A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Modelo Relacional e Transformação DER x Relacional Prof. Juliano.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Modelo Relacional e Transformação DER x Relacional Prof. Juliano."— Transcrição da apresentação:

1 1 Modelo Relacional e Transformação DER x Relacional Prof. Juliano

2 2 Modelo Relacional O modelo relacional foi criado por E.F. Codd em 1970 e tem por finalidade representar os dados como uma coleção tabelas.E.F. Codd Cod_empNomeDt_admSalário 255 Carlos Silva 12/12/ Lucia Santos 01/03/ Linha ou Tupla Campo (atributo)

3 3 Chaves Chave primária (PK – primary key) Chave primária (PK – primary key) Uma chave primária é uma coluna ou combinação de colunas cujos valores distinguem uma linha das demais dentro de uma tabela. Uma chave primária é uma coluna ou combinação de colunas cujos valores distinguem uma linha das demais dentro de uma tabela. Chave estrangeira (FK – foreign key) Chave estrangeira (FK – foreign key) Uma chave estrangeira é uma coluna ou combinação de colunas, cujos valores aparecem necessariamente na chave primária de uma tabela relacionada. Uma chave estrangeira é uma coluna ou combinação de colunas, cujos valores aparecem necessariamente na chave primária de uma tabela relacionada. A chave estrangeira é o mecanismo que permite a implementação de relacionamentos em um banco de dados relacional. A chave estrangeira é o mecanismo que permite a implementação de relacionamentos em um banco de dados relacional.

4 4 Exemplo: PK e FK Cod_em p NomeDt_adm Cod_de p 255 Carlos Silva 12/12/ Lucia Santos 01/03/ FK (Foreign Key) PK (Primary Key) Tabela: Empregado Tabela: DepartamentoCod_depNome11Vendas 15Compras PK (Primary Key)

5 5 A existência de uma chave estrangeira impõe restrições que devem ser garantidas ao executar diversas operações de alterações no banco de dados: A existência de uma chave estrangeira impõe restrições que devem ser garantidas ao executar diversas operações de alterações no banco de dados: Quando da inclusão de uma linha na tabela que contém a chave estrangeira Neste caso, deve ser garantido que o valor da chave estrangeira apareça na coluna da chave primária referenciada. (empregado deve atuar em um departamento já existente) Quando da inclusão de uma linha na tabela que contém a chave estrangeira Neste caso, deve ser garantido que o valor da chave estrangeira apareça na coluna da chave primária referenciada. (empregado deve atuar em um departamento já existente) Quando da alteração do valor da chave estrangeira O novo valor deve aparecer na coluna da chave primária referenciada. Quando da alteração do valor da chave estrangeira O novo valor deve aparecer na coluna da chave primária referenciada. Quando da exclusão de uma linha da tabela que contém a chave primária referenciada pela chave estrangeira Isso significa que um departamento não pode ser excluído, caso nele ainda existam empregados. Quando da exclusão de uma linha da tabela que contém a chave primária referenciada pela chave estrangeira Isso significa que um departamento não pode ser excluído, caso nele ainda existam empregados. Exemplo: PK e FK

6 6 Regras de transformação: Regras de transformação: Tradução inicial de entidades e respectivos atributos; Tradução inicial de entidades e respectivos atributos; Tradução de relacionamentos; Tradução de relacionamentos; Tradução de generalizações / especializações. Tradução de generalizações / especializações. Transformação ER x Relacional

7 7 Tradução de relacionamentos Relacionamento 1:1 Relacionamento 1:1 A tradução consta de implementar todos os atributos de ambas entidades, bem como os atributos do relacionamento em uma única entidade. A tradução consta de implementar todos os atributos de ambas entidades, bem como os atributos do relacionamento em uma única entidade. CONFERÊNCIA ORGANIZAÇÃO COMISSÃO código nome Endereço comissão Data instalação 11 Esquema relacional correspondente: fusão das tabelas correspondentes Conferência (CodConf, Nome, DataInst, End_Comissão)

8 8 Relacionamento 1:n Relacionamento 1:n Tradução de relacionamentos DEPTO EMPREGADO LOTAÇÃO 1N Esquema relacional correspondente: Departamento (Cod_depto, Nome) Empregado (Cod_emp, Nome, Cod_depto) Cod_depto referencia Departamento FK

9 9 Relacionamentos N:N são sempre implementados através de uma tabela própria. Esta tabela contém as seguintes colunas: Relacionamentos N:N são sempre implementados através de uma tabela própria. Esta tabela contém as seguintes colunas: Colunas correspondentes aos identificadores das entidades relacionadas;Colunas correspondentes aos identificadores das entidades relacionadas; A chave primária desta tabela é formada pelas colunas correspondentes aos identificadores das entidades relacionadas. A chave primária desta tabela é formada pelas colunas correspondentes aos identificadores das entidades relacionadas. Cada conjunto de colunas que corresponde ao identificador de uma entidade é a chave estrangeira em relação a tabela que implementa a entidade referenciada. Cada conjunto de colunas que corresponde ao identificador de uma entidade é a chave estrangeira em relação a tabela que implementa a entidade referenciada. Tradução de relacionamentos Relacionamento N:N

10 10 ENGENHEIRO ATUAÇÃO PROJETO códigoNome código Título função N N Tradução de relacionamentos Esquema relacional correspondente: Engenheiro (Cod_eng, Nome) Projeto (Cod_proj, Título) Atuação (Cod_eng, Cod_proj, Função) Cod_eng referencia Engenheiro Cod_Proj referencia Projeto

11 11 Tradução de especialização É efetivada a inclusão da chave primária da tabela correspondente à entidade genérica, em cada tabela correspondente a uma entidade especializada. É efetivada a inclusão da chave primária da tabela correspondente à entidade genérica, em cada tabela correspondente a uma entidade especializada. Nas tabelas referentes às entidades especializadas, a chave primária é também chave estrangeira em relação a tabela de empregados. Nas tabelas referentes às entidades especializadas, a chave primária é também chave estrangeira em relação a tabela de empregados.

12 12 Tradução de especialização EMPREGADO MOTORISTASECRETÁRIA p DEPTO LOTAÇÃO 1N Departamento (Cod_depto, Nome) Empregado (Cod_emp, Nome, Cod_depto) Motorista (Cod_emp, habilitacao) Secretária (Cod_emp, Especialidade)


Carregar ppt "1 Modelo Relacional e Transformação DER x Relacional Prof. Juliano."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google