A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

As Viagens Missionárias de Paulo Tudo começa em Jerusalém (At 1,4.8.12; 2,5) De Antioquia Paulo e Barnabé sobem para levar ajuda às Igrejas da Judéia (At.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "As Viagens Missionárias de Paulo Tudo começa em Jerusalém (At 1,4.8.12; 2,5) De Antioquia Paulo e Barnabé sobem para levar ajuda às Igrejas da Judéia (At."— Transcrição da apresentação:

1 As Viagens Missionárias de Paulo Tudo começa em Jerusalém (At 1,4.8.12; 2,5) De Antioquia Paulo e Barnabé sobem para levar ajuda às Igrejas da Judéia (At 11,27-30; 12,2).

2 A Palestina no tempo de Jesus

3

4 Império Romano

5

6 1ª Viagem missionária

7 1ª Viagem missionária (Atos 13,3 a 14,28) O ponto de partida é Antioquia na Síria (13,1-3).. O ponto de partida é Antioquia na Síria (13,1-3).. De lá saem de navio até Salamina, na ilha de Chipre (13,4-5). De lá saem de navio até Salamina, na ilha de Chipre (13,4-5). Atravessam a ilha e param em Pafos: conflito com o mago (13,6-12). Atravessam a ilha e param em Pafos: conflito com o mago (13,6-12). Sobem até Antioquia (Pisídia): discurso aos judeus helenistas, conflito (13,13-52). Sobem até Antioquia (Pisídia): discurso aos judeus helenistas, conflito (13,13-52).

8 Seguem para Icônio na Licaônia: conflito com os judeus (14,1-5). Seguem para Icônio na Licaônia: conflito com os judeus (14,1-5). Chegam a Listra: conflito com pagãos e judeus (14,6-20).. Chegam a Listra: conflito com pagãos e judeus (14,6-20).. Alcançam Derbe que marca o lugar do retorno (14,20). Alcançam Derbe que marca o lugar do retorno (14,20). Na volta, passam por Derbe, Listra, Icônio e Antioquia (14,21-23). Na volta, passam por Derbe, Listra, Icônio e Antioquia (14,21-23). Fazem uma parada em Perge, passando por Atália (14,24-25), Fazem uma parada em Perge, passando por Atália (14,24-25), Retornam para Antioquia na Síria (14,26- 28). Retornam para Antioquia na Síria (14,26- 28). Jerusalém: Paulo e Barnabé sobem para resolver um problema (At 15,2.30) Jerusalém: Paulo e Barnabé sobem para resolver um problema (At 15,2.30)

9 2ª Viagem missionária

10 O ponto de partida é Antioquia: briga com Barnabé (15,36-40). O ponto de partida é Antioquia: briga com Barnabé (15,36-40). Percorrem Síria e Cilícia, confirmando as comunidades (15,41). Percorrem Síria e Cilícia, confirmando as comunidades (15,41). Passam por Derbe e Listra, e levam consigo Timóteo (16,1-5). Passam por Derbe e Listra, e levam consigo Timóteo (16,1-5). Entram na Frígia; não podem ir até a Ásia; passam pela Galácia (16,6). Entram na Frígia; não podem ir até a Ásia; passam pela Galácia (16,6). Impedidos de ir até Bitínia, seguem para Mísia e Trôade (16,7-8). Impedidos de ir até Bitínia, seguem para Mísia e Trôade (16,7-8). 2ª Viagem missionária (Atos 15,36 a 18,22)

11 Um sonho os leva até Filipos na Macedônia: conflito (16,9-40). Um sonho os leva até Filipos na Macedônia: conflito (16,9-40). Expulsos de lá, seguem para Tessalônica: conflito (17,1-9). Expulsos de lá, seguem para Tessalônica: conflito (17,1-9). Expulsos de lá, chegam a Beréia: conflito (17,10-14). Expulsos de lá, chegam a Beréia: conflito (17,10-14). Expulso, vai até Atenas: discurso aos atenienses, conflito (17,15- 34). Expulso, vai até Atenas: discurso aos atenienses, conflito (17,15- 34).

12 De lá, Paulo viaja para Corinto onde fica dezoito meses (18,1-18). De Corinto, embarca para Éfeso, onde promete voltar (18,19-21). De lá, Paulo viaja para Corinto onde fica dezoito meses (18,1-18). De Corinto, embarca para Éfeso, onde promete voltar (18,19-21). De Éfeso embarca para Cesaréia Marítima e sobe para visitar a Igreja (Jerusalém) (18,22a). De Éfeso embarca para Cesaréia Marítima e sobe para visitar a Igreja (Jerusalém) (18,22a). Volta para Antioquia na Síria (18,22b). Volta para Antioquia na Síria (18,22b).

13 3ª Viagem missionária

14 3ª Viagem missionária (Atos 18,23 a 21,17) O ponto de partida é novamente Antioquia (18,23). O ponto de partida é novamente Antioquia (18,23). Percorre a Galácia e a Frígia, confirmando as comunidades (18,23). Percorre a Galácia e a Frígia, confirmando as comunidades (18,23). Segue direto até Éfeso, onde fica três anos: conflito (19,1-40). Segue direto até Éfeso, onde fica três anos: conflito (19,1-40). Expulso de lá, segue para Macedônia (20,1). Expulso de lá, segue para Macedônia (20,1). Desce para Corinto na Grécia, onde fica três meses (20,2-3). Desce para Corinto na Grécia, onde fica três meses (20,2-3).

