A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Átomo Núcleo (prótons + nêutrons) Número atômico (prótons) Número de massa (prótons + nêutrons) Átomo ativo em RM –Número de massa ímpar –Movimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Átomo Núcleo (prótons + nêutrons) Número atômico (prótons) Número de massa (prótons + nêutrons) Átomo ativo em RM –Número de massa ímpar –Movimento."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5

6 Átomo Núcleo (prótons + nêutrons) Número atômico (prótons) Número de massa (prótons + nêutrons) Átomo ativo em RM –Número de massa ímpar –Movimento de rotação Carga elétrica em movimento (spin) Constante giromagnética (

7 Hidrogênio H Abundante na natureza Usado para imagem em RM 1 próton 1 elétron = =42,6MHz/Tesla

8

9 Ressonância Magnética Princípios Físicos PARÂMETROS EM RESSONÂNCIA MAGNÉTICA TR – Tempo de Repetição Espaço de tempo entre o início de duas excitações seguidas na mesma sequência TE – Tempo de Eco Espaço de tempo entre o início de uma sequência e o momento em que o sinal é captado (F.I.D.)

10 Excitação Perturbação oscilatória –Energia - pulso de RF –Direção - perpendicular ao vetor de precessão Características: –Freqüência de Larmor –Amplitude do pulso: quantidade de prótons Duração do pulso = ângulo de inclinação

11 Sinal de RM Retorno ao equilíbrio inicial –Energia: pulso de RF –Direção perpendicular ao B 0 Características do sinal –Freqüência de Larmor –Amplitude do pulso = quantidade de prótons Composição do sinal de RM –Componente longitudinal (T1) –Componente transversal (T2)

12 Características do sinal de RM É a perda de energia para o ambiente ao recuperar o equilíbrio, após ter ocorrido a perturbação oscilatória ressonante. O sinal de RM é emitido na mesma freqüência na qual se provocou a perturbação oscilatória, chamada de freqüência de Larmor. Este sinal é observado pela bobina situada em um ângulo de 90°. A amplitude do sinal é proporcional à densidade de prótons ressonando.

13 Ressonância Magnética Sinal T1 Sinal T2 Líquidos ricos em água Baixo Alto Líquidos ricos em proteína Alto Alto Gordura Alto Baixo Calcificações Baixo Baixo Ar Baixo Baixo Fibrose Baixo Baixo Tumores Baixo Alto Fígado Intermédio Baço Baixo Alto Sangue sub-agudo Alto Alto

14

15 A claustrofobia é uma condição que afeta comumente os pacientes e que os profissionais da R.N.M devem levar em consideração. O aquecimento de RF, o ruído gradiente e os limites do magneto aumentam a possibilidade de reações claustrófobicas.

16 Clipes vasculares intracranianos. Guias, filtros e stents intravasculares. Grampos vasculares intracranianos. Escotilhas de acesso vascular. Valvas cardíacas. Aparelhos e materiais dentários. Implantes penianos. Implante otológicos. Implantes oculares. Balas, projéteis e estilhaços. Implantes, materiais e aparelhos ortopédicos. Grampos e pinos cirúrgicos. Material cirúrgico.

17 Uma segunda preocupação importante é o possível dano a componentes eletrônicos como : marcapassos cardíacos, desfibriladores cardíacos implantáveis e implantes otológicos, estes não são permitidos dentro da linha de 5 Gauss. Além de possíveis danos os pulsos de RF podem induzir voltagem nas derivações do marcapasso.

18

19 É o processo pelo qual há uma perda súbita de zero absoluto de temperatura nas bobinas do magneto, de modo que elas deixam de ser supercondutoras e passam a ser bobinas de resistência. Isto faz com que o hélio escape do banho criogênico com extrema rapidez. O quenching pode causar danos graves e irreparáveis às bobinas supercondutoras e ao paciente. Todos os sistemas devem ter um equipamento para a eliminação do hélio.

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30


Carregar ppt "Átomo Núcleo (prótons + nêutrons) Número atômico (prótons) Número de massa (prótons + nêutrons) Átomo ativo em RM –Número de massa ímpar –Movimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google