A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Origem e Fundação do Pensamento Filosófico. I. FILOSOFIA – BREVE DISCUSSÃO Foram os gregos que deram o nome de Filosofia á uma nova e inusitada maneira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Origem e Fundação do Pensamento Filosófico. I. FILOSOFIA – BREVE DISCUSSÃO Foram os gregos que deram o nome de Filosofia á uma nova e inusitada maneira."— Transcrição da apresentação:

1 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico

2 I. FILOSOFIA – BREVE DISCUSSÃO Foram os gregos que deram o nome de Filosofia á uma nova e inusitada maneira de pensar. A palavra, atribuída a Pitágoras de Samos é composta de duas: Filo (vindo de philia, amizade) e Sofia (sofhia, sabedoria) Filosofia é portanto, amizade ao saber, à sabedoria.

3 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Para Pitágoras de Samos a filosofia era um privilégio dos deuses, e ao homem, só restaria desejá-la, amá-la, ser seu amante ou amigo, isto é, filósofo (sofhó, sábio).

4 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Os primeiros registros de um pensamento propriamente filosófico é de 585 A.C. e ligam-se a Tales de Mileto, que viveu na colônia grega de Mileto, na costa da Ásia Menor.

5 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico - milesianos que o seguiram: usar a razão em busca de explicações naturalistas para fenômenos observáveis. Era o estudo do cosmos (a cosmologia), a tentativa de entender como do caos se organizou um mundo com ordem e sentido, ordem esta que deveria ser desvelada. Perguntavam-se, por exemplo, de qual substância o universo é feito. Embora não haja consenso da substância, acreditavam que uma mesma substância estaria na raiz de todas as coisas.

6 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico "São precisamente as perguntas para as quais não existem respostas que marcam os limites das possibilidades humanas e traçam as fronteiras da nossa existência". Milan Kundera

7 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Diz ele também que, em geral, estas perguntas são feitas pelas crianças, que não se contentam nunca com as respostas e seguem perguntando por quê? Perguntas tais como de onde eu vim?, para onde vamos quando morremos?, Deus existe?, são exemplos de temas desconcertantes tanto para as crianças quanto para os filósofos.

8 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Nós não queremos fazer estas perguntas para não desestabilizar nossos mundos.Adultos mortais, em função da correria do dia a dia, não encontramos tempo: graças aos filósofos e ás crianças, por vezes nossas certezas são desestabilizadas e nos levam à reflexão Milan Kundera Filosofar : abrir nossas mentes para argumentos q não estamos acostumados. Modo de crescermos no conhecimento de nós mesmos e do mundo que nos rodeia.

9 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Esta discussão é chamada de ocidentalismo X orientalismo Chauí diz que por muito tempo acreditou-se que a Filosofia havia nascido das contribuições dadas pelo oriente Platão e Aristóteles origem oriental da filosofia A Filosofia nasceu por si mesma ou dependeu de contribuições do oriente

10 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Exemplos: da astrologia, fizeram nascer a astronomia e a meteorologia; das genealogias, a história Esta idéia foi muito aceita nos séculos II e III depois de Cristo Quem as defendia? Os judeus e os padres da Igreja. Por quê? Como a filosofia era considerada a forma mais elevada do pensamento por um lado, os judeus queriam fazer crer que ela nascera de Moises, por outro, os padres defendiam que ela nascera do cristianismo, uma religião oriental

11 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Já outros acreditavam no milagre grego a filosofia surgiu instantaneamente na Grécia a filosofia foi um acontecimento espontâneo, único e sem par (milagre) que os gregos foram um povo excepcional, único (idéia etnocêntrica)

12 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Nem oriental, nem milagre A filosofia certamente teve contribuições orientais (Grandes Navegações) os poetas Homero e Hesíodo encontraram material para a Filosofia em mitos e religiões orientais Herança deixada pelos povos anteriores aos gregos

13 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Por outro lado os gregos fizeram modificações profundas nos conhecimentos recebidos, que assim, pareciam novos Com relação aos mitos: -Retiraram os aspectos monstruosos do mito, humanizaram os deuses, divinizaram os homens, deram narrativas racionais às narrativas sobre a origem da vida - Os conhecimentos foram transformados em ciência -Os gregos inventaram a política (monarquia X democracia) - Inventaram a idéia da razão

14 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Mito X Filosofia A filosofia nasceu de uma ruptura radical com os mitos ou realizando uma transformação gradual? O que é mito? É a narrativa sobre alguma coisa. Dois verbos mytheyo (contar, narrar) e mytheo (conversar contar) MITHOS

15 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Mito é um discurso pronunciado para ouvintes que recebem como verdadeira a narrativa, porque confiam naquele que narra; é uma narrativa feita em público baseada na autoridade do narrador Essa autoridade vem do fato de que ele testemunhou diretamente o que está narrando ou recebeu a narrativa de quem testemunhou os acontecimentos narrados

