A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REGÊNCIA. Regência Comando de algumas palavras sobre outras. Regência verbal: comando do verbo sobre a preposição. Regência nominal: comando de uma outra.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REGÊNCIA. Regência Comando de algumas palavras sobre outras. Regência verbal: comando do verbo sobre a preposição. Regência nominal: comando de uma outra."— Transcrição da apresentação:

1 REGÊNCIA

2 Regência Comando de algumas palavras sobre outras. Regência verbal: comando do verbo sobre a preposição. Regência nominal: comando de uma outra palavra (que não seja um verbo) sobre a preposição.

3 Preposição: palavra que conecta duas outras, estabelecendo uma relação de sentido. Aparência opaca, falta de brilho e fios quebradiços são resultados da exposição ao sol, da água salgada do mar e do cloro das piscinas. (AM, no 178, 06/03/2000, pág. 32)

4 Contaminações Aplicação da regência de um verbo a outro de sentido correlato. É a principal razão para os erros de regência. Ex. Gostaria de Gostaria de me casar com você namorar com você

5 Antologia dos verbos A. Sofrem contaminação: A.1. namorar + ( casar + com) Ex. Ainda vou conseguir namorar a sua irmã. (namorá-la) A.2. (des)obedecer + a ( (des)respeitar + ) Ex. É sua obrigação obedecer ao regulamento. (obedecer-lhe)

6 A.3. implicar + ( resultar/redundar + em) Ex. A queda do desemprego não implica aumento na renda do trabalhador. (não o implica) + mais de...) A.4. preferir ( de gostar + a do que de...) + mais de...) Ex. Prefiro um mau acordo a uma boa guerra.

7 B. Mudam de sentido: B.1. assistir + a = caber direito ou dever Ex. Assiste ao eleitor o direito de anular o voto. (assiste-lhe esse direito) assistir + em = residir Ex. O advogado assistia na comarca de Garça.

8 B. Mudam de sentido: assistir + = prestar assistência Ex. Os bombeiros assistiam o motociclista na calçada. (assistiam-no) assistir + a = ver, observar Ex. Nós assistimos ao show dos camarins. (assistimos a ele)

9 B.2. aspirar + = inalar, sorver o ar Ex. Um enorme filtro aspira todas as impurezas da atmosfera. (aspira-as) + a = objetivar Ex. Todos os candidatos aspiram a um lugar na universidade pública. (aspiram a ele)

10 B.3. visar + = dar visto, mirar com arma Ex. Os gerentes visavam todos os cheques de maior valor. (visavam-nos) + a = objetivar Eu visava ao cargo de presidente do Tribunal. (visava a ele)

11 B.4. agradar + = afagar Ex. A jovem mãe agradava seu bebê adormecido. (agradava-o) + a = ser satisfatório Ex. Aquela negociata não agradava ao presidente. (agradava-lhe)

12 B.5. querer + = desejar possuir Ex. A jovem índia queria o valente guerreiro avidamente. (queria-o) + a = estimar Ex. O rapaz queria ao amigo como a um irmão. (queria-lhe)

13 C. Admitem dupla construção: C.1. esquecer/lembrar (-se) + de Ex. Eu me esqueci do seu aniversário. () + Ex. Eu esqueci o seu aniversário

14 C.2. informar + algo avisar/ + a alguém Ex. Informou-lhes os riscos da cirurgia. prevenir/ notificar + alguém informar+ de/sobre algo Ex. Informou-os dos riscos da cirurgia.

15 D. Construção fixa: D.1. perdoar/pagar/ agradecer + algo + a alguém Ex. O país pagou aos credores internacionais (pagou-lhes) mais uma parcela da dívida (pagou-a).

16 Regência do que 1. que = conjunção integrante : introduz oração substantiva, por isso admite a permutação por ISSO. Ex. Com relação aos boatos de que estaria com hepatite, foi categórica: eu me recuperei de uma infecção renal, nunca tive essa outra doença. Com relação aos boatos DISSO (de isso) preposição obrigatória A PREPOSIÇÃO QUE ANTECEDE A CONJUNÇÃO INTEGRANTE É EXIGIDA POR UM TERMO À ESQUERDA (ANTERIOR A PREPOSIÇÃO QUE ANTECEDE A CONJUNÇÃO INTEGRANTE É EXIGIDA POR UM TERMO À ESQUERDA (ANTERIOR)

17 2. que = pronome relativo: introduz oração adjetiva, por isso admite a permutação por a/o qual; as/os quais Ex....os três blocos em que os irmãos têm participação movimentam 3 milhões de reais só no carnaval. os três blocos em que os irmãos têm participação (+ em) nos quais

18 extras I. O QUE MUDOU NA LEGISLAÇÃO ELEITORAL Como era em 89 Apenas pessoas físicas podiam fazer doações (...) Entidades de classe ou sindicatos não podiam contribuir com os partidos. II. CONTRIBUIR 1. (...) Tomar parte em despesa comum; pagar contribuição; dar dinheiro, com outros (para determinado fim) (...) Você não contribui para as obras das igrejas? (...) Contribuí com cem cruzados. Poucos paroquianos deixaram de contribuir. (...) (C. P. Luft, Dicionário de regência Verbal

19 Extras a) O período enquadrado em I apresenta uma incorreção na regência verbal. Redija-o corretamente, com base na informação de II. b) Ainda com base em II, formule uma explicação adequada para o uso da preposição no período enquadrado em I.

20 (FUVEST 2001) - A única frase que NÃO apresenta desvio em relação à regência (nominal e verbal) recomendada pela norma culta é: a) O governador insistia em afirmar que o assunto principal seria as grandes questões nacionais, com o que discordavam líderes pefelistas. b) Enquanto Cuba monopolizava as atenções de um clube, do qual nem sequer pediu para integrar, a situação dos outros países passou despercebida. c) Em busca da realização pessoal, profissionais escolhem a dedo aonde trabalhar, priorizando à empresas com atuação social. d) Uma família de sem-teto descobriu um sofá deixado por um morador não muito consciente com a limpeza da cidade. e) O roteiro do filme oferece uma versão de como conseguimos um dia preferir a estrada à casa, a paixão e o sonho à regra, a aventura à repetição.

21 (FUVEST 2002) - A frase que está de acordo com a norma escrita culta é: a) O colégio onde estudei foi essencial na construção de grande parte dos valores que acredito. b) Acho que esta acusação é uma das tantas coisas ridículas que sou obrigado a me defender. c) Há uma sensação que tudo, ou quase tudo, vai ser diferente. d) A boa escola seria a que submetesse seus alunos à maior quantidade de experimentações e pesquisas. e) Nós já estamos próximos de um consenso que o atual modelo está falido.


Carregar ppt "REGÊNCIA. Regência Comando de algumas palavras sobre outras. Regência verbal: comando do verbo sobre a preposição. Regência nominal: comando de uma outra."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google