A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Friedrich Hayek. The Use of Knowledge in Society Publicado em The American Economic Review, volume XXXV, em setembro de 1945, número 4. O artigo é uma.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Friedrich Hayek. The Use of Knowledge in Society Publicado em The American Economic Review, volume XXXV, em setembro de 1945, número 4. O artigo é uma."— Transcrição da apresentação:

1 Friedrich Hayek

2 The Use of Knowledge in Society Publicado em The American Economic Review, volume XXXV, em setembro de 1945, número 4. O artigo é uma réplica à defesa de Oskar R. Lange à economia planificada. Foi incluído entre os 12 artigos do compêndio Individualism and Economic Order de 1948.

3 I Qual é o problema que queremos resolver quando tentamos construir uma ordem econômica racional? Os dados nunca são dados de início a uma mente única que possa descobrir as implicações. O real problema que a sociedade enfrenta é o problema da utilização da informação dispersa e nunca controlada por um único ente.

4 Hayek aponta um erro metodológico na visão da real natureza do problema social. A falha conceitual ocorre por uma transferência errônea de maneiras de pensamento desenvolvidas para lidar com o com os fenômenos da natureza para a questão social.

5 Planning (general sense): (...) the complex of interrelated decisions about the allocation of our avaliable resources. Planning: central planning X Competition: decentralized planning by many separate persons. Meio caminho: Monopólio. II

6 Os conhecimentos e suas diferentes distribuições. Conhecimento científico. O conhecimento de circunstâncias particulares de tempo e lugar. Ex: conhecimento prático no trabalho, conhecimento das pessoas, das condições locais e de circunstâncias especiais. III

7 Como colocar em uso uma máquina fora de suas condições máximas, ou as habilidades que alguém poderia melhor utilizar, ou como saber de um excedente de estoques que poderia ser usado durante uma interrupção de fornecimento. O prejuízo contra o uso desse tipo de conhecimento. A visão subalterna do comércio em relação à produção.

8 It is, perhaps, worth stressing that economic problems arise always and only in consequence of change. How easy it is for an inefficient manager to dissipate the differentials on which profitability rests, and that it is possible, with the same technical facilities, to produce with a great variety of costs, are among the commonplaces of business experience which do not seem to be equally familiar in the study of the economist. IV

9 Crítica aos agregados estatísticos. Ajustes constantes deliberados ao invés de estabilidade produzidas por forças acidentais. O tipo de conhecimento no qual Hayek se foca é justamente aquele que não pode ser mensurado por agregados estatísticos, pois envolve questões de locação, qualidade e outras particulares que podem ser muito importantes na tomada de decisão.

10 V If we can agree that the problem of society is mainly one of rapid adaptation to changes in the particular circumstances of time and place, it would seem to follow that the ultimate decisions must be left to the people who are familiar with these circumstances, who know directly of the relevant changes and of the resources immediately available to meet them. Comunicação e descentralização.

11 It is always a question of the relative importance of the particular things with wich he is concerned, and the causes which alter their relative importance are of no interest to him beyond the effect on those concrete thigns of his own enviroment. (...) rates of equivalence (or values, or marginal rates of substitution), (…) a numerical index (...) - O sistema de preços.

12 The whole acts as one market, not because any of its members survey the whole field, but because their limited individual fields of vision sufficiently overlap só that through many intermediaries the relevant information is communicated to all.

13 VI O sistema de preços é um mencanismo para comunicar informação. Desenvolve de maneira pior sua função quando os preços são rígidos. O sistema de preços como uma máquina. A 'maravilha'. Ex: escassez de matéria prima. As pessoas se movem na direção correta.

14 A maravilha não planejada. Como aumentar o uso de recursos sem que ninguém tenha que dirigir as ações dos indivíduos. It is of profound erroneous truism, repeated by all copy-books and by eminent people when they are making speeches, that we should cultivate the habit of thinking what we are doing. The precis opposite is the case. Civilization advances by extending the number of important operations which we can perform without thinking about them.

15 As diferenças entre os defensores e os detratores do sistema de livre flutuação de preços são intelectuais e, particularmente metodológicas, ressalta Hayek citando Trotsky, Oscar Lange e Abba P. Lerner. Crítica a Schumpeter. VII


Carregar ppt "Friedrich Hayek. The Use of Knowledge in Society Publicado em The American Economic Review, volume XXXV, em setembro de 1945, número 4. O artigo é uma."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google