A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS E INFRA- ESTRUTURA ÁGUAS DE SÃO PEDRO - 19 DE SETEMBRO DE 2002 GERALDO AGUIAR DE BRITO VIANNA Presidente da NTC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS E INFRA- ESTRUTURA ÁGUAS DE SÃO PEDRO - 19 DE SETEMBRO DE 2002 GERALDO AGUIAR DE BRITO VIANNA Presidente da NTC."— Transcrição da apresentação:

1

2 TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS E INFRA- ESTRUTURA ÁGUAS DE SÃO PEDRO - 19 DE SETEMBRO DE 2002 GERALDO AGUIAR DE BRITO VIANNA Presidente da NTC

3 Congresso Paulista do Transporte Rodoviário de Cargas ESPECIAL PARA

4 BAIXÍSSIMO ÍNDICE DE RODOVIAS PAVIMENTADAS EM RELAÇÃO À EXTENSÃO TERRITORIAL BAIXÍSSIMO ÍNDICE DE FERROVIAS EM RELAÇÃO À EXTENSÃO TERRITORIAL ALTO ÍNDICE DE EXTENSÃO DE FERROVIAS/EXTENSÃO DE RODOVIAS INFRA-ESTRUTURA TERRESTRE

5 BRASIL X OUTROS PAÍSES (EM MIL) INFRA-ESTRUTURA RODOVIÁRIA

6 MODO Aéreo0,330,260,31 0,33 Aquaviário11,4711,5612,6913,1913,86 Dutoviário3,784,554,444,614,46 Ferroviário20,7420,7219,9919,6020,86 Rodoviário63,6862,9162,5762,2960,49 Total100,00 FONTE : GEIPOT DISTRIBUIÇÃO INTERMODAL DE CARGAS

7 PAÍS FONTE Percento Países europeusTLN 55 a 98 Europa OcidentalIRU 76,2 Europa OrientalIRU 38,4 Estados Unidos (valor de frete) Estados Unidos (toneladas) Estados Unidos (t.km) Standard & Poors DRI Idem DOT 82,3 60,3 27,0 Canadá Austrália China Coppead Coopead 26,5 24,0 8,00 PESO DO RODOVIÁRIO BRASIL X OUTROS PAÍSES

8 EUA Hungria Alemanha Brasil França Bélgica Dinamarca China Rússia Canadá % Ferroviário % Rodoviário FONTE : COPPED A ÁREA DO CÍRCULO REPRESENTA A UTILIZAÇÃO DO MODAL AQUAVIÁRIO DISTRIBUIÇÃO MODAL BRASIL X OUTROS PAÍSES

9 PROBLEMAS DO SETOR RodoviáriaPesquisaCNTFonte: -100, Total 100,02,91.314Ótimo 97,128, Bom 68,866, Deficiente 2,52,2996Ruim 0,3 136Péssimo % acumulada% kmEstado Fonte : CNT – PESQUISA RODOVIÁRIA 1. MAU ESTADO DAS RODOVIAS

10 2. MERCADO ABERTO INEXISTEM REGRAS DE ACESSO À ATIVIDADE CONCORRÊNCIA LIVRE E PREDATÓRIA, INCLUSIVE DE OUTROS MEIOS EXCESSO DE OFERTA: GUERRA DE PREÇO PRODUTO POUCO DIFERENCIADO QUALQUER CARGA PARA QUALQUER LUGAR TRANSPORTADORAS BUSCAM VOLUME E NÃO MARGEM PRESENÇA DAS AGÊNCIAS DE FRETES ESTA SITUAÇÃO TEM VÁRIAS CONSEQÜÊNCIAS. PROBLEMAS DO SETOR

11 3. FRAGMENTAÇÃO DO SETOR Pessoas ocupadas Receita (R$ mil) % EmpresasR$ mil/ empresa % Até , ,43 6 a , ,99 20 a , ,44 50 a , ,22 + de , ,92 TOTAL , ,00 PROBLEMAS DO SETOR

