A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Diagrama de Atividades Thiago dos Santos Maciel Dyego Valadares Viana.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Diagrama de Atividades Thiago dos Santos Maciel Dyego Valadares Viana."— Transcrição da apresentação:

1 Diagrama de Atividades Thiago dos Santos Maciel Dyego Valadares Viana

2 Índice 1- Introdução 2- Descrição do diagrama de atividade 3- Objetivo do diagrama de atividade 4- Notação 5- Comportamento Condicional 5.1- Explicação 5.1- Explicação 5.2- Exemplos 5.2- Exemplos 6- Comportamento paralelo 6.1- Explicação 6.1- Explicação 6.2- Exemplos 6.2- Exemplos 7 -Raias - Exemplo

3 Introdução UML- Linguagem de Modelagem Unificada: Padronização (O.O) Desenvolvimentos de novos conceitos. Diagramas (Descrição de sistema)

4 Diagrama de Atividade É um diagrama de estado onde a maioria desses estados são de ação. E a maioria das mudanças são ativadas por conclusão das ações nos estados de origem. É um diagrama de estado onde a maioria desses estados são de ação. E a maioria das mudanças são ativadas por conclusão das ações nos estados de origem.

5 Objetivo Seu objetivo é estudar os fluxos dirigidos por processamento interno, descrevendo as atividades desempenhadas em uma operação. Seu objetivo é estudar os fluxos dirigidos por processamento interno, descrevendo as atividades desempenhadas em uma operação.

6 NOTAÇÃO

7 NOTAÇÃO

8 Comportamento Condicional Feito através de desvios e intercalações (merges) Feito através de desvios e intercalações (merges) Um desvio é uma transição de entrada única e várias transições de saídas guardadas. Somente uma transição de saída pode ser tomada, de modo que os guardas (guards) devem ser mutuamente exclusivos. Um desvio é uma transição de entrada única e várias transições de saídas guardadas. Somente uma transição de saída pode ser tomada, de modo que os guardas (guards) devem ser mutuamente exclusivos.

9 Comportamento Condicional A utilização de [else] como um guarda indica que a transição else deverá ser usada se todos os outros guardas de desvios forem falsas. Uma intercalação tem múltiplas transições de entrada e uma única saída. A utilização de [else] como um guarda indica que a transição else deverá ser usada se todos os outros guardas de desvios forem falsas. Uma intercalação tem múltiplas transições de entrada e uma única saída. Uma intercalação marca o final de um comportamento condicional iniciado por um desvio. Uma intercalação marca o final de um comportamento condicional iniciado por um desvio.

10 EXEMPLOEXEMPLO

11 Comportamento Paralelo O comportamento condicional é feito através de Forks e Joins. O comportamento condicional é feito através de Forks e Joins. Uma separação tem uma transição de entrada e várias transações de saída. Quando uma transição de entrada é acionada (triggered), todas as transições de saída são Uma separação tem uma transição de entrada e várias transações de saída. Quando uma transição de entrada é acionada (triggered), todas as transições de saída são executadas em paralelo. Depois de uma separação e realização dos processo é necessário se efetuar a junção.

12 Comportamento Paralelo Separação e junção devem se completar. No caso mais simples, isso significa que todas vez que você tiver uma separação, deve ter uma junção que uma os threads iniciadas por aquelas separações. Separação e junção devem se completar. No caso mais simples, isso significa que todas vez que você tiver uma separação, deve ter uma junção que uma os threads iniciadas por aquelas separações. Thread condicional: Existe uma exceção para regra de que todos os estados de entrada em uma junção devem ter terminado suas atividades, antes que a junção possa ser efetuada. Você pode acrescentar uma condição para um thread saindo de uma separação. Existe uma exceção para regra de que todos os estados de entrada em uma junção devem ter terminado suas atividades, antes que a junção possa ser efetuada. Você pode acrescentar uma condição para um thread saindo de uma separação.

13 EXEMPLOEXEMPLO

14 Raias Permite que se documente o que acontece e o que faz acontecer. Permite que se documente o que acontece e o que faz acontecer. Representa pessoas ou departamentos responsáveis por cada atividade. Representa pessoas ou departamentos responsáveis por cada atividade. São organizada por zonas verticais, separadas por linhas, cada zona representa as responsabilidades de uma classe específica. São organizada por zonas verticais, separadas por linhas, cada zona representa as responsabilidades de uma classe específica. Podem ser difíceis de serem projetadas em um diagrama complexo. Podem ser difíceis de serem projetadas em um diagrama complexo.

15 EXEMPLOEXEMPLO

16 Exemplos

17


Carregar ppt "Diagrama de Atividades Thiago dos Santos Maciel Dyego Valadares Viana."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google