate, e nessa época diz ele que observava, nos sábados à noite, "homens olhando com luxúria as moças que dançavam na boate, e no dia seguinte, enquanto eu tocava órgão em uma igreja situada no mesmo quarteirão onde ficava a boate, via esses mesmos homens sentados nos bancos com suas esposas e filhos, pedindo a Deus que lhes perdoasse e os purificasse dos desejos carnais. Mas no sábado seguinte, lá estavam de volta à boate ou a outro lugar de vício. Concluí então que a igreja cristã prospera na hipocrisia e que a natureza do homem termina por domina-lo"( Anton Szandor LaVey, A Bíblia satânica, Avon Books, Nova York, N. Y., 1969).

9 Os temas de La Vey são bem aceitos nas subculturas do rock e das drogas, mas sua influência nos principais valores da classe média não devem ser subestimada. O materialismo e o hedonismo são as duas principais filosofias propostas por La Vey. Embora rejeitem as ruidosas e desagradáveis referências a Satanás, muitas pessoas são atraídas pela ênfase do direito que o indivíduo tem de satisfazer seus desejos naturais.

10 IV – SEDUÇÃO DO SATANISMO As pessoas, que se envolvem com as formas modernas de Satanismo, frequentemente são influenciadas pelas drogas e músicas do estilo de rock pesado e sexo ilícito. Algumas encaram essas práticas como um meio de extravasar a hostilidade, enquanto outras buscam no Satanismo uma forma de se revelar contra as autoridades. Os Satanistas buscam a liberdade dos costumes tradicionais dos valores éticos e morais das instituições. Muitos contam que tiveram uma atração natural pelo diabo e pela religiosidade proibida. As letras das músicas de muitas bandas de rock pauleira têm os temas comuns de rebelião contra as autoridades, a favor do sexo pré-nupcial, adultério, uso das drogas e das práticas ocultistas.

11 A música, porém, é apenas um dos muitos veículos usados pelos satanistas. Como já foi mencionado, existem numerosas causas para o apelo e o interesse das pessoas ao Ocultismo. Algumas são atraídas pelas figuras de autoridades carismáticas que fazem sucesso em atrair outros para si. O interesse pelo futuro, tema comum da Nova Era, apresenta-se como um outro meio de sedução. A Bíblia Satânica de La Vey começa com um tema apropriado para os satanistas. Os seguidores do diabo herdarão um lugar de proeminência na nova ordem mundial. Assim, como as pessoas sentem-se desiludidas com o passado e o presente, os satanistas colocam a esperança no futuro.

12 V - DECLARAÇÕES SATÂNICAS As nove declarações Satânicas formam o cerne das convicções da Igreja de Satanás. Eles foram escritos por Anton La Vey. Em forma abreviada, declaram que Satanás representa: 1. Satanás representa a licenciosidade, em vez da abstinência e autocontrole. (Ap. 12.9; II Tm ) 2. Satanás representa a existência vital, em vez de sonhos espirituais ilusórios. (Lucas 8.12) 3. Satanás representa a sabedoria incontaminada, em vez de auto-engano hipócrita. (Jo 8.44; Mc 8.33) 4. Satanás representa bondade aos que a merecem, em vez de amor desperdiçado com ingratos. (Jo 8.44)

13 5. Satanás representa a vingança, e não o oferecimento da outra face. 6. Satanás representa responsabilidade para como os responsáveis, em vez de preocupação pelos vampiros psíquicos. 7. Satanás vê o homem exatamente como um simples animal, às vezes melhor, todavia mais freqüentemente pior do que os que andam sobre quatro patas, e devido ao seu "desenvolvimento espiritual e intelectual divino", tem-se tornado o mais feroz de todos os animais. 8. Satanás representa todos os assim chamados pecados, visto que todos eles conduzem à satisfação física, mental e emocional. (At 10.38; Jo 10.10) 9. Satanás tem sido o melhor amigo que a igreja já teve, visto que ele a tem mantido ativa durante todos esses anos.