12 Categoria % Carreteiros51 Empresas de transportes29 Empresas de carga própria20 FONTE:SEPLATEC PROBLEMAS DO SETOR 3. FRAGMENTAÇÃO DO SETOR

13 PROBLEMAS DO SETOR US$ / 1000 TKU Brasil EUA RodoFerro 4. AVILTAMENTO DO FRETE 18

14 Preço médio de mercado (carga fechada) Rota em Quilômetros PROBLEMAS DO SETOR 4. AVILTAMENTO DO FRETE PREMISSAS : Ociosidade de 40% Retirada Autônomo de 5 Salários mínimos Trabalho de 189hd/mês (Análise Coppead). Custo do Frete (sem remunerar o capital nem depreciar o veículo)

15 5. FROTA OBSOLETA 0 a 55 a 1010 a 1515 a 2020 a 2525 a 3030 a 35> 35 Nota 1: 76% do total de caminhões no Brasil possuem mais de 10 anos; Nota 2: A idade média da frota de caminhões no Brasil é 17,5 anos. PROBLEMAS DO SETOR FONTE : GEIPOT

16 6. Altos índices de acidentes Mortes por km de rodovias Canadá França Alemanha Japão Reino Unido Estados Unidos Itália Brasil BOEING A CADA 3 DIAS 10 A 70 VEZES MAIOR FONTE: CNT / COPPEAD, PROBLEMAS DO SETOR

17 7.ELEVADOS ÍNDICES DE POLUIÇÃO NO X : 1,29 g/TKU CONTRA 0,94 g/TKU NOS EUA CO: 1,50 g/TKU CONTA 0,56 g/TKU NOS EUA 8. ROUBOS DE CARGAS OCORRÊNCIAS AUMENTARAM DE EM 94 PARA EM 2.001VALOR AUMENTOU DE R$ 100 MILHÕES EM 94 PARA R$ 500 MILHÕES EM 2001

18 9. BAIXA PRODUTIVIDADE 600 MIL TKU / EMPREGADO CONTRA 1,8 MILHÕES DE TKU NOS EUA 10. ELEVADO CONSUMO DE DIESEL

19 PROBLEMAS DO SETOR 11. EXCESSO DE CARGAS 12. ELEVADAS JORNADAS DE TRABALHO 13. PROLIFERAÇÃO DE PEDÁGIOS ELEVADOS 14. AUMENTOS DE DIESEL 15. AUMENTOS DOS ROUBOS DE CARGAS

20 16. CHEGADA DOS OPERADORES LOGÍSTICOS 17. CRIAÇÃO DO O.T.M. 18.CONCORRÊNCIA DE OUTROS MEIOS CORREIOS 19. ALTO ENDIVIDAMENTO FISCAL 20. ABERTURA INTERNACIONAL DO SETOR DE SERVIÇOS

21 1. SAÍDA SEGUNDO A TEORIA ECONÔMICA AUTO-REGULAÇÃO, POR QUEBRA OU FECHAMENTO DE EMPRESAS SAÍDA POSSÍVEIS

22 CRESCIMENTO ECONÔMICO DISCIPLINAMENTO - PLC 12 PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO DO SETOR FUNDO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA (CIDE) COMBATE AO ROUBO DE CARGA REVISÃO DO PROGRAMA E DOS PREÇOS DE PEDÁGIO REFORMA FISCAL 2. SAÍDAS QUE DEPENDEM DO GOVERNO SAÍDA POSSÍVEIS

23 3. PROGRAMAS DE QUALIDADE :

24 Congresso Paulista do Transporte Rodoviário de Cargas TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS E INFRA-ESTRUTURA


Carregar ppt "TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS E INFRA- ESTRUTURA ÁGUAS DE SÃO PEDRO - 19 DE SETEMBRO DE 2002 GERALDO AGUIAR DE BRITO VIANNA Presidente da NTC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google