16 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Quem narra o mito? O poeta-rapsodo. O poeta é uma escolhido dos deuses que lhe mostram os acontecimentos passados e permita que ele veja a essência de todos os seres e coisas Sua palavra –o mito- é sagrada porque vem da revelação divina. O mito, é pois, incontestável e inquestionável

17 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Como o mito narra a origem do mundo? 1. Encontrando o pai e a mãe das coisas e dos seres, tudo o que existe decorre de relações sexuais entre forças divinas pessoais. A narração é uma genealogia, isto é, uma narrativa da geração dos seres por outros seres, que são seus pais ou antepassados

18 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Mito de Eros Penúria: miserável e faminta + Poros: astuto e engenhoso Nasce Eros, que como sua mãe, está sempre faminto e sedento, mas como seu pai, tem mil astúcias para se satisfazer e se fazer amado

19 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico 2. Encontrando rivalidades ou alianças entre os Deuses que faz surgir alguma coisa no mundo. Narra a guerra ou a aliança para provocar algo no mundo dos homens. Ex: Poeta Homero, Ilíada. Conta como Zeus tomava partido ora dos gregos, ora dos troianos

20 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico 3.Encontrando as recompensas ou castigos que os Deuses dão a quem os obedece ou desobedece. Ex: Prometeu que rouba o fogo Castigo de Prometeu e dos Homens

21 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico O mito narra a origem das coisas por meio de lutas, alianças e relações sexuais entre forças sobrenaturais que governam o mundo e o destino dos homens. Como os mitos sobre a origem do mundo são genealogias, diz-se que são cosmogonias e teogonias Gonia – verbo gennao (gerar, fazer nascer) e do substantivo genos (nascimento, gênese) Cosmos (mundo ordenado)

22 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Cosmogonia: narrativa sobre o nascimento e organização do mundo a partir de forças geradoras (pai e mãe) divinas Teogonia: gonia +theos (divino). A teogonia é a narrativa da origem dos deuses a partir de seus pais e antepassados Cosmologia: estudo do cosmos (mundo ordenado)

23 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico A filosofia ao nascer é uma cosmologia [lembrar de Tales de Mileto], uma explicação racional para o surgimento das coisas no mundo e sobre as causas das transformações e repetições das coisas; para isso ela nasce de uma transformação gradual dos mitos ou de uma ruptura radical com os mitos.? Rompe ou continua com a teogonia e a cosmogonia? À semelhança da questão sobre o ocidentalismo ou orientalismo, temos duas respostas radicais e uma conciliadora Filosofia: ruptura radical com os mitos ou continuidade

24 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Resposta otimista baseada no triunfo da razão: a filosofia rompe com os mitos, sendo a primeira explicação científica produzida pelo Ocidente. Antropólogos: importância do mito na organização social e cultural dos povos. Por isso, dizia-se que os gregos acreditavam em seus mitos e que a Filosofia nasceu, gradualmente, do interior do próprio mito, como uma racionalização dos mesmos

25 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Solução intermediária: A filosofia, percebendo as contradições e as limitações do mito, foi reformulando e racionalizando as narrativas míticas, transformando-as numa outra coisa, numa explicação totalmente nova e diferente

26 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Três diferenças entre mito e filosofia 1. O mito pretendia narrar como eram as coisas num passado imemorial, a filosofia pretende explicá-las na totalidade do tempo 2. O mito narra a origem através de genealogias e rivalidades ou alianças entre forças divinas e sobrenaturais e personalizadas, a Filosofia explica produção natural das coisas por elementos e causas impessoais e racionais 3. O mito não se importa com contradições e a autoridade era pessoalizada, já a Filosofia não admite contradição e exige que as explicações sejam lógicas e racionais; e a autoridade da explicação não vem da pessoa do filósofo, mas da própria razão

27 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Características da filosofia nascente Tendência à racionalidade Razão: princípio explicativo Oferecer respostas conclusivas aos problemas (observação, demonstração discussão, análise, conclusão O filósofo é aquele que justifica suas idéias, provando que segue regras universais do pensamento (a contradição indica erro ou falsidade)

28 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Recusa de explicações pré-estabelecidas (encontrar uma solução para cada problema) Tendência à generalização (uma explicação tem validade para muitas coisas diferentes – o pensamento descobre semelhanças e identidades Exemplo da água: Reunindo semelhanças, o pensamento conclui que se trata de uma mesma coisa que aparece para nossos sentidos como coisas diferentes. O pensamento generaliza porque abstrai (reúne os traços semelhantes) e realiza uma síntese. Ex. da Baleia em Abrolhos

29 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Faz o movimento contrário. Muitas vezes nossos órgãos do sentido nos fazem perceber coisas diferentes como se fossem a mesma coisa, e o pensamento mostrará que se trata de algo diferente sobre a aparência de semelhança. Exemplos: caras pintadas e a piscadela

30 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico III. CONTEXTO DE SURGIMENTO DA FILOSOFIA Mas, quais são as origens da filosofia? Segundo Marilena Chauí, a partir do século XII A.C., hordas invadem as regiões ocupadas pelos aqueus, que em migração forçada, deslocam-se para a Ásia Menor, fundam colônia marítimas, desmantelam a sociedade ali existente (agrária, patriarcal e tribal), tornando-se potências de navegação, comércio e artesanato, em intenso contato com outros povos do Oriente.

31 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Com o surgimento da moeda, a invenção do calendário, houve o aparecimento de uma rica classe de comerciantes que rivaliza e supera a antiga aristocracia agrária, a sociedade grega vai se tornando citadina, urbana, e a cultura vai se tornando laica. As formulações mitológicas e religiosas vão sendo substituídas por explicações racionais cujo nome será filosofia.

32 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Historiadores da filosofia afirmam que as colônias gregas da Magna Grécia foram a base sem a qual não poderiam realizar-se os mais altos esforços intelectuais e a filosofia é o mais alto desses esforços.

33 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Aristóteles existência dos escravos liberou os gregos da fadiga, do trabalho e dos negócios, dando-lhes o ócio para a vida contemplativa, para a filosofia. Só os cidadãos livres e com posses tinham a oportunidade de ocupar seu tempo filosofando e disputando a atenção de todos pela oratória. Saber argumentar e defender pressupostos media o valor do cidadão.

34 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Wildelbrant menciona dois efeitos opostos do desenvolvimento comercial das colônias gregas que tiveram o mesmo resultado de estimular a filosofia: 1. A opulência e o poderio dos comerciantes tiraram o poder das mãos da aristocracia agrária, mas como os comerciantes não tinham sangue nobre, aumentaram o seu prestígio patrocinando as artes, construindo bibliotecas e promovendo a vida intelectual.

35 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico 2. De outro, aristocratas descontentes retiraram-se da vida pública e passaram a dedicar-se à filosofia. A mudança de situação favoreceu, de modos variados e opostos, o desenvolvimento e a difusão dos interesses intelectuais. Mas isto só foi possível porque o povo grego, mais do que qualquer outro, estava impulsionado pelo amor à arte e à ciência.

36 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Marilena Chauí diz que as causas históricas para a origem da filosofia na Jônia, enfatizadas por outros autores e citadas por ela mesma, tais como as grandes navegações e as transformações técnicas tiveram sim o poder de desencadear o mundo e forçar o surgimento de explicações racionais sobre a realidade; ou outras, como a invenção do calendário e da moeda (signos abstratos do tempo e da troca) teriam sim sido importantes para o nascimento da filosofia, mas não foram as principais.

37 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Para ela, a principal determinação histórica para o nascimento da filosofia é política: o nascimento, simultâneo à filosofia, da Cidade- estado, isto é, da pólis.

38 Tópicos de ensino da filosofia e história da filosofia Vernant concorda com Chauí e diz que a originalidade da cidade grega é que ela está centralizada na ágora (praça pública), espaço onde se debatem os problemas de interesse comum. Ágora

39 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico No mundo tribal, imperavam os mitos e a religião, mas com o fundamento da cidade, as formas de conhecimento se tornaram mais racionais e a racionalidade é a base do pensamento filosófico.

40 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico A pólis se faz pela autonomia da palavra, não mais a palavra mágica dos mitos, dada pelos deuses, comum a todos, mas a palavra humana da discussão, da argumentação. O saber deixa de ser sagrado e passa a ser objeto de discussão. Ágora.

41 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico A expressão da individualidade por meio do debate faz nascer a política, libertando os homens dos exclusivos desígnios divinos. Ágora A instauração da ordem humana dá origem ao cidadão na pólis, figura inexistente no mundo coletivista da sociedade tribal.

42 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Ágora. Os indivíduos que compõem a cidade, por mais diferentes que sejam sua origem, sua classe, sua função, aparecem de certa maneira, semelhantes uns aos outros.

43 Origem e Fundação do Pensamento Filosófico Ágora. De início, a igualdade existe apenas entre guerreiros, mas aos poucos, encontrará no século VI a sua expressão rigorosa num conceito, o de isonomia, que pressupõe igual participação de todos os cidadãos no exercício do poder.


Carregar ppt "Origem e Fundação do Pensamento Filosófico. I. FILOSOFIA – BREVE DISCUSSÃO Foram os gregos que deram o nome de Filosofia á uma nova e inusitada maneira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google