14 VI - TEOLOGIA SATÂNICA Pessoas criaram deuses em muitas formas; escolha um que poderá lhe ser útil. Céu e inferno não existem. Satanás não é relacionado com o conceito cristão moderno do diabo. Os satanistas vêem Satanás como um princípio de vida pré-cristão que representa os aspectos carnais, terrestres, e mundanos de vida. Satanás não é um ser, uma entidade viva; ele é uma força de natureza. (I Jo 3.8) O Satanismo é contra adorar deuses, demônios ou pessoas. O satanista é seu próprio Deus. As imagens de Satan, Lúcifer, etc., que usa nos rituais, servem apenas para expressar o "lado negro" da sua natureza humana, para completa integração do Self. (www.metalrevolution.net/textos/SatanismoI.htm)www.metalrevolution.net/textos/SatanismoI.htm

15 A vida humana é celebrada e considerada sagrada. (Mt ) ¨O satanismo não tem nada a ver com o sacrifício humano, molestar animais ou crianças, queimar igrejas, violar cemitérios, participar de orgias sexuais, pactos com o diabo e outras idéias idiotas, mas é a religião do poder individual buscando o engrandecimento do Eu (não do ego), em que o ser humano, a par de ser um animal, como todos os outros, procura realizar sua condição de Deus. Portanto, se você é alguém se dizendo satanista e praticando estes atos, mude os seus atos. Satanismo não é moral, mas é ético, mesmo discordando de muitas leis, nós as respeitamos.¨( O mais importante feriado Satânico é o aniversário de Satanás (30 de Abril). O de menos importância é: O dia das Bruxas (noite de 31 de outubro), mas ambos são igualmente comemorados. Missas negras (paródia com o ritual Católico Romano) normalmente não é executado por Satanistas regularmente (exceto em ocasiões raras)

16 VII - REGRAS DE COMPORTAMENTO A Oração é inútil, pois distrai as pessoas. Matança no ritual (de humanos ou animais) viola os princípios Satânicos. O Sangue tirado de uma vítima é inútil. As vítimas são mortas simbolicamente não de fato. Os membros desfrutam de indulgência em vez de abstinência. Eles praticam com alegria todos os sete pecados cristãos mortais (ganância, orgulho, inveja, ódio, glutonaria, luxúria e indolência). Se um homem bater em sua face retribua batendo na outra face dele também. Façam aos outros como eles fazem a você.

17 Se ocupe livremente de atividades sexuais, conforme suas necessidades exigem (que podem ser com um só parceiro ou tendo sexo com muitos outros; pode ser do tipo heterossexual, homossexual ou bissexual, usando fetiches sexuais como você desejar, mas o ideal é uma relação monógama baseado em compatibilidade e compromisso). (Ef 5.3-7) O suicídio é praticamente proibido. O Satanista não precisa de nenhuma lista elaborada e detalhada de regras de comportamento. (Gl 5.13; II Pe 2.19) Para fazer parte e ser associado ao grupo é necessário ser de idade adulta, a menos que um adolescente obtenha a permissão escrita do pai ou responsável.

18 VIII – Contrastes com o Cristianismo. A Igreja sempre abominou a Satanismo e suas realizações. As advertências Bíblicas contra todas as práticas de Ocultismo são claras (Lv ;20.6; Dt ; ; Is ; Jr 29.8,9; etc.). Além disso a Bíblia considera Satanás o deus deste século (2Co 4.4), o qual é o enganador da raça humana (Gn ) e o arquiinimigo de Deus (Mt 4.6; Jô 8.44; 2Co 2.11) e ele tem permissão para afligir o justo (Jô), reina e tem domínio sobre os pecadores (At 26.18), tenta reclamar os cristãos para si (Ef 6.12) e inspira maravilhas do engano e da mentira (2 Ts 2.9). A Missa Negra – Uma discussão sobre os contrastes entre Cristianismo e Satanismo não pode excluir o tratamento dado à Missa Negra. Como já foi afirmado, o Satanismo, diferentemente da bruxaria, define como a apropria antítese do Cristianismo. O Conhecimento clássico do Satanismo é dedicado a expor um ódio vituperativo contra o que o Cristianismo defende.

19 Tu esqueces-te a pobreza sobre a qual pregas-te, vaso enamorado pelos buquês. Tens visto os fracos serem esmagados debaixo da cobiça pelo lucro, enquanto ficas de lado e pregas sobre servidão. Oh, que hipocrisia! Nazareno, rei imponente, deus fugitivo! Eis o grande Satanás, este símbolo da carne, do que expurgará a Terra do prazer e que, em nome da carne, do que expurgará a Terra do prazer e que, em nome da justiça cristã, tem causado a morte de milhões de nossos honoráveis irmãos. Nós o amaldiçoamos e profanamos o teu nome. Oh majestade infernal, condena-o a tristeza, para sofrer a angústia perpétua. Traga tua ira sobre ele, ó príncipe das trevas e mostre-lhes que ele conhecerá a extensão do teu furor. Chama as tuas legiões para que testemunhem o que fazemos em teu nome. Envia teus mensageiros para proclamarem esta obra e manda os cristãos para condenação. Lembremo-nos, porém, que nem todos satanistas adotem tal prática para demonstrar ódio contra o Cristianismo.

20 CATEGORIAS DE SATANISTAS 1.Grupos Satanistas A.Tradicional 1.Secreto 2.Ódio contra o Cristianismo 3.Celebração da Missa Negra (Cálice da comunhão às vezes cheios de sangue de sacrifício humano ou animal). 4.Crença na existência de Satanás. B.Não Tradicional 1.Secreto 2.Também exibe ódio contra o Cristianismo, mas diferente do tradicional, os não tradicionais formulam crenças derivadas de fontes não cristãs, tais como a filosofia neoplatônica e misticismo oriental. 3.O ato de beber sangue durante o ritual não significa necessariamente uma paródia da Missa Católica Romana, mas, sim, uma participação na energia da vida que o sangue proporciona. 4. Crença na existência de Satanás.

21 C.Satanistas Públicos 1.Não secreto 2.Fazem cultos e reuniões para o público. 3.Baseia-se principalmente nos inscritos da Bíblia Satânica de Anton LaVey. 4.Crença de que Satanás é uma força ou um símbolo do mal. D. Gangues Juvenis de Satanistas 1. Fraudulentos, jovens que não fazem votos satanistas, mas apenas possuem interesse pelo Ocultismo e Satanismo, através da influência e bandas de rock pauleira. 2. Os que encaram o Satanismo como um símbolo de rebelião contra a autoridade. 3. Para a maioria, o interesse pelo Satanismo é apenas passageiro. 4. De modo geral, têm pouco ou nenhum conhecimento sobre o que envolve o Satanismo tradicional. 5. Podem ou não acreditar na existência de Satanás.

22 II. Satanisntas Individuais 1.Não são membros de qualquer grupos. 2.Altamente individualizados, mantêm um sistema eclético de crenças. 3.Frequentemente inclui indivíduos com profundos distúrbios neuróticos/psicóticos. Cultos Ilegais Secretos, ilegais, envolvem violência e ações criminosas que vão muito além das liberdades garantidas pela Primeira Emenda. Adotam o uso de drogas e sexo ilegítimo. Igrejas Neosatânicas Movimentos Satânicos modernos que operam dentro do limite da lei. Satanistas Solitários Indivíduos que operam fora de um grupo e praticam formas estilizadas se satanismo. As gangues juvenis de satanistas também são altamente independentes.

23


Carregar ppt "Primeira Igreja Batista de Itapetinga Ensinando Para Transformar Vidas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google