A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GIAM®. GIAM© PROCEDIMENTO CIRÚRGICO DE ARTRODESE DE COLUNA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GIAM®. GIAM© PROCEDIMENTO CIRÚRGICO DE ARTRODESE DE COLUNA."— Transcrição da apresentação:

1 GIAM®

2 GIAM© PROCEDIMENTO CIRÚRGICO DE ARTRODESE DE COLUNA

3 GIAM© Material: Será utilizado barras de titânio com parafusos para fazer a fixação de 3 níveis da coluna vertebral.

4 GIAM© Paciente: Mulher de 52 anos, diabética, que aguardava a liberação da cirurgia e dos implantes pelo convênio há 4 meses, passou por 3 perícias médicas, no entanto, na ultima semana deu entrada no pronto atendimento do hospital com fortes dores na coluna, dificuldade para movimentar- se; nas ultimas 24hs evoluiu com perda de sensibilidade nos membros inferiores.

5 GIAM© Material Consignado: A empresa de materiais ortopédicos enviou 8 caixas com os materiais e os implantes, 3 horas antes da cirurgia, todas para serem processadas na CME.

6 GIAM© CIRURGIÃO: Ele estava preocupado e apreensivo com o caso do paciente pois a família da paciente estava ameaçando processa-lo caso a paciente apresentasse qualquer problema na cirurgia, diante desta situação o médico solicitou ao enfermeiro do CC para colocar a paciente na sala cirúrgica antes do horário, pois pretendia iniciar logo a cirurgia, no entanto os materiais e os implantes estavam esterilizando. Dr. Zé

7 GIAM© SALA OPERATORIA: Assim que terminou a esterilização, as caixas com os implantes e os instrumentos foram prontamente encaminhados para sala operatória e abertos, a caixa com os implantes encontrava-se úmida, com uma grande quantidade de água.

8 GIAM© PROBLEMA: O cirurgião solicita a presença do enfermeiro na sala operatória e o questiona o que fazer com estes implantes molhados. O sistema de barreiras utilizados para embalar as caixas foi o SMS.

9 GIAM© PERGUNTAS: 01 – LIBERA OS IMPLANTES PARA USO ? 02 – NÃO LIBERA OS IPLANTES PARA USOS ? 03 – LIBERA SOMENTE OS IMPLANTES SECOS PARA USO ?

10 GIAM©

11 * "2012 Standards, Recommended Practices, and Guidelines © AORN, Inc. All rights reserved., Association of periOperative Registered Nurses". Item 4 – As embalagens devem ser completamente secas e esfriadas antes do manuseio ou remoção de dentro do equipamento. Ao final do ciclo de esterilização a vapor e após tempo de secagem apropriado, os itens podem ainda conter vapor. Tocar as embalagens neste estágio vulnerável poderá comprometer as propriedades de barreira do material contido nas embalagens, fazendo com que a umidade atravesse a embalagem. Quando superfícies quentes e frias entram em contato, a umidade condensa de dentro e fora da embalagem. Quando o líquido passa da embalagem, os itens contidos nesta embalagem são considerados não estéreis. Quando materiais impermeáveis de qualquer tipo (por exemplo, containeres fechados, embalagens plásticas reforçadas, embalagens tecidos ou nãotecidos, envelopes de diferentes materiais) são usados e é observada condensação dentro da embalagem, o pacote deve ser considerado não estéril e não deve ser usado. GIAM©

12 ST-79 – item If wet packs are observed, they should not be released. They should be reprocessed in a manner that ensures that excess moisture/condensation does not occur. They should be repackaged (including the outer wrapper), and the CIs should be replaced with new ones. Sterilized textiles should be removed and replaced with freshly laundered textiles that have not been ironed. Disposable products such as gauze and cotton balls should be discarded. GIAM©

13 ST-79 - Item Se "pacotes" molhados são observados, eles não devem ser libertados. Eles devem ser reprocessados de uma maneira que assegure que o excesso de humidade / condensação não ocorra. Eles devem ser reembalados (incluindo o sistema de barreira esteril), e os IBs devem ser substituídos por novos. Têxteis esterilizados devem ser removidos e substituídos com tecidos recém-lavados que não foram calandrados. Produtos descartáveis, como gaze e algodão bolas deve ser descartados. GIAM©

14 , item 11.1 The integrity of packaging and containers should be visually checked after removal from the sterilizer. Damaged packagind and containers should be treated as non-conforming product. Similarly, a system should be im place to ensure wet packs are appropriately addressed in order to avoid recontaminated produtcts entering the supply chain. Drying should be carried out in an environment in which particles and microbial contamination are controlled. A Class 7 Environment as defined in ISO might be suitable. GIAM©

15 , A integridade das embalagens e conteneires devem ser verificadas visualmente, após remoção do esterilizador. Os pacotes danificados devem ser tratados como produtos não- conformes. Da mesma forma, um sistema deve ser implantado para garantir pacotes molhados são abordados de forma adequada, a fim de evitar produtos recontaminado entrem na cadeia de abastecimento. A secagem deve ser efectuada em um ambiente no qual as partículas e contaminação microbiana são controladas. Ambiente de Classe 7 conforme definido na ISO poderia ser mais adequado. GIAM©

16 (small load) & Load dryness, full load, textiles. When the sterilizer is tested as described in 20.2, the mass of the standard test pack shall not increase by more than 1 % Load dryness, metal.When the sterilizer is tested as described in 20.3, the mass of the test load shall not increase by more than 0,2 %. GIAM©

17 (carga minima) e Carga seca, carga maxima, têxteis. Quando o esterilizador é testada como descrito em 20.2, a massa do bloco de teste padrão não deve aumentar em mais do que 1% Carga seca, metal. Quando o esterilizador é testada como descrito em 20,3, a massa da carga de ensaio não deve aumentar mais do que 0,2%. GIAM©


Carregar ppt "GIAM®. GIAM© PROCEDIMENTO CIRÚRGICO DE ARTRODESE DE COLUNA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google