15 Ameaçado de morte, volta para Macedônia até Trôade (20,3-12). Ameaçado de morte, volta para Macedônia até Trôade (20,3-12). Viajam de Trôade para Mileto em dois grupos (20,13-16). Viajam de Trôade para Mileto em dois grupos (20,13-16). Em Mileto: discurso de despedida para os coordenadores de Éfeso (20,17-38). Em Mileto: discurso de despedida para os coordenadores de Éfeso (20,17-38). Segue de navio até Tiro, na Síria: visita a comunidade, seguindo até Ptolemaida (21,1-7). Segue de navio até Tiro, na Síria: visita a comunidade, seguindo até Ptolemaida (21,1-7).

16 Partida para Cesaréia e visita às comunidades (21,8-14). Partida para Cesaréia e visita às comunidades (21,8-14). Sobe até Jerusalém, onde é acolhido pelos irmãos (21,15-17). Sobe até Jerusalém, onde é acolhido pelos irmãos (21,15-17). Jerusalém: Paulo é acolhido pelos irmãos e preso pelos judeus Jerusalém: Paulo é acolhido pelos irmãos e preso pelos judeus Em Jerusalém Paulo é preso e levado até Roma onde continua anunciando a Boa Nova: O Evangelho chegou aos confins do mundo (At 21,18 a 28,31) Em Jerusalém Paulo é preso e levado até Roma onde continua anunciando a Boa Nova: O Evangelho chegou aos confins do mundo (At 21,18 a 28,31) Passando por Roma, "o fim do mundo" (1,8; 28,14), a Boa Nova chegou ao Brasil. Passando por Roma, "o fim do mundo" (1,8; 28,14), a Boa Nova chegou ao Brasil.

17 Viagem de Paulo a Roma

18 O ponto alto do projeto missionário: Os discursos de Paulo Cada uma das três viagens tem um grande discurso como chave de leitura, que revela a característica da atividade missionária de Paulo em cada viagem. Cada uma das três viagens tem um grande discurso como chave de leitura, que revela a característica da atividade missionária de Paulo em cada viagem.

19 1ª Viagem: Evangelização dos judeus helenistas O discurso é para os judeus; foi pronunciado na sinagoga de Antioquia da Pisídia (At 13,16-41). O discurso é para os judeus; foi pronunciado na sinagoga de Antioquia da Pisídia (At 13,16-41). Por meio dele, Paulo oferece uma chave de leitura para entender o sentido da história do Antigo Testamento, a partir da morte e ressurreição de Jesus. Por meio dele, Paulo oferece uma chave de leitura para entender o sentido da história do Antigo Testamento, a partir da morte e ressurreição de Jesus.

20 2ª Viagem: Abertura aos pagãos O discurso é para os pagãos; O discurso é para os pagãos; Foi pronunciado no Areópago de Atenas, na Grécia (At 17,22-31). Foi pronunciado no Areópago de Atenas, na Grécia (At 17,22-31). Por meio dele, Paulo oferece uma chave de leitura para entender o sentido da criação, da vida e da cultura, a partir da fé em Deus Criador e Juiz universal que ressuscitou Jesus. Por meio dele, Paulo oferece uma chave de leitura para entender o sentido da criação, da vida e da cultura, a partir da fé em Deus Criador e Juiz universal que ressuscitou Jesus.

21 3ª Viagem: organização das comunidades. O discurso é para os coordenadores das comunidades; O discurso é para os coordenadores das comunidades; Foi pronunciado na comunidade de Mileto, perto de Éfeso, na Ásia Menor (At 20,17-35). Foi pronunciado na comunidade de Mileto, perto de Éfeso, na Ásia Menor (At 20,17-35). Por meio dele Paulo dá um testemunho pessoal de como se deve anunciar o Evangelho e coordenar uma comunidade. Por meio dele Paulo dá um testemunho pessoal de como se deve anunciar o Evangelho e coordenar uma comunidade. Ele chama a atenção para aqueles pontos que devem merecer maior atenção. Ele chama a atenção para aqueles pontos que devem merecer maior atenção.

22 Para continuar a reflexão Vale a pena comparar o projeto missionário das primeiras comunidades com tudo o que acontece hoje em nossas comunidades. Vale a pena comparar o projeto missionário das primeiras comunidades com tudo o que acontece hoje em nossas comunidades. –Tarefas para casa: Ler Atos 13,3 a 14,28: 1ª Viagem Ler Atos 13,3 a 14,28: 1ª Viagem Ler Atos Ler Atos 15,36 a 18,22: 2ª Viagem Ler Atos 18,23 a 21,17: 3ª Viagem Ler Atos 18,23 a 21,17: 3ª Viagem

23 Refletir sobre estas questões: –1. Quais os pontos que mais chamaram a sua atenção no projeto missionário de Paulo? Por que? –2. Qual é a luz que as viagens missionárias de Paulo trazem para nós? –3. Como continuar o anúncio da Boa Nova hoje em nossa realidade?


Carregar ppt "As Viagens Missionárias de Paulo Tudo começa em Jerusalém (At 1,4.8.12; 2,5) De Antioquia Paulo e Barnabé sobem para levar ajuda às Igrejas da Judéia (At."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google