A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Guarda do Palácio é assassinado ENGENHO DE DENTRO, bairro onde foi morto o segurança de Cabral virou passagem para bandidos. Cabral pede a Lula.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Guarda do Palácio é assassinado ENGENHO DE DENTRO, bairro onde foi morto o segurança de Cabral virou passagem para bandidos. Cabral pede a Lula."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5

6

7 Guarda do Palácio é assassinado ENGENHO DE DENTRO, bairro onde foi morto o segurança de Cabral virou passagem para bandidos. Cabral pede a Lula presença das Forças Armadas nas ruas do Rio. Consórcio do crime pára o Rio Cerca de cinqüenta bandidos de várias favelas se reuniram para o ataque ao Morro da Mineira. Menino João Helio, morre ao ser arrastado por 7km. Mais uma tragédia na família de Alana Um mês após menina morrer vítima de bala perdida no Morro dos Macacos, seu tio é assassinado com três tiros. Bala perdida Moradores escoltados para sair da favela. Operação no Pavão-Pavãozinho prende seis pessoas. Um Rio refém das balas! Policial é morto em Cavalcante

8

9

10 Menino João Helio, morre ao ser arrastado por 7km Suspeitos de matar o menino João Helio VIOLÊNCIA !

11 09/04/2007 O DIA ONLINE Um bandido morreu e o outro conseguiu fugir. Na perseguição, viatura colidiu e ficou engavetada na traseira do carro dos criminosos. MAIS VIOLÊNCIA !

12

13 Governador diz que momento é crítico: "Não vou passar 4 anos indo a velório de braços cruzados" GUARDA DO PALÁCIO É ASSASSINADO 09/04/2007 O DIA ONLINE

14 ENGENHO DE DENTRO, bairro onde foi morto o segurança de Cabral virou passagem para bandidos. Pardal na esquina de Adolfo Bergamini com Daniel Carneiro registrou em 1999 comboio de traficantes. O DIA ONLINE- 11/04/2007

15 O DIA ONLINE Ed. Rio14/4/2007 Um mês após menina morrer vítima de bala perdida no Morro dos Macacos, seu tio é assassinado com três tiros Mais uma tragédia na família de Alana

16 Confrontos em favelas do Rio deixam 21 mortos em menos de 24 horas Policial militar acompanha um dos traficantes, que corre baleado nas costas, segurando um fuzil Redação Terra 17/04/2007,

17 Bala perdida Moradores escoltados para sair da favela Redação Terra 17/04/2007

18 Operação no Pavão-Pavãozinho prende seis pessoas Entre os ítens apreendidos, está uma espada semelhante a do 'He-Man' Policiais são recebidos a tiros ao subir o morro. Redação Terra 17/04/2007

19 Manifestação contra a violência, em Copacabana, reúne 1300 rosas vermelhas O DIA ONLINE 19/4/2007 A manifestação, batizada de "Jardim da Morte" ( iniciativa do RIO DE PAZ) reuniu no dia 19/04, cerca de 1300 rosas vermelhas nas areias da praia de Copacabana para representar o número de vítimas da violência no Rio, desde janeiro do corrente.

20

21

22 Mário Henrique Simonsen, ex-ministro da Fazenda e do Planejamento nos governos militares de Geisel e Figueiredo, economista genial, bom cantor de ópera, carioca da gema de primeira hora, apreciador de um bom copo, falecido em 1997, aos 61 anos.

23 Em entrevista à revista Veja, em 1986, dizia: "No dia em que eles descerem os morros do Rio, famintos e desnorteados, como soldados abandonados por seus generais, eles tomarão conta da cidade, da zona sul, e as classes médias e ricas serão prisioneiras de suas próprias avarezas e descuidos com os mais pobres. Será como um exército de centuriões romanos, de olhos arregalados, famélicos, entorpecidos e desesperados, tentando a última conquista antes da morte."

24

25 O Prof. Jucelino Nóbrega da Luz é um sensitivo ou paranormal que em decorrência de suas premonições, sob a forma de sonhos ( desde seus 9 anos) procura alertar, enviando cartas ( até hoje, mais de 80 mil, registradas com AR), sobre acontecimentos por ele percebidos, com a finalidade de, sempre que possível, minimizar ou impedir que se concretizem. Em 02 de setembro de 2005 enviou uma carta ao Governo do Estado do Rio de Janeiro alertando sobre fatos por ele percebidos em 14/07/1972 que poderiam ter seus efeitos reduzidos ou até neutralizados, se as devidas providências fossem tomadas.

26

27

28

29 Esperar que as observações pautadas no bom senso do Prof. Simonsen, em 86, ou as premonições do Prof. Jucelino, em 72, se realizem? Colocar grades ou se entrincheirar em sua casa tornando-se reféns dos bandidos? Orar?

30 Pense. Esta situação atinge a todos, você faz parte desta coletividade. Não adianta afirmar que o barco não é seu e está fazendo água no outro lado, onde você não está. Todos estamos no mesmo barco. Se continuar a fazer água, afundaremos todos... Sinta-se, de fato, parte de sua comunidade, reúna-se com seus amigos, conhecidos e JUNTOS comecemos a buscar uma solução para o CAOS no RIO DE JANEIRO.

31 Apele para aqueles em que você votou. Mesmo que não tenha votado, apele do mesmo jeito. Lembre-se do velho refrão: O povo unido jamais será vencido E isto é AGORA! URGENTE! URGENTÍSSIMO! Enquanto há tempo!... No caminho dos mil passos, é importante que se dê o primeiro!

32 Mobilize a sua família, a sua vizinhança, a sua comunidade. Vamos unir esforços para que o nosso Rio volte a ser a cidade maravilhosa.

33 Repasse esta mensagem. Faça como o beija-flor, que com a contribuição de sua gotinha, ajudou a apagar o incêndio na floresta. Faça a sua parte.

34 Colabore para que não se acrescente mais uma rosa no Jardim da Morte.

35

36

37

38

39

40


Carregar ppt "Guarda do Palácio é assassinado ENGENHO DE DENTRO, bairro onde foi morto o segurança de Cabral virou passagem para bandidos. Cabral pede a Lula